Indonésia: católicos e muçulmanos unem-se para ajudar desfavorecidos durante Ramadão

| 27 Abr 20

Na Indonésia, cristãos e muçulmanos estão a unir esforços para ajudar os mais pobres durante o Ramadão, o mês sagrado do calendário islâmico, que se iniciou no passado dia 24 de abril. Voluntários da Nahdlatul Ulama (NU), a maior organização islâmica moderada do país, e do instituto católico Daya Dharma, em Jacarta, distribuirão diariamente, até 25 de maio, cerca de 300 refeições a famílias carenciadas.

“No que diz respeito à humanidade, temos a mesma visão, um só coração e uma só mente”, afirmou o padre jesuíta Christopher Kristiono Puspo, diretor do instituto Daya Dharma, citado pelo Vatican News. “Agora que os muçulmanos entram no seu mês sagrado, queremos ser solidários com eles e enfrentar juntos a pandemia de covid-19″.

Esta não é a primeira vez que as duas instituições trabalham juntas. “Nós e a Nahdlatul Ulama somos amigos. Sempre que há desastres naturais, trabalhamos juntos para levar ajuda de emergência”, recordou o responsável do instituto católico, que anunciou já ter previstas ações em colaboração com outras organizações islâmicas para levar ajuda aos mais afetados pela crise, em especial desempregados, idosos, e pessoas com deficiência.

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This