Igreja pede “prioridade máxima” para o desarmamento nuclear

| 23 Jun 20

A nuvem nuclear sobre Hiroshima: “O nosso mundo permanece em grave perigo”, alertam os bispos. Foto: Direitos reservados

 

Numa altura que se receia que as negociações entre Rússia e Estados Unidos para estender o prazo do seu acordo de limitação de armas nucleares não sejam bem sucedidas, os bispos norte-americanos e europeus assumem que o cenário de uma guerra nuclear pode não estar assim tão distante. Numa declaração conjunta, os representantes da Igreja Católica pediram esta segunda-feira que seja dada “prioridade máxima” ao controlo de armas e desarmamento nuclear, e deixaram o alerta: “O nosso mundo permanece em grave perigo”.

“Se o Novo Tratado Start expirar em fevereiro de 2021, Estados Unidos e Rússia não terão, pela primeira vez desde 1972, limites juridicamente vinculantes e verificáveis para os seus arsenais nucleares estratégicos, o que também poderá ter implicações significativas para a segurança europeia e a paz global”, pode ler-se na declaração assinada pelo arcebispo David J. Malloy, presidente do Comité Episcopal dos Estados Unidos para a Justiça Internacional e Paz, e pelo arcebispo Rimantas Norvila, presidente da Comissão para as Relações Externas da Comissão das Conferências Episcopais da Comunidade Europeia (Comece).

Embora “o horror de uma potencial guerra nuclear” pareça ter ficado distante há muito tempo com o final da guerra fria, “os recentes desdobramentos geopolíticos recordam-nos que o nosso mundo permanece em grave perigo”, advertem os bispos.

A declaração recorda ainda o apelo lançado pelo Papa Francisco em Nagasaki, aquando da sua viagem apostólica ao Japão, em novembro do ano passado: “Oxalá a oração, a busca incansável pela promoção de acordos, a insistência no diálogo sejam as ‘armas’ em que deponhamos a nossa confiança e também a fonte de inspiração dos esforços para construir um mundo de justiça e solidariedade que forneça reais garantias para a paz.”

Referindo-se concretamente às reuniões a decorrer entre Estados Unidos e Rússia, a decorrer em Viena, os bispos convidam assim todos os fiéis a “rezar por um diálogo frutífero que faça progredir o necessário controlo dos armamentos, bem como o desarmamento, promovendo um mundo mais pacífico e justo”.

 

Artigos relacionados

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

Cardeal Tolentino Mendonça preside ao 13 de maio em Fátima

O cardeal José Tolentino Mendonça irá presidir à peregrinação aniversária de maio no Santuário de Fátima. A informação foi avançada à revista Família Cristã esta sexta-feira, 9 de abril, pelo também cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima.

Ler Saramago em conjunto num zoom de Lisboa a Roma

O Ano da Morte de Ricardo Reis, de José Saramago, foi a obra escolhida para dar o mote ao encontro organizado por dois clubes de leitura, um de Roma, outro de Lisboa, que decorrerá via Zoom, dia 16 de abril, às 18h00. Uma segunda sessão, na qual participará Pilar del Rio, presidente da Fundação José Saramago, terá lugar a 25 de junho, também às 18h00. A inscrição é gratuita e está aberta a todos.

Monge condenado a dois anos de cadeia na Turquia por dar comida

O padre Sefer Bileçen, padre Aho no nome monástico, da Igreja Siríaca Ortodoxa, ofereceu comida a um grupo que bateu à porta do seu mosteiro. O Ministério Público turco disse que o grupo era do PKK e acusa-o de prestar auxílio a uma organização terrorista, como o Governo turco considera o PKK, que reivindica há décadas a independência do Curdistão.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

É notícia

Entre margens

Linguagem simbólico-religiosa: uma literacia para o humano novidade

Podemos compreender a linguagem dos símbolos e a linguagem religiosa como uma forma de comunicação que abre o ser humano a uma nova mundividência? Ou será tão estranha e distante que resulta num novo analfabetismo? Imaginemos o cenário seguinte: um casal percorre diariamente a avenida de uma grande cidade, repleta de anúncios e informação muito diversificada.

O jejum de Ramadão, um acto de obediência e adoração

Entre esta terça-feira, 13 de Abril, até 12 de Maio de 2021, os muçulmanos entrarão, in cha Allah, no mês do Ramadão (em árabe Ramadan), o nono mês do calendário lunar, durante o qual foi revelado o Alcorão, Livro Sagrado do Islão. O jejum do mês do Ramadão é o quarto pilar da prática no Islão, portanto, é uma obrigação religiosa.

Liberdade ou o valor das pequenas coisas

Vivemos dezenas de anos cheios de momentos especiais e de benefícios que insistimos em banalizar porque estavam ao nosso alcance, diria mesmo garantidos. Era pelo menos o que pensávamos. Atualmente parece que começamos a conhecer o valor das pequenas coisas e, se assim é, estamos a aprender uma grande lição.Muitas pessoas perdem tempo (gostava de poder dizer – perdiam) com detalhes que as coisificam.

Cultura e artes

A torrente musical de “Spem in Alium”, de Thomas Tallis

Uma “torrente musical verdadeiramente arrasadora”, de esperança pascal, diz o padre Arlindo Magalhães, comentador musical, padre da diocese do Porto e responsável da comunidade da Serra do Pilar (Gaia), a propósito da obra de Thomas Tallis Spem in Alium (algo que se pode traduzir como “esperança para lá de todas as ameaças”).

A Páscoa é sempre “pagã”

A Páscoa é sempre pagã / Porque nasce com a força da primavera / Entre as flores que nos cativam com promessas de frutos. / Porque cheira ao sol que brilha na chuva / E transforma a terra em páginas cultivadas / Donde nascem os grandes livros, os pensamentos / E as cidades que se firmam em pactos de paz.

50 Vozes para Daniel Faria

Daniel Faria o último grande poeta português do século XX, morreu há pouco mais de vinte anos. No sábado, dia 10, assinala-se o 50.º aniversário do seu nascimento. A Associação Casa Daniel assinala a efeméride com a iniciativa “50 Vozes para Daniel Faria” para evocar os poemas e a memória do poeta.

Sete Partidas

É o vírus, estúpido!

No princípio da semana (22 março),  Angela Merkel reuniu com os ministros-presidentes dos estados alemães para tomar decisões sobre o que fazer perante o actual descontrolo da situação na Alemanha. As hesitações dos políticos e os truques que alguns responsáveis regionais arranjaram para iludir as regras combinadas por todos foram fatais para a luta contra a mutação inglesa. Esta terceira vaga está a ser ainda mais rápida e avassaladora do que já se temia.

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This