Violência sobre mulheres aumenta na África dos Sul

| 22 Out 19

A percentagem de ofensas sexuais a mulheres, incluindo violações, aumentaram 4,6% neste ano na África do Sul. No mesmo período, registaram-se também mais de 53 mil casos de crimes como violações, assalto relacionado com ataques sexuais e ofensas de contacto sexual, numa realidade que revela o grande crescimento da violência sexual contra as mulheres, de acordo com o Ministério das Estatísticas Policiais, citado pela rede Global Sisters Report.

Muitos dos casos têm sido registados no quadro dos episódios xenófobos que se vêm verificando há meses. A irmã Nkhensani Shibambu, superiora-geral da congregação das Companheiras de S. Angela, diz que os manifestantes aproveitam muitas vezes a situação para punir sexualmente e humilhar as mulheres de diferentes nacionalidades e grupos étnicos. “O nosso país está a sangrar, e nós temos que o salvar de atos tão violentos contra as mulheres,” disse, citada pela mesma fonte. “Nós nascemos numa sociedade violenta onde as mulheres são vistas como propriedade dos homens, que podem ser abusadas em qualquer altura.”

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This