Islão

Santa Sofia vai voltar a ser mesquita. UNESCO teme perda de “valor universal” do monumento

O supremo tribunal turco reverteu esta sexta-feira, 10 de julho, uma decisão judicial de 1934 que tinha convertido a Basílica de Santa Sofia num museu, e o presidente Recep Tayip Erdogan já informou que vai transformá-la numa mesquita. A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) teme que o “valor universal” do monumento possa ser alterado.

Igreja e mesquita construídas lado a lado no Egito, em sinal de unidade

Uma igreja e uma mesquita estão a ser construídas lado a lado, sem nenhuma barreira entre os dois lugares de culto, no bairro de Moqattam, no noroeste do Cairo. O projeto é a concretização do sonho do ex-deputado Nabil Luke al-Babawi, que ficou conhecido pelas suas iniciativas destinadas a promover a harmonia nacional e a convivência entre os diferentes setores da sociedade egípcia.

“Não queremos que vivam aqui cristãos.” Cresce a violência contra as minorias religiosas no Paquistão

“Todas as pessoas que moram nesta rua são muçulmanas e não querem que vivam aqui cristãos”, foi com estas palavras que a família de Nadeem Joseph foi recebida ao mudar-se para um bairro de Peshawar, uma das principais cidades do Paquistão, no início de junho. Três semanas depois, um dos vizinhos assassinou-o. Os bispos católicos do país pedem proteção para esta família e alertam para o aumento da discriminação das minorias religiosas no país, apelando ao governo que faça cumprir a constituição.

Aos 101 números, “Le Monde des Religions” deixa de se editar em papel

“Nas nossas sociedades em que o religioso é constantemente tema de debate, em que a busca de sentido se torna cada dia mais premente, Le Monde des Religions propõe uma descodificação das religiões, espiritualidades e sabedorias da humanidade, numa abordagem laica e não confessional”. A constância e a premência referidos no início do texto agora em destaque no site da revista francesa poderiam indiciar um reforço do trabalho editorial, mas na realidade anunciam apenas o fim da publicação da revista em papel.

Religiões de regresso aos lugares de culto, patriarca pede mudança na relação com natureza e entre a humanidade

Neste fim-de-semana de 30 e 31 de Maio, os locais de culto religioso voltaram a abrir para celebrações comunitárias e públicas. Líderes cristãos, muçulmanos e hindus coincidem em alguns diagnósticos: há ou haverá mudanças na relação dos crentes com o espaço religioso, terá de haver maior preocupação com os que estão a sofrer os efeitos laterais da pandemia, as pessoas valorizam mais a importância da comunidade e reconhecem o valor da natureza.

Governo afegão liberta dois mil talibãs e cessar-fogo pode ser prolongado

O presidente afegão Ashraf Ghani ordenou a libertação de dois mil prisioneiros talibãs, num gesto de “boa vontade”, e “em resposta ao anúncio dos talibãs de um cessar-fogo durante o Eid al Fitr”, a festa que assinala o fim do mês sagrado do Ramadão, o qual tem sido efetivamente cumprido, e poderá até ser prolongado.

Eid al-Fitr assinala fim do Ramadão com muçulmanos ainda em casa

A festa familiar de Eid al-Fitr, que assinala o fim do mês de Ramadão, será celebrada neste domingo, 24 de Maio, com muitos muçulmanos ainda sem poder sair de casa e ir às mesquitas. Pelo menos é isso que acontece em Portugal, onde as mesquitas existentes permanecem encerradas por causa da pandemia de covid-19.

Sinto falta – Um muçulmano à beira do fim de Ramadão

Todos nós sentimos falta de algo. Quem nunca vivenciou o sentimento saudoso de repentinamente a sua mente ver-se transportada para aquela memória imaterial e turva da nossa infância para a qual olhamos com tanto carinho? Neste tempo de isolamento social por causa da pandemia de covid-19, para o qual fomos arrastados sem opção de escolha, sinto falta de tanta coisa…

Mesquitas reabertas à força na Guiné-Conacri por manifestantes

“Preferimos morrer a rezar do que viver sem rezar”. Foi assim que um dos manifestantes justificou a atitude de dezenas de pessoas em Kamsar, no noroeste da Guiné-Conacri, que se reuniram para protestar contra o encerramento das mesquitas e acabaram por destruir os cadeados que trancavam a porta da mesquita local.

Sudão prepara-se para criminalizar mutilação genital feminina

Foi aprovada pelo governo sudanês uma emenda ao código penal que prevê uma pena de até três anos de prisão para quem realizar a mutilação genital feminina. Aguarda-se agora que a lei seja promulgada, mas o avanço foi já aplaudido por diversas organizações de defesa dos direitos humanos, que lutam há décadas pela abolição da prática da excisão, noticiou esta quarta-feira o jornal La Croix.

Indonésia: católicos e muçulmanos unem-se para ajudar desfavorecidos durante Ramadão

Na Indonésia, cristãos e muçulmanos estão a unir esforços para ajudar os mais pobres durante o mês sagrado do Ramadão, que se iniciou no passado dia 24 de abril. Voluntários da Nahdlatul Ulama (NU), a maior organização islâmica moderada do país, e do instituto católico Daya Dharma, em Jacarta, distribuirão diariamente, até ao dia 25 de maio, cerca de 300 refeições a famílias carenciadas.

Muçulmanos começam Ramadão sem poder rezar nas mesquitas

Às 5h09 da manhã desta sexta-feira, 24 de Abril, os cerca de 50 mil ou 60 mil muçulmanos portugueses ou que residem em Portugal iniciam o jejum do primeiro dia de Ramadão, o mês mais sagrado do islão. E a quebra do jejum, às 20h25, assinalado pelo partir de uma tâmara, será feita em casa e não no jantar comunitário da mesquita, depois da oração de tarawih.

Grupo armado matou 52 jovens em Moçambique

Um grupo de militantes islâmicos executou 52 jovens na província moçambicana de Cabo Delgado, que se recusaram a ser recrutados. As vítimas, residentes na aldeia de Xitati, foram “massacradas” e algumas decapitadas no passado dia 8 de abril, mas só agora as autoridades policiais locais deram a conhecer o crime.

China esconde trabalho forçado de um milhão de pessoas em campos de internamento

Um milhão de pessoas de minorias muçulmanas são reeducadas, punidas e encarceradas na China, naquela que é a maior violação dos direitos de minorias religiosas desde a II Guerra Mundial, denunciam documentos classificados do Partido Comunista Chinês (denominada como “China Cables”) e que revelam o funcionamento de uma vasta cadeia de campos de internamento chineses.

Ensinar em conjunto Bíblia e Alcorão para criar paz e coexistência

A Bíblia não deve ser considerada uma ameaça à fé dos muçulmanos na Malásia, mas antes uma oportunidade para aprender o respeito mútuo entre religiões diferentes, a aceitação e a coexistência, defende Norela Ariffin, muçulmana e membro do Partido da Justiça do Povo (PKR), da Malásia. Para Ariffin, ensinar nas escolas a Bíblia e o Alcorão em simultâneo pode ajudar a fazer aquele caminho.

Bispos indonésios promovem diálogo com muçulmanos, seguindo exemplo do Papa

“Foi o Papa Francisco que nos pediu, aos bispos da Indonésia, para aprofundar os conteúdos do documento na fraternidade humana, divulgado em Abu Dhabi, e pô-lo em prática, olhando para a Indonésia como um país moderno, onde as minorias religiosas podem viver pacificamente com a maioria muçulmana, num clima de respeito, tolerância, fraternidade.” Foi desta forma que o cardeal Ignatius Suharyo, arcebispo de Jacarta e presidente da Conferência de Bispos da Indonésia, revelou a decisão dos bispos.

Exército turco força cristãos a fugirem do país, acusa padre sírio

Desde o início da operação turca na Síria, há perto de um mês, cerca de 300 cristãos “foram forçados a deixar as cidades de Ras al-Ain, Derbasiyah, Tall Tamr e uma área de al-Malikiyah [nordeste da Síria] e temos medo que, se os combates prosseguirem, possa haver um êxodo ainda maior que pode até incluir a cidade de Qamishli, onde actualmente vivem cerca de 2.300 famílias cristãs.”

Líderes religiosos da Guiné-Bissau pedem respeito pela vontade do povo

Os representantes das três mais importantes confissões religiosas da Guiné-Bissau querem que a vontade do povo expressa em eleições seja respeitada. Numa mensagem comum, os bispos católicos, o Conselho das Igrejas Evangélicas e as três associações muçulmanas do país apelam aos dirigentes políticos a que respeitem a vontade do povo e também as leis do país.

Patriarca católico sírio pede pela paz no nordeste da Síria

O patriarca da Igreja Católica Síria apelou à “paz imediata e duradoura no nordeste da Síria e pela preservação de vidas inocentes, especialmente as cristãs que são a base fundadora e original do país”. Na homilia da missa de domingo passado, 13 de outubro, na igreja patriarcal da Virgem Maria, em Roma (Itália), o patriarca Younan Ignace Joseph afirmou, perante várias pessoas que tinham imigrado da Síria e do Iraque devido à guerra: “Nós, os cristãos de Este, fomos relegados e abandonados por este mundo, que só procura os interesses materiais instantâneos.”

República Centro Africana: jovens promovem acordo de não-agressão entre bairros

Dois jovens centro-africanos – Fabrice Dekoua, cristão, e Ibrahim Abdouraman, muçulmano – decidiram promover um pacto de não-agressão entre as populações dos bairros de Castores (de predominância cristã) e Yakite (maioria mulçumana), na capital da República Centro-Africana, Bangui, para tentar mostrar que é possível pôr fim à violência que assola o país.

Ascensão (religiosa) e declínio (político) da mulher muçulmana

As experiências das mulheres muçulmanas variam enormemente entre e dentro de diferentes sociedades. Ao mesmo tempo, a sua adesão ao islão é um fator partilhado que afeta as suas vidas em graus diferentes e lhes dá uma identidade comum que pode servir para fechar as diferenças culturais, sociais e económicas entre elas. Enquanto que as mais importantes tradições e práticas do profeta Maomé foram preservadas e transmitidas pelas mulheres mais próximas (as esposas e filhas), as mulheres têm ficado com papéis mais secundários, sobretudo na história recente de vários países de maioria muçulmana – mas, mesmo neste universo, a realidade é diversa consoante o contexto ou os países de que falamos.

“Cozinhar é um modo de amar os outros”

Debate na Mesquita Central de Lisboa realça papel das religiões na promoção de uma alimentação saudável, valorizando o acto de comer e os sistemas tradicionais de produção.  “Cozinhar é um modo de amar os outros” – as palavras de Mia Couto serviram de ingrediente para...

Campanha 15.000 euros para o 7M: Faltam menos de €1.000 !

Campanha 15.000 euros para o 7M: Faltam menos de €1.000 !

Já só faltam €875 para alcançarmos a meta dos €15.000 que vos propusemos como objetivo para esta campanha de recolha de fundos em favor do 7MARGENS. Estamos muito perto de chegarmos ao montante desejado, mas, tal como na maratona, os últimos metros são sempre os mais difíceis!

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

Leigo nomeado líder pastoral de paróquia alemã

Pela primeira vez, foi atribuída a um leigo a gestão pastoral de uma paróquia, por decisão da diocese de Münster, na Alemanha. A medida, aplicada à paróquia de St. Georg en Saerbeck, surge na sequência da saída do pároco anterior e da impossibilidade de o substituir, devido ao reduzido número de padres, avança o jornal ABC.

CE volta a ter enviado especial para promover liberdade religiosa no mundo

O cargo de enviado especial para a defesa da liberdade religiosa tinha sido extinto no ano passado pela presidente da Comissão Europeia (CE), Ursula von der Leyen, mas as pressões de inúmeros líderes religiosos e políticos para reverter essa decisão parecem ter surtido efeito. O vice-presidente da CE, Margaritis Schinas, anunciou que a função irá ser recuperada.

Papa assinala sete anos da viagem a Lampedusa com missa especial online

O Papa Francisco celebra esta quarta-feira, 8 de julho, o sétimo aniversário daquela que foi a primeira (e talvez mais icónica) viagem do seu pontificado: a visita à ilha de Lampedusa. A data é assinalada com uma eucaristia presidida por Francisco na Casa Santa Marta, a qual terá início às 10 horas de Lisboa, e será transmitida online através dos meios de comunicação do Vaticano.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

Sudão acaba com pena de morte para cristãos que não se convertam ao islão

Sudão acaba com pena de morte para cristãos que não se convertam ao islão novidade

O Governo do Sudão prossegue o seu programa de reformas ao código penal do país, tendo anunciado que vai eliminar a pena de morte por apostasia (neste caso, a recusa por parte dos cristãos em converter-se ao islamismo) e despenalizar o consumo de álcool para os mesmos. A criminalização da mutilação genital feminina irá também avançar, depois de ter sido aprovada no passado mês de maio.

É notícia

Entre margens

Oração do silêncio novidade

O cristianismo tem uma longuíssima experiência da oração silenciosa ou meditação ou contemplação ou oração de Presença ou do Coração que, no Ocidente, se foi esfumando até quase desaparecer. O Concílio Vaticano II exprimiu a importância desta oração nos leigos, mas não pegou muito. Agora, surgem livros sobre o assunto e há mais prática desta oração. Há um livro que achei muito interessante: Pequeno Tratado da Oração Silenciosa, de Jean-Marie Gueullette, OP (2016, Paulinas Editora).

A sustentável leveza do jugo de Jesus

É incontestável o facto de que cada um de nós experimenta, uns mais do que outros e de formas variadas, o peso da vida. E esse peso manifesta-se de múltiplas maneiras, seja a depressão e solidão, a tensão e a ansiedade, a angústia e medo, a dor e a hostilidade. Carregamos até, voluntariamente ou não, os pesos de outros.

Desafia-te a viver positiva(mente)!

Assim, viver positivamente deverá impulsionar-nos a transcender essa visão ontológica do ser humano que tende a acentuar mais aquilo que é negativo ou que não funciona, procurando antes focar o olhar naquilo que cada circunstância oferece como aprendizagem, caminho necessário à mudança e ao crescimento, assim como naquilo que no mundo e no ser humano há de melhor.

Cultura e artes

Hagia Sophia, música de uma sublime respiração novidade

“Lost Voices of Hagia Sophia” (“Vozes perdidas da Divina Sabedoria”) é um disco ideal para tempos em que nos confinamos a viver afectos e contactos de forma receosa, com uma proposta inédita: recriar digitalmente o som daquela que já foi basílica e mesquita (a partir de 1453), hoje (ainda) monumento património da humanidade e que uma decisão do actual presidente turco pretende voltar a tornar mesquita.

Filmar o desejo como quem pinta

Retrato da Rapariga em Chamas é um filme magnificamente feminino que coloca ao espectador – talvez ainda mais ao espectador crente – algumas questões que dão que pensar. Penso que não é um filme ideológico a fazer a apologia da homossexualidade feminina ou do aborto, mas um retrato sofrido, sobretudo das três protagonistas.

Ennio Morricone na liturgia católica em Portugal

Embora músico semi-profissional – pertencia então à Equipa Diocesana de Música do Porto, presidida pelo padre doutor Ferreira dos Santos – desconhecia por completo, em 1971, quem era Ennio Morricone: sabia apenas que era o autor de uma balada cantada por Joan Baez, que ele compusera para o filme Sacco e Vanzetti (1971). Não me lembro como me chegou às mãos um vinil com essa música. Também não tinha visto o filme e não sabia nada dos seus protagonistas que hoje sei tratar-se de dois anarquistas de origem italiana condenados à cadeira eléctrica nos Estados Unidos, em 1927, por alegadamente terem assassinado dois homens…

Um exercício lento e sólido de teologia bíblica

No deserto pleno de ruídos em que vivemos – de notícias e conferências, de estradas engarrafadas e redes sociais saturadas –, é possível ver surgirem vozes de pensamento, de sabedoria sobre o que nos rodeia e nos habita. As páginas deste livro constituem uma dessas vozes. Cabe-nos escutá-la.

Sete Partidas

STOP nas nossas vidas: Parar e continuar

Ao chegar aos EUA tive que tirar a carta condução novamente. De raiz. Estudar o código. Praticar. Fazer testes. Nos EUA existe um sinal de trânsito que todos conhecemos. Porque é igual em todo o mundo. Diz “STOP”. Octogonal, fundo branco, letras brancas. Maiúsculas. Impossível não ver. Todos vemos. Nada de novo. O que me surpreendeu desde que cheguei aos EUA, é que aqui todos param num STOP. Mesmo. Não abrandam. Param. O carro imobiliza-se. As ruas desertas, sem trânsito. Um cruzamento com visibilidade total. Um bairro residencial. E o carro imobiliza-se. Não abranda. Para mesmo. E depois segue.

Visto e Ouvido

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco