Islão

Atos antissemitas aumentaram 284% em França

Relatório de 2023

Atos antissemitas aumentaram 284% em França

O antissemitismo e a islamofobia estão a atingir “níveis sem precedentes” em França, alimentados pela guerra entre Israel e o Hamas e pela prevalência das ideias de extrema-direita no debate público, denuncia a Comissão Nacional Consultiva de Direitos Humanos (CNCDH) daquele país, no seu relatório de 2023. De acordo com o documento, publicado esta quinta-feira, 27 de junho, os relatos de atos antissemitas e anti-muçulmanos cresceram no ano passado 284% e 29%, respetivamente.

Quase metade dos católicos franceses votaram na extrema-direita

Eleições europeias

Quase metade dos católicos franceses votaram na extrema-direita

Em França, 42% dos “católicos praticantes” votaram nos partidos de extrema-direita para ocupar os lugares do novo Parlamento Europeu, uma percentagem que mais do que duplicou face aos 18% que haviam sido registados nas eleições europeias anteriores, em 2019. Esta é uma das principais conclusões de um inquérito realizado no passado domingo, 9 de junho, para o La Croix, e divulgado esta segunda-feira pelo jornal francês.

Crónicas de um jejuador (5): Os últimos cartuchos

Estórias, sentimentos e percepções durante o Ramadão

Crónicas de um jejuador (5): Os últimos cartuchos

“Já aqui falámos da importância que as noites assumem no calendário deste sagrado mês e, destas, as últimas dez noites são especialíssimas. Eu justifico: a cada dez dias, há um propósito específico, e se os primeiros são da Misericórdia e do Perdão, estes últimos têm como intento a procura do refúgio divino.” – Uma nova crónica de Khalid Jamal sobre o modo como vive o Ramadão.

Mil jovens rohingya recrutados à força e “enviados para a morte”

Myanmar

Mil jovens rohingya recrutados à força e “enviados para a morte”

Pelo menos mil jovens rohingya foram recrutados à força, nas últimas semanas, para integrar o exército birmanês e enviados para a linha da frente dos combates contra o exército Arakan, uma milícia étnica que tem estado a dizimar centenas de soldados no Estado de Rakhine, a região de Myanmar onde residem muitos dos rohingya, minoria muçulmana fortemente discriminada e perseguida no país.

Crónicas de um jejuador (4): As noites mágicas

Estórias, sentimentos e percepções durante o Ramadão

Crónicas de um jejuador (4): As noites mágicas

“Há quem diga que os muçulmanos, durante o mês do Ramadão, trocam o dia pela noite. Talvez seja verdade e, se tivermos em consideração o esforço e a abstinência a que estamos sujeitos durante o dia, é inequívoca alguma quebra de produtividade profissional que se verte num incremento da espiritualidade e da sensibilidade, social, moral, humanitária. Mas o mais interessante, diria mesmo mágico, são as noites.” – Uma nova reflexão de Khalid Jamal sobre o modo como está a viver este Ramadão.

Xeque Munir: “Porque ninguém faz nada para travar o bombardeamento em Gaza?”

Acesso a Al Aqsa sem restrições no Ramadão

Xeque Munir: “Porque ninguém faz nada para travar o bombardeamento em Gaza?”

O Ramadão, que se deverá iniciar na noite do próximo domingo, 10 de Março, é um “mês sagrado que cria uma ligação especial do crente com o Criador, que nos faz reflectir o que somos e o que temos”, diz o xeque Munir, imã da Mesquita Central de Lisboa (MCL). Mas este ano o Ramadão terá um sabor amargo, tendo em conta o que está a acontecer na Faixa de Gaza, onde predominam os muçulmanos. Apesar de o Governo israelita ter anunciado que não aplicará restrições especiais aos árabes israelitas muçulmanos para acederem à mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém.

Embaixador da Palestina na Santa Sé pede cessar-fogo para o Ramadão e a Páscoa

Reunido com Gallaguer

Embaixador da Palestina na Santa Sé pede cessar-fogo para o Ramadão e a Páscoa

Com o aproximar do Ramadão (tempo sagrado para os muçulmanos, que este ano se inicia a 11 de março) e da Páscoa cristã (que será celebrada no final do próximo mês), o embaixador palestiniano junto da Santa Sé, Issa Kassissieh, fez esta semana um apelo para que se chegue a um acordo de cessar-fogo antes dos dias mais importantes nos calendários muçulmano e cristão, sublinhando a necessidade de assistência humanitária imediata. 

Governo sueco repudia apelo a derrubar mesquitas

Polarização aumenta

Governo sueco repudia apelo a derrubar mesquitas

“Na Suécia, não demolimos locais de culto. Como sociedade, devemos lutar contra o extremismo violento, quaisquer que sejam os seus fundamentos, mas fá-lo-emos no quadro de um Estado democrático e do Estado de direito.” A afirmação chega do primeiro ministro da Suécia, Ulf Kristersson, em resposta a declarações do líder de extrema-direita que, por sinal, integra a coligação que suporta o atual governo do país.

Contra o fanatismo

Contra o fanatismo

Estou a ler um livrinho pequenino chamado Contra o Fanatismo, do escritor israelita Amos Oz. Ele diz que o fanatismo começa na superioridade moral que o fanático supõe deter em relação ao Outro. E isto encontra-se até nas coisas mais comezinhas. [Um artigo de Ruben Azevedo]

A ativista que luta pelos direitos das mulheres no Irão… mesmo estando presa

Nobel da Paz para Narges Mohammadi

A ativista que luta pelos direitos das mulheres no Irão… mesmo estando presa

“Zan. Zendegi. Azadi”. Quando as três palavras em persa soaram, pausadamente, na manhã desta sexta-feira, 6 de outubro, a abrir o discurso de anúncio do Prémio Nobel da Paz 2023, muitos perceberam de imediato que a laureado seria uma iraniana. Essas mesmas palavras – que em português significam “mulher, vida, liberdade”, têm servido de slogan para as inúmeras manifestações contra a opressão das mulheres no Irão, na sequência da morte da jovem Mahsa Amini, há pouco mais de um ano. E correspondem a um “lema que expressa adequadamente a dedicação e trabalho de Narges Mohammadi”, a ativista de 51 anos premiada, que começou há mais de 30 a lutar pela liberdade das mulheres no país, e que não para de lutar, mesmo estando presa.

Irão usa inteligência artificial nas “fatwas”

Lei islâmica

Irão usa inteligência artificial nas “fatwas”

As autoridades governamentais do Irão querem utilizar inteligência artificial (IA) para ajudar os clérigos islâmicos a emitir fatwas, ou decisões da lei islâmica, a uma velocidade sem precedentes. Também o supremo líder iraniano, o aiatola Ali Khamenei, instou os clérigos a prestarem mais atenção às possibilidades que a IA oferece.

Mesquita destruída na Suécia em alegado fogo posto

Extremismo aumenta

Mesquita destruída na Suécia em alegado fogo posto

A mesquita da cidade de Eskilstuna (no sudeste da Suécia) foi destruída por um incêndio que os membros da comunidade acreditam ter sido causado deliberadamente, dado que, ao longo do último ano, foram várias as ameaças recebidas, noticiou o site The Muslim Times esta quinta-feira, 28 de setembro.

Comunidade Bahá’i denuncia “hipocrisia” e “desrespeito” do Presidente iraniano na ONU

Perseguição dura há 44 anos

Comunidade Bahá’i denuncia “hipocrisia” e “desrespeito” do Presidente iraniano na ONU

Quem ouvir o discurso que o Presidente iraniano, Ebrahim Raisi, fez na semana passada na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, mostrando o Alcorão, defendendo a igualdade e apelando ao respeito pelas religiões em todo o mundo e à não violência, poderá ser levado a pensar que o pais está finalmente no bom caminho quanto ao respeito pelas minorias religiosas. Infelizmente, não é o caso, alerta a Comunidade Bahá’i Internacional (BIC, na sigla inglesa), para quem “a hipocrisia de tirar o fôlego do governo iraniano deve ser denunciada. Se o governo iraniano acredita que todas as pessoas são iguais, porque tem perseguido sistematicamente a comunidade bahá’í do Irão durante os últimos 44 anos?”, questionam.

Arcebispo brasileiro dá a comunhão a muçulmano e explica porquê

Gesto polémico

Arcebispo brasileiro dá a comunhão a muçulmano e explica porquê

O arcebispo de Londrina (Brasil), Geremias Steinmetz, deu a comunhão ao xeque Ahmad Saleh Mahairi, fundador da mesquita da mesma cidade, na missa de exéquias do cardeal Geraldo Majella Agnello, arcebispo emérito de São Salvador, que faleceu no passado dia 26 de agosto. O vídeo do momento da comunhão foi partilhado nas redes sociais e tem vindo a suscitar inúmeras dúvidas e críticas, pelo que Steinmetz sentiu necessidade de emitir um comunicado em que cita o Papa Francisco para recordar: “ninguém conquistou um lugar para a última ceia” e é o próprio Jesus quem atrai todos os que vão à missa.

298 alunas foram de abaya para a escola, 67 recusaram tirá-la e voltaram para casa

França

298 alunas foram de abaya para a escola, 67 recusaram tirá-la e voltaram para casa

Apesar da recente lei que proíbe o uso de abayas nas escolas francesas, houve 298 raparigas que as levaram vestidas para as aulas nesta segunda-feira, 4 de setembro, dia em que teve início o ano escolar naquele país para os alunos do ensino secundário. Destas jovens, 67 recusaram-se, após “diálogo e pedagogia”, a retirar o longo vestido e “foram para casa”, avança o canal televisivo TF1.

Os corações da pequena Zayna acolheram na Mesquita os jovens católicos do Peru

Diálogo inter-religioso integra primeiros momentos da JMJ

Os corações da pequena Zayna acolheram na Mesquita os jovens católicos do Peru

A pequena Zayna abeira-se, um a um, dos jovens (e alguns adultos) peruanos, que chegaram a Lisboa, via Madrid, no domingo à noite. Segunda-feira à tarde, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) está na véspera do seu início oficial, mas o ambiente já é de festa, encontro, muito brilho no olhar, sorrisos a transbordar. Lisboa enche-se de cor nas vestes e nos corações.

Hino de Louvores

Podcast 7 Céus

Hino de Louvores

Neste novo episódio do podcast 7 Céus, publicado na data em que se inicia o Ano Novo Islâmico (correspondente ao dia 1 de Muharam do ano de 1445), escutamos o Hino de Louvores, oriundo da tradição islâmica.

Uma khutbah da Festa do Sacrifício

Podcast 7 Céus

Uma khutbah da Festa do Sacrifício

Neste novo episódio do podcast 7 Céus, publicado quando os muçulmanos acabam de comemorar o Eid al-Adha ou Festa do Sacrifício, escutamos um excerto do texto “Uma khutbah da Festa do Sacrifício”, da tradição islâmica.

É preciso “transformar o sentido religioso em boas obras concretas”

Papa em entrevista

É preciso “transformar o sentido religioso em boas obras concretas”

“A nossa tarefa é transformar o sentido religioso em cooperação, em fraternidade, em boas obras concretas”, afirmou o Papa na sua mais recente entrevista, dada ao jornal Al-Ittihad. dos Emirados Árabes Unidos, e publicada esta segunda-feira, 3 de julho. “Hoje, precisamos de construtores de paz, não de fabricantes de armas; hoje precisamos de construtores de paz, não de instigadores de conflitos; precisamos de bombeiros, não de incendiários; precisamos de defensores da reconciliação, não de pessoas ameaçadas de destruição”, insistiu.

Foi a Lei da Liberdade Religiosa que abriu caminho à Concordata de 2004

Colóquio no Parlamento

Foi a Lei da Liberdade Religiosa que abriu caminho à Concordata de 2004

Portugal é o país da Europa com uma tradição “mais liberal em matéria de liberdade religiosa”, considera o juiz-conselheiro José Sousa e Brito que, ao final da tarde desta quarta-feira, 28 de Junho, interveio no colóquio Democracia e Liberdade Religiosa, promovido pela Assembleia da República. “A Lei da Liberdade Religiosa [portuguesa] é a mais liberal das leis existentes”, afirmou.

Como é pequeno o homem perante Alá!

Podcast 7 Céus

Como é pequeno o homem perante Alá!

Neste novo episódio do podcast 7 Céus, publicado dois dias após ter sido assinalado o Dia da Liberdade Religiosa e do Diálogo Inter-Religioso (22 de junho), e a três dias de os muçulmanos celebrarem o Dia de Arafah (27 de junho), escutamos uma oração da tradição islâmica, oriunda da Argélia.

Liberdade e verdade

Liberdade e verdade

As religiões, enquanto se consideram guardiãs da verdade, tendem a conviver mal com a afirmação da liberdade individual. Nas suas fileiras, coartam-na, limitam-na, enquanto apelam permanentemente à obediência férrea a uma autoridade que se considera incontestável, porque garante da verdade.

Festival Islâmico de Mértola espera acolher 60 mil visitantes

De 18 a 21 de maio

Festival Islâmico de Mértola espera acolher 60 mil visitantes

Desde exposições de artesanato a oficinas de gastronomia e escrita, passando pela leituras de contos, concertos de artistas nacionais e internacionais, e muitas outras atividades, o Festival Islâmico de Mértola, que irá decorrer naquela vila alentejana entre 18 e 21 de maio, assume-se como “uma oportunidade única para descobrir e aprender mais sobre a história e a cultura islâmica”.

Fontes normativas no islão: conceito de lei e questões afins

ENSAIO [Islão: história, doutrina e direito (V)]

Fontes normativas no islão: conceito de lei e questões afins

O 7MARGENS tem vindo a publicar uma série de textos da autoria de Carlos Pinto de Abreu (advogado) e José Verdelho (jurista) sobre a história do islão e as suas implicações no direito. No texto anterior os autores focaram-se na concepção do direito no Islão, centrando-se este quinto artigo nas fontes normativas e no conceito de lei no islão.

“Ouvimos demasiado a voz das armas, mas também há a voz do diálogo para a paz”

Arcebispo de Bangui em Portugal

“Ouvimos demasiado a voz das armas, mas também há a voz do diálogo para a paz”

Se queremos paz na Ucrânia, é preciso redirecionar as energias, que têm estado focadas apenas num eixo, o do armamento. Quem o diz é o arcebispo de Bangui, Dieudonné Nzapalainga, que tem desempenhado um papel crucial na recuperação da paz no seu próprio país, a República Centro-Africana (RCA). “Ouvimos demasiado a voz das armas, mas também há a voz do diálogo para a paz”, afirmou o cardeal durante a sua participação na terceira edição do Mafra Dialogues, que decorreu esta quinta e sexta-feira, 27 e 28 de abril, no Palácio Nacional de Mafra, subordinado ao tema “Diálogo Inter-religioso e Paz Global”.

Doutrina e vida em sociedade no islão

ENSAIO [Islão: história, doutrina e direito (II)]

Doutrina e vida em sociedade no islão

O Sete Margens deu início à publicação de uma série de textos da autoria de Carlos Pinto de Abreu (advogado) e José Verdelho (jurista) sobre a história do Islão e as suas implicações no direito. Após a publicação do primeiro texto, sobre características e fontes, publicamos agora o segundo texto que se centra na doutrina e vida em sociedade.

Oração de Fé

Podcast 7 Céus [ep. 3]

Oração de Fé

Neste terceiro episódio do podcast 7 Céus, publicado no dia em que os muçulmanos celebram o fim do mês sagrado do Ramadão, ou festa do Eid al-Fitr, escutamos uma Oração de Fé da tradição islâmica.

Minneapolis vai ouvir o azan cinco vezes por dia

Primeira grande cidade dos EUA

Minneapolis vai ouvir o azan cinco vezes por dia

A cidade de Minneapolis, capital do Estado do Minesota (EUA), na região dos Grandes Lagos, vai tornar-se na primeira grande urbe americana em que se vão ouvir todas as cinco chamadas diárias para a oração muçulmana, anunciou o jornal Star Tribune na sua edição de dia 13 de abril, citando a resolução tomada nesse dia pelo conselho municipal que integra três conselheiros muçulmanos.

Judeus proibidos de entrar no Monte do Templo até ao fim do Ramadão

Decisão do governo israelita

Judeus proibidos de entrar no Monte do Templo até ao fim do Ramadão

O governo de Israel proibiu a entrada de judeus no Monte do Templo, em Jerusalém, até ao fim do Ramadão (o mês sagrado para os muçulmanos, que termina a 21 de abril). A decisão foi motivada pela escalada de tensão entre israelitas e palestinianos e pelos confrontos ocorridos na Mesquita de Al-Aqsa, ali localizada, durante a última semana, avança o jornal Jewish News.

Talibã proíbem afegãs de trabalharem para a ONU 

Assistência humanitária em causa

Talibã proíbem afegãs de trabalharem para a ONU 

As autoridades talibã proibiram as mulheres nascidas no Afeganistão de trabalhar para a Organização das Nações Unidas (ONU). A informação foi dada pela Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão (UNAMA, da sigla em inglês), na rede social Twitter, referindo que, sem a colaboração das afegãs, será impossível concluir as missões na província de Nangarhar.

A luta pelo controlo de Jerusalém chegou ao Monte das Oliveiras

Israel planeia parque nacional

A luta pelo controlo de Jerusalém chegou ao Monte das Oliveiras

Lugar sagrado para as três religiões monoteístas, o Monte das Oliveiras é também a última zona de Jerusalém Oriental ocupada que permanece fora do alcance de um movimento de colonos israelitas que tem estado a trabalhar para tornar a cidade mais judaica. Agora, um plano para converter parte do Monte das Oliveiras em parque nacional “fez soar os alarmes na Santa Sé”

Igreja Católica e evangélicos em união “solidária e orante” com a comunidade ismaelita em Portugal

Cardeal-patriarca, CEP e Aliança Evangélica

Igreja Católica e evangélicos em união “solidária e orante” com a comunidade ismaelita em Portugal

O cardeal-patriarca de Lisboa, a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) e a Aliança Evangélica Portuguesa manifestaram esta terça-feira a sua “proximidade solidária e orante” à Comunidade Ismaili em Portugal, na sequência do assassinato de duas mulheres que trabalhavam no Centro Ismaelita, em Lisboa, por um refugiado afegão, membro daquela comunidade e que ali frequentava aulas de português.

Começou o Ramadão: tempo de jejum, solidariedade, alegria… e tensões

De Lisboa ao Médio Oriente

Começou o Ramadão: tempo de jejum, solidariedade, alegria… e tensões

Começou, para os muçulmanos em todo o mundo, o mês sagrado do Ramadão. Desde esta quinta-feira, 23 de março, até 21 de abril, cumprirão 30 dias de jejum, não podendo comer ou beber entre o nascer e o por do sol. O principal objetivo? Aproximarem-se de Deus e dos que mais sofrem. Mas o que é exatamente o Ramadão? Porque se celebra agora? Resume-se ao jejum? Todos são obrigados a praticá-lo? E como está a ser vivido em diferentes lugares, de Lisboa ao Médio Oriente?

Livro “final” de Bento XVI critica “crescente intolerância” ao Cristianismo

Publicado esta sexta-feira

Livro “final” de Bento XVI critica “crescente intolerância” ao Cristianismo

“Este volume, que reúne os textos que eu escrevi no mosteiro Mater Ecclesiae, deve ser publicado após a minha morte”. As palavras são de Bento XVI e surgem no prefácio do livro que contém o seu “trabalho final”, o qual chega esta sexta-feira, 19 de janeiro, às livrarias italianas. Intitulado “O que é o Cristianismo. Quase um testamento espiritual”, o volume reúne 16 textos, cinco deles inéditos no todo ou em parte, onde se destaca a reflexão sobre o diálogo islâmico-cristão e a preocupação com “a crescente intolerância” ao cristianismo nas sociedades contemporâneas.

Monge raptado pelo ISIS em 2015 eleito arcebispo de Homs

Síria

Monge raptado pelo ISIS em 2015 eleito arcebispo de Homs

O Padre Jacques Mourad, monge e sacerdote siro-católico, de 54 anos, é o novo arcebispo de Homs dos Sírios, anunciou no dia 9 a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS). Mourad foi eleito, com consentimento do Papa Francisco, pelo Sínodo dos Bispos da Igreja Patriarcal de Antioquia dos Sírios.

No seu adeus, Bento XVI teve aquilo que pediu

Cerimónia simples e discreta

No seu adeus, Bento XVI teve aquilo que pediu

Se não foi assim que Bento XVI imaginou o seu funeral, certamente esteve muito perto. Desde a neblina que envolvia a Praça de São Pedro quando trouxeram o seu féretro para a frente do altar até à postura serena das cerca de 50 mil pessoas que ali se encontravam (e que correspondiam a metade do número que chegou a ser previsto), passando pela curta (mas não desprovida de significado) homilia do Papa Francisco, tudo contribuiu para a discrição e simplicidade das exéquias do Papa emérito, que decorreram na manhã desta quinta-feira, 5 de janeiro, no Vaticano.

Natal solidário em Pemba

Bens para deslocados

Natal solidário em Pemba

A Comunidade de São José da paróquia de São Paulo e a Associação Kuendeleya promoveram, em Pemba, Moçambique, no sábado, dia 17, uma acção de solidariedade para com os deslocados que fogem dos ataques terroristas. O apoio traduziu-se na entrega de cabazes com produtos alimentares, vestuário, cobertas e material escolar.

Ao encontro do islão na Guiné-Bissau

[Crónicas da Guiné – 3]

Ao encontro do islão na Guiné-Bissau

O animismo era a forma religiosa dominante na Guiné-Bissau, até finais do século XX. O século XXI tem trazido uma onda de adesões ao islão. A voz do muezim pela madrugada ou as prostrações em oração na rua têm uma afirmação crescente no ambiente urbano. Segundo o último censo, perto de 50% da população declara-se muçulmana. O animismo ainda tem a adesão de cerca de 30% e o cristianismo cerca de 20%, incluídas as várias igrejas cristãs. Impunha-se, portanto, procurar a Mesquita Central de Bissau ou Grande Mesquita de Bissau.

Há 44 menores mortos pela polícia iraniana

Dados da Amnistia Internacional

Há 44 menores mortos pela polícia iraniana

Os números arrepiam pela crueldade: as crianças e jovens representam 14% das mortes totais de manifestantes e observadores registadas pela Amnistia desde o início das manifestações no Irão. Desde 16 de setembro passado, são pelo menos 44 menores mortos, entre os 2 e os 17 anos. E já há um manifestante executado depois de condenado.

Vigília de apoio aos que se manifestam no Irão

Esta sexta-feira em Lisboa

Vigília de apoio aos que se manifestam no Irão

A Amnistia Internacional (AI) portuguesa e a Kolbeh – Comunidade Iraniana Portuguesa vão realizar uma vigília de apoio a todas as pessoas que se manifestam pacificamente no Irão e que continuam a atuar em defesa da liberdade. Este gesto terá lugar esta sexta-feira, dia 9, pelas 19h00, em Lisboa, na Praça do Município.

Polícia da moralidade encerrada no Irão

Protestos a produzir efeitos

Polícia da moralidade encerrada no Irão

A ausência de polícia de moralidade nas ruas de Teerão e de outras grandes cidades iranianas nos últimos meses alimentaram a especulação que foi confirmada na noite de sábado pelo Procurador-Geral do Irão, Mohammad Jafar Montazeri, de que a polícia havia sido desmantelada por indicação “do próprio local onde foi estabelecida”.

Não há cerveja no Mundial do Qatar… mas há bagels casher

Iniciativa de dois rabinos

Não há cerveja no Mundial do Qatar… mas há bagels casher

A proibição da venda de bebidas alcoólicas nos recintos desportivos do Qatar tem gerado polémica, e chegou a temer-se que a comida casher (preparada de acordo com as leis judaicas) também tivesse sido banida. No entanto, graças a dois rabinos fãs de bagels e à Qatar Airways (que disponibilizou um espaço para a cozinha), os adeptos de futebol que sejam judeus praticantes não passarão fome durante o Mundial.

A Santa Sé, Arábia Saudita, Espanha e Áustria juntam-se. E daí podem sair ideias para a inclusão

Fórum do KAICIID para o Diálogo Político

A Santa Sé, Arábia Saudita, Espanha e Áustria juntam-se. E daí podem sair ideias para a inclusão

No palco, vêem-se as bandeiras de quatro estados: Arábia Saudita e Vaticano, Espanha e Áustria. No auditório, estão mais de 120 pessoas de 30 países europeus, entre líderes de sete religiões diferentes, membros de organizações de apoio a migrantes ou refugiados, responsáveis de instituições de solidariedade de diferentes âmbitos, técnicos sociais ligados a autarquias… Convocados por uma organização inter-governamental, debateram durante dois dias em Castelldefels (Barcelona) o modo de reforçar as parcerias para o diálogo na perspectiva da inclusão social nas cidades.

Eleito um número recorde de muçulmanos americanos

Eleições de 8 de novembro

Eleito um número recorde de muçulmanos americanos

Nabeela Syed derrotou um candidato republicano no 51º Distrito de Illinois e tornou-se na mais jovem deputada e uma das primeiras muçulmanas eleitas para o Congresso do Illinois. Syed foi uma dos 82 candidatos muçulmanos a conquistaram lugares em eleições locais, estaduais, federais e judiciais em mais de 20 estados dos EUA. Nas eleições de 2020, tinham sido eleitos 71 muçulmanos americanos.

Líderes religiosos pedem perdão pelos “pecados climáticos”

Cerimónia reúne várias religiões em Londres

Líderes religiosos pedem perdão pelos “pecados climáticos”

O arcebispo emérito de Canterbury, Rowan Williams, e vários outros representantes das religiões cristã, judaica, muçulmana, hindu, budista e sikh subiram hoje, dia 13 de novembro, a Colina do Parlamento (Norte de Londres) como forma de afirmarem a necessidade de “pedir perdão pelos pecados climáticos” e a esperança de que a COP27 termine adotando medidas concretas de “ação em favor do planeta”.

“As-salamu alaikum” [a paz esteja convosco], assim como duas armas: oração e fraternidade

Papa Francisco no Bahrein

“As-salamu alaikum” [a paz esteja convosco], assim como duas armas: oração e fraternidade

Foram três os momentos em que Francisco teve oportunidade de discursar esta sexta-feira, 4, na sua viagem apostólica ao Bahrein. Os locais e as audiências mudaram, mas a mensagem foi a mesma: Deus é fonte de paz, e os líderes religiosos, na sua diversidade, devem usar duas “armas” comuns para promovê-la: a oração e a fraternidade, tornando-se assim “verdadeiramente pessoas de paz”.

Ataque a santuário xiita faz 15 mortos no Irão

Dia marcado por confrontos em todo o país

Ataque a santuário xiita faz 15 mortos no Irão

Esta quarta-feira, 26, quando passavam exatamente 40 dias sobre a morte da jovem Mahsa Amini e milhares de manifestantes protestavam em mais de 25 cidades iranianas, um novo ataque terrorista abalou o país. Três homens armados entraram no santuário muçulmano xiita de Shah Cheragh, em Shiraz (sul do Irão), enquanto centenas de fiéis se preparavam para rezar, e dispararam sobre eles, provocando pelo menos 15 vítimas mortais e 40 feridos, avançou a Al Jazeera.

Macron visita mesquita de Paris e defende lei contra o islamismo radical

A poucos dias do encontro com Papa

Macron visita mesquita de Paris e defende lei contra o islamismo radical

O Presidente francês Emmanuel Macron visitou a Grande Mesquita de Paris na passada quarta-feira, 19, data em se cumpriam 100 anos sobre a colocação da primeira pedra do templo que apelidou de farol para o “Islão de França”.  A poucos dias do seu encontro com o Papa Francisco, agendado para 24 de outubro, Macron fez questão de defender a chamada lei do separatismo, aprovada há pouco mais de um ano e que, apesar de criticada por muitos muçulmanos, é vista pelo líder político como uma norma jurídica que “oferece salvaguardas” contra o islamismo radical.

Grande mesquita de Colónia autorizada a fazer ouvir chamamento à oração

Alemanha

Grande mesquita de Colónia autorizada a fazer ouvir chamamento à oração

O chamamento à oração da Grande Mesquita de Colónia, que constitui o maior templo muçulmano na Alemanha, fez-se ouvir pela primeira vez na cidade na passada sexta-feira, 14. Líderes religiosos e municipais chegaram a acordo para que a autorização fosse finalmente emitida, depois de várias mesquitas do país terem já obtido também essa permissão.

Mulheres já podem peregrinar a Meca sem serem acompanhadas por um homem

Islão

Mulheres já podem peregrinar a Meca sem serem acompanhadas por um homem

As mulheres que queiram peregrinar até Meca, na Arábia Saudita, já não são obrigadas a fazer-se acompanhar de um homem, ou mahram. A suspensão dessa obrigatoriedade foi confirmada pelo ministro saudita Tawfiq bin Fawzan Al-Rabiah, durante uma conferência de imprensa que teve lugar esta semana durante a sua visita ao Cairo, capital do Egito.

Documento da Fraternidade Humana no centro de congresso missionário

Lisboa, sexta e sábado

Documento da Fraternidade Humana no centro de congresso missionário

O Documento de Abu Dhabi sobre a Fraternidade Humana, assinado em Fevereiro de 2019 pelo Papa Francisco e o Grande Imã de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb, e a encíclica Fratelli Tutti, serão a base dos debates do Congresso Missionário Fraternidade sem Fronteiras que nesta sexta e sábado, 14 e 15 de Outubro, decorre no Auditório Cardeal Medeiros da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, o Congresso Missionário Fraternidade sem Fronteiras.

Debate sobre crimes contra uigures chumbado pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU

Após relatório preocupante

Debate sobre crimes contra uigures chumbado pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU

O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), em Genebra, recusou esta quinta-feira, 6, debater os abusos contra a minoria muçulmana uigur que estarão a acontecer na região chinesa de Xinjiang e que, de acordo com um relatório divulgado em agosto pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, corresponderão a “crimes contra a humanidade”.  A moção tinha sido apresentada por dez países ocidentais, entre os quais os Estados Unidos da América e o Reino Unido, mas foi rejeitada com 19 votos contra (da própria China e de aliados habituais como Cuba e a Venezuela, mas também do Paquistão e da Indonésia, dois grandes países muçulmanos).

Violência contra muçulmanos intensifica-se

Índia

Violência contra muçulmanos intensifica-se

As autoridades da Índia estão usando cada vez mais punições sumárias e abusivas contra os muçulmanos considerados infratores da lei, disse hoje a Human Rights Watch (HRW). Em vários estados governados pelo partido nacionalista hindu Bharatiya Janata Party (BJP), as autoridades demoliram casas e propriedades muçulmanas sem autorização legal e, mais recentemente, açoitaram publicamente muçulmanos acusados ​​de perturbar um festival hindu,

Francisco reforçará diálogo com o islão no Bahrein

Divulgado programa da viagem

Francisco reforçará diálogo com o islão no Bahrein

A participação no Fórum do Bahrein para o Diálogo, um encontro com os membros do Conselho Muçulmano de Anciãos, e uma oração ecuménica pela paz constituem alguns dos pontos altos previstos para aquela que será a 39ª viagem apostólica do Papa. De 3 a 6 de novembro, Francisco estará no Bahrein, depois de ter dito “sim” ao convite do rei Hamad bin Isa al-Khalifa, e será o primeiro Papa a visitar esta nação do Golfo, onde 70% da população se assume como muçulmana, dando assim mais um passo para reforçar o diálogo com o Islão.

Brasil, planeta fome

Reportagem a dois dias das eleições

Brasil, planeta fome

No início, ouvimos uma voz que pergunta e responde: “De que planeta você veio? Planeta fome.” O padre Renato Júlio Lancellotti, de origem italiana mas nascido em São Paulo, aparece a empurra um carrinho de supermercado com caixas que embalam pensos higiénicos para as mulheres que vivem na rua.

Cristãos iranianos unem-se às manifestações contra a “ditadura religiosa”

Caso Mahsa Amini

Cristãos iranianos unem-se às manifestações contra a “ditadura religiosa”

Os cristãos iranianos juntaram-se aos protestos na sequência da morte de Mahsa Amini, a jovem de 22 anos detida e torturada pela polícia dos costumes iraniana por “usar roupas inadequadas”. Numa declaração assinada por diversas entidades cristãs, anunciam que “se unem à batalha pela verdade e pela justiça em relação à morte de Mahsa Amini”, a quem foi retirada a vida “apenas porque pensava diferente”.

“Tenho o dever pessoal de proteger a diversidade”, disse Carlos aos líderes religiosos

Encontro em Buckingham

“Tenho o dever pessoal de proteger a diversidade”, disse Carlos aos líderes religiosos

Carlos III disse perante mais de 30 líderes religiosos da Grã-Bretanha que se assume como “um cristão anglicano comprometido”. Mas aquele que é o novo Governador Supremo da Igreja de Inglaterra sublinhou também que “o soberano tem um dever adicional” de “proteger a diversidade do país”, incluindo “o espaço para a própria fé, e a sua prática através das religiões, culturas, tradições e crenças”.   

Diálogo inter-religioso é um caminho urgente, insubstituível, e sem retorno

Último dia de congresso com o Papa

Diálogo inter-religioso é um caminho urgente, insubstituível, e sem retorno

O pluralismo religioso é uma “expressão da sabedoria da vontade de Deus na Criação”, reconheceram perto de 100 representantes das várias religiões do mundo inteiro, ao assinar a Declaração Final do Congresso de Líderes Religiosos, o qual terminou esta quinta–feira, 15 de setembro, em Nur-Sultan (capital do Cazaquistão). O documento sublinha que a liberdade religiosa é um direito concreto e que o diálogo inter-religioso é um caminho urgente, insubstituível, necessário e sem retorno. Mas é preciso que todos o façam juntos, lembrou o Papa.

Congresso Missionário vai colocar o diálogo inter-religioso em prática

Dias 14 e 15 de outubro, em Lisboa

Congresso Missionário vai colocar o diálogo inter-religioso em prática

Representantes do Islamismo, Judaísmo, Cristianismo, Hinduísmo e Budismo estarão reunidos no Congresso Missionário Fraternidade sem Fronteiras, agendado para os dias 14 e 15 de outubro, no Auditório Cardeal Medeiros, da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa. O objetivo é colocar o diálogo intercultural e inter-religioso em prática, e todos os interessados poderão participar, inscrevendo-se na modalidade presencial ou online, de forma gratuita.

Netflix acusada de violar “valores e princípios islâmicos”

Estados árabes do Golfo

Netflix acusada de violar “valores e princípios islâmicos”

Os estados árabes do Golfo exigiram à plataforma de streaming Netflix que remova todo o conteúdo considerado violador dos “valores e princípios sociais islâmicos”, noticiou esta semana a BBC News. Várias séries e filmes disponibilizados recentemente, incluindo alguns destinados a crianças, estarão a infringir os regulamentos, alertaram os órgãos de vigilância dos media do Conselho de Cooperação Saudita e do Golfo.

Palavra de Deus e violência do Homem

Palavra de Deus e violência do Homem

Dizer que só as bases da nossa religião são as únicas infalíveis e que os rituais com que a exprimimos são os únicos que nos podem garantir o seguro caminho da plena realização de cada pessoa e da harmonia universal – é uma das causas principais dos conflitos, guerras e crimes da Humanidade.

Jornalistas condenados à morte vivem “inferno na prisão”

Iémen

Jornalistas condenados à morte vivem “inferno na prisão”

Quatro jornalistas iemenitas condenados à morte estão a viver um “inferno” na prisão, de acordo com a descrição da organização de defesa da liberdade de imprensa, Repórteres Sem Fronteiras. Apelando à sua libertação imediata, para que possam receber tratamento médico, a RSF condena ainda o tratamento cruel a que têm estado sujeitos.

Violência contra cristãos cresce no Burkina Faso

Fundação AIS

Violência contra cristãos cresce no Burkina Faso

Cinco paróquias no Burkina Faso encerraram por completo as suas atividades, de ameaças de novos ataques por grupos extremistas, na Diocese de Fada N’Gourma, situada na região oriental deste país da África ocidental. E o seminário de San Kisito teve de ser transferido para a capital regional, por razões de segurança.

Nigéria: “Sete dos meus padres foram raptados”

Denúncia do bispo de Kaduna

Nigéria: “Sete dos meus padres foram raptados”

O arcebispo nigeriano de Kaduna denunciou o falhanço do governo do país no combate à violência e à corrupção, exemplificando com o facto de a Igreja estar também no centro de uma onda de sequestros violentos. “Nos últimos três anos, sete dos meus padres foram raptados, dois foram mortos e um está em cativeiro há três anos e dois meses.” 

Esperados 850 mil na peregrinação a Meca

Depois da pandemia

Esperados 850 mil na peregrinação a Meca

Cerca de 850 mil peregrinos estrangeiros são esperados no próximo mês em Meca e Medina, na Arábia Saudita, país que aligeirou esta segunda-feira, 13, a obrigatoriedade do uso de máscara em espaços interiores. O primeiro grupo de muçulmanos chegou já no dia 4, proveniente da Indonésia.

Santuário católico vandalizado na Índia

Tensão entre religiões

Santuário católico vandalizado na Índia

As tensões interreligiosas na Índia voltaram a conhecer novos episódios, depois da vandalização por desconhecidos de estátuas de Maria, do Menino Jesus e do Sagrado Coração de Jesus num santuário no estado de Andhra Pradesh, causando “choque entre os católicos locais”. Um articulista ataca o ódio incentivado por “fascistas” contra as minorias cristãs e muçulmanas.

Repressão contra uigures não para

China

Repressão contra uigures não para

O município de Konasheher, no centro da região uigur chinesa (Xinjiang), detém, segundo um levantamento da Associated Press (AP), a maior taxa de prisão conhecida no mundo: mais de 10.000 uigures (um em cada 25 habitantes) estão presos, acusados pelos tribunais chineses de atos de terrorismo.

Religiões defendem finanças responsáveis pelo clima

Apelo conjunto

Religiões defendem finanças responsáveis pelo clima

O Conselho Mundial de Igrejas, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, o Conselho Muçulmano de Anciãos e o Conselho de Rabinos de Nova Iorque (EUA) assinaram um apelo conjunto histórico sobre “Finanças Responsáveis ​​pelo Clima — Um imperativo moral e responsabilidade para todas as crianças e o mundo vivo”.

Extrema-direita queima Alcorão

Manifestações violentas na Suécia

A Semana Santa na Suécia ficou marcada por várias manifestações e confrontos violentos entre a polícia e manifestantes, em virtude dos comícios promovidos pelo partido de extrema direita Stram Kurs, cujo líder, Rasmus Paludan, queimou uma cópia do Corão na rua, numa zona fortemente habitada pela população muçulmana.

Líderes religiosos de visita à Ucrânia

Iniciativa do Instituto Elijah

Líderes religiosos de visita à Ucrânia

Uma delegação de líderes religiosos inicia hoje, dia 12 de abril, uma visita histórica a campos de refugiados e à cidade de Chernivtsi, na Ucrânia. A comitiva terá representantes de várias religiões, entre as quais o Ir. Massimo Fusarelli, ministro geral da Ordem Franciscana dos Frades, o Arcebispo emérito de Canterbury, Rowan Williams, o Rabino Jonathan Wittenberg, o Grande Mufti emérito Mustafa Ceric, o Arcebispo ortodoxo Nikitas Lulias, Swami Sarvapriyananda e a Abadessa Irmã Giác Nghiêm, (Budista, França), entre outros. 

A ocupação ameaça o modo de vida sagrado dos beduínos

Terra Santa

A ocupação ameaça o modo de vida sagrado dos beduínos

Ao olhar para as belas vistas da sua comunidade beduína em Khan el-Ahmar, Eid Jahalin reflecte sobre os muitos aspectos do seu modo de vida de que gosta: “Vivemos em harmonia com a natureza e, de facto, somos parte dela”, afirma. “Os meus antepassados viveram assim durante muitas gerações, longe das pressões sociais.”

O renascer religioso na China

O renascer religioso na China

As violações dos direitos humanos na China superam em gravidade o que sucede na Rússia, como é próprio de um regime totalitário em confronto com um regime autoritário. É o que se verifica no que à liberdade religiosa diz respeito e basta evocar, a propósito, o caso mais extremo da repressão dos uigures (já equiparada a um genocídio), uma repressão que também envolve a violação da liberdade religiosa.

Retórica anti-islão marca campanha presidencial

Em França

Retórica anti-islão marca campanha presidencial

  A campanha presidencial em França tem conhecido um endurecimento do discurso anti-islão, o que provoca o risco de criar uma “espiral de ódio”, considera o reitor da mesquita de Paris, Chems-eddine Hafiz. O facto de Emmanuel Macron estar a liderar as sondagens...

Muçulmanos discriminados no ensino superior

França

Muçulmanos discriminados no ensino superior

Um estudo recente realizado em França por duas agências de investigação concluiu que pessoas com nome e apelido muçulmanos que se candidatam a programas de pós-graduação são mais discriminados do que aqueles com nomes etnicamente franceses.

Bispos pedem reconciliação e fim da violência depois de 200 mortes na Nigéria

Vários ataques no Nordeste do país

Bispos pedem reconciliação e fim da violência depois de 200 mortes na Nigéria

O último episódio de violência na Nigéria, com contornos políticos, económicos e religiosos, descreve-se ainda com dados inconclusivos, mas calcula-se que, pelo menos, duas centenas de pessoas perderam a vida na primeira semana de Janeiro no estado de Zamfara, Nigéria, após vários ataques de grupos de homens armados a uma dezena de aldeias. Há bispos católicos a sugerir caminhos concretos para pôr fim à violência no país, um dos que registam violações graves da liberdade religiosa. 

Afeganistão

Talibãs obrigam mulheres a cobrir-se

O Ministério afegão para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício colocou cartazes por toda a capital, Cabul, ordenando às mulheres que se cobrissem. “O que eles estão a tentar fazer é espalhar o medo entre as pessoas”, disse uma estudante universitária, defensora dos direitos das mulheres.

Política, espiritualidade e sufismo em Michel Foucault

“Michel Foucault: política, espiritualidade e sufismo” é o tema da conferência de Teresa Xavier, da Loughborough University, do Reino Unido, que decorre nesta quinta-feira, 18 de Novembro, a partir das 18h30 (hora de Lisboa), com transmissão via Zoom.

Repressão aos muçulmanos passa por destruir cúpulas de mesquitas

China

Repressão aos muçulmanos passa por destruir cúpulas de mesquitas

A China tem vindo a multiplicar os constrangimentos à prática religiosa de diferentes religiões. No caso dos muçulmanos, além da prisão de praticantes desta religião e do condicionamento de escritores e estudiosos, surge agora a notícia de que as autoridades estão a remover as cúpulas das mesquitas, a fim de as “sinizar” (tornar mais “chinesas”).

Mais de 323 mil de todo o mundo pedem à ONU que aja sobre as atrocidades em Xinjiang

Carta aberta aos Estados-membros

Mais de 323 mil de todo o mundo pedem à ONU que aja sobre as atrocidades em Xinjiang

Mais de 323.000 pessoas em todo o mundo assinaram uma petição da Amnistia Internacional (AI) intitulada “Liberdade para todos os detidos de Xinjiang”, acerca da situação que se vive nesta província chinesa, informou a organização de defesa dos direitos. Ao mesmo tempo, uma carta aberta da secretária-geral da organização de defesa dos direitos humanos apela à ONU para que investigue violações de direitos humanos contra uigures, cazaques e outras minorias muçulmanas naquela região do noroeste da China.

Maioria dos franceses não acredita em Deus

Sondagem de setembro

Maioria dos franceses não acredita em Deus

A maioria dos franceses não professa nenhuma religião nem acredita em Deus. É a primeira vez que uma sondagem de âmbito nacional chega a esta conclusão. O inquérito nacional foi encomendado pela Associação de Jornalistas de Informação Religiosa ao instituto de sondagens IFOP e mostra que apenas 49% dos franceses confessa acreditar em Deus.

Mesquita e Catedral de Jacarta unidas por um túnel, em sinal de paz e tolerância

Indonésia

Mesquita e Catedral de Jacarta unidas por um túnel, em sinal de paz e tolerância

A partir do mês de setembro, a Mesquita Istiqlal e a Catedral de Nossa Senhora da Assunção, em Jacarta, terão a uni-las um túnel subterrâneo. Situados a apenas 200 metros de distância um do outro, os dois locais de culto passarão a estar efetivamente ligados, constituindo “um símbolo das boas relações entre diferentes comunidades religiosas”, afirmou o vice-presidente do país, Kiai Hajj Ma’ruf Amin, citado pela Asia News.

Muçulmanos entram no Ano Novo de 1443 e no mês de Muharram

Ano da Hégira

Muçulmanos entram no Ano Novo de 1443 e no mês de Muharram

O Novo Ano Islâmico começou nesta segunda-feira, 9 de Agosto: 1443 é o novo ano da Hégira, cuja era foi inaugurada com o episódio da saída do Profeta de Meca para Medina, em 622 EC (Era Comum). O Profeta dos muçulmanos “foi um refugiado, um migrante, sofreu dificuldades e dores”, e “com essa experiência, a comunidade que olhamos todos os dias, nasceu como exemplo”, lê-se nas Reflexões Islâmicas da revista Al Furqán.

Turquia arrisca conflito com Unesco por causa de Hagia Sophia

Em causa transformação em mesquita

Turquia arrisca conflito com Unesco por causa de Hagia Sophia

O Comité do Património Mundial da UNESCO não concorda com a decisão do governo turco de transformar a igreja de Hagia Sophia, em Istambul, e o mosteiro de Chora em mesquitas. Na sua 44ª sessão, de 23 de julho de 2021, o órgão, que representa 21 países, lamentou a decisão da Turquia, apesar dos repetidos apelos para salvaguardar sua condição de museu aberto a todos (no país existem 82.603 mesquitas e apenas 438 museus, 91 dos quais na cidade do Bósforo).

Taizé marca recomeço com encontro de amizade islamo-cristão

Verão na comunidade com regresso de jovens

Taizé marca recomeço com encontro de amizade islamo-cristão

“Era importante mostrar que a amizade entre muçulmanos e cristãos não só era possível, mas que já estava a ser vivida em muitos lugares do mundo.” Foi com esta convicção, definida pelo irmão Jean-Jacques, de Taizé, que a comunidade monástica ecuménica organizou o quarto encontro de amizade entre jovens cristãos e muçulmanos, marcando deste modo o recomeço dos encontros internacionais em Taizé.

Apenas 60 mil autorizados na grande peregrinação a Meca

Hajj na Arábia Saudita

Apenas 60 mil autorizados na grande peregrinação a Meca

Apenas 60 mil pessoas podem este ano realizar o hajj – aquela que é a maior e mais importante peregrinação a Meca feita, em tempos normais, por 2,5 milhões de muçulmanos idos de todo o mundo. De acordo com uma notícia da televisão Al-Jazeera deste sábado, 17 de julho, há grupos de peregrinos realizando as sete voltas rituais à Caaba na Grande Mesquita de Meca.

Senegal recruta professores para escolas corânicas para evitar tráfico e mendicidade de crianças

100 mil obrigados a mendigar

Senegal recruta professores para escolas corânicas para evitar tráfico e mendicidade de crianças

O Estado senegalês quer recrutar uma centena de professores para as escolas corânicas, com o objectivo de encontrar pessoas que garantam o combate aos abusos nestes estabelecimentos de ensino.

A decisão surge num contexto em que há frequentes denúncias de abusos em escolas conhecidas como daaras. O imã Mouhamadou Makhtar Kanté diz que essa pode ser uma forma de resolver o problema da mendicidade, a que muitas crianças que residem nessas escolas são obrigadas.

Patriarcas e bispos católicos promovem Dia da Paz para o Médio Oriente

“Um sinal poderoso”

Patriarcas e bispos católicos promovem Dia da Paz para o Médio Oriente

O Conselho dos Patriarcas e Bispos Católicos do Médio Oriente promove neste domingo, 27 de Junho, um Dia da Paz para a região. A iniciativa será sobretudo simbólica e litúrgica: cada bispo celebra a missa na sua diocese, consagrando o Médio Oriente; como gesto colectivo, o patriarca latino de Jerusalém, Pierbattista Pizzaballa, abençoará um ícone da Sagrada Família, na Igreja da Anunciação de Nazaré.

Religiões também querem comemorar 50 anos do 25 de Abril

20 anos da Lei da Liberdade Religiosa

Religiões também querem comemorar 50 anos do 25 de Abril

Ao comemorar os 20 anos da Lei de Liberdade Religiosa, de que o próprio foi o impulsionador político, José Vera Jardim abriu o livro das reclamações a apresentar ao Governo. Diante da ministra da Presidência, o responsável disse o que falta fazer para concretizar melhor a lei. As religiões, que fazem um balanço muito positivo da aplicação do diploma legal, querem que também elas “possam contribuir para a preparação e celebração dos 50 anos do 25 de Abril”.

A lei da liberdade religiosa é boa e recomenda-se, mas ainda tem muito por concretizar

20 anos do novo regime legal

A lei da liberdade religiosa é boa e recomenda-se, mas ainda tem muito por concretizar

Vinte anos depois, o que trouxe a Lei da Liberdade Religiosa (LLR), promulgada a 22 de Junho de 2001, faz nesta terça-feira precisamente duas décadas? Uma conferência na tarde desta terça-feira, 22 de Junho (que pode ser acompanhada por transmissão digital), quando se completam 20 anos da lei, fará o ponto de situação e procurará debater o que falta fazer. O 7MARGENS antecipa o debate.

Amara, a raptada, e o padre psicólogo que ajuda a curar as feridas do terrorismo

Boko Haram na Nigéria

Amara, a raptada, e o padre psicólogo que ajuda a curar as feridas do terrorismo

Amara – um nome fictício para uma vida tragicamente bem real – tem hoje 21 anos, mas já passou muito: desmaiou quando lhe colocaram nas mãos a cabeça decapitada do seu pai, foi depois raptada e violada sucessivamente pelos terroristas do Boko Haram. Conseguiu fugir e esteve muito tempo sem conseguir falar, até que a sua mãe procurou a ajuda do padre Joseph Fidelis Bature, que é também psicólogo clínico.

“Repressão draconiana” contra uigures e outras minorias muçulmanas na China

Novo e extenso relatório da Amnistia

“Repressão draconiana” contra uigures e outras minorias muçulmanas na China

A região chinesa de Xinjiang, quase tão vasta como a Índia, vive neste momento uma “repressão draconiana” cujo alvo principal é a minoria dos muçulmanos uigures. A situação naquela província do Nordeste da China configura a prática de crimes contra a humanidade, com centenas de milhares de homens e mulheres submetidos a internamento e tortura em massa.

Antropóloga americana estuda religiosidade da diáspora guineense em Portugal

Islão em Lisboa

Antropóloga americana estuda religiosidade da diáspora guineense em Portugal

Acaba de sair nos Estados Unidos o livro de uma antropóloga, Michelle C. Johnson, que estuda a experiência religiosa (muçulmana) da diáspora da Guiné-Bissau na zona de Lisboa. O livro, intitulado Remaking Islam in African Portugal: Lisbon–Mecca–Bissau, foi editado ainda em 2020, pela Indiana University Press, e baseia-se no trabalho de campo que aquela investigadora realizou no nosso país.

Líderes máximos do islão xiita e sunita preparam aproximação

Líderes máximos do islão xiita e sunita preparam aproximação

Pode estar no horizonte um encontro, que será certamente histórico, entre o Grande Ayatolah Ali Al-Sistani, a maior autoridade mundial dos muçulmanos xiitas, e o Grande Imã da mesquita de al-Azhar, no Cairo (Egito), Ahmed Al-Tayyeb, o mais representativo dignitário sunita.

Dois terços da população mundial sujeitos a violações da liberdade religiosa

Dois terços da população mundial sujeitos a violações da liberdade religiosa

Dois terços da população do mundo, num terço dos países, vivem situações de discriminação ou perseguição por causa da sua fé religiosa. A situação piorou nos últimos dois anos, diz o Relatório sobre a Liberdade Religiosa no Mundo, divulgado na manhã desta terça-feira, 20. Os cristãos continuam a ser o grupo mais perseguido e a pandemia ajudou a agravar a situação. Chaves de leitura do documento.

Os Dias da Semana – Socorrer urgentemente Cabo Delgado

Os Dias da Semana – Socorrer urgentemente Cabo Delgado

Moçambique tem um amplo destaque na primeira página da edição de hoje e de amanhã do diário francês Le Monde, por causa dos ataques mortais de jihadistas à cidade de Palma e da instabilidade na província de Cabo Delgado, qualificada como “antigo canto do paraíso”. No interior, as páginas 16, 17 e 18 são integralmente dedicadas ao que se passa na região entalada entre “as ambições da indústria do gás e a pressão jihadista”.

Vaticano saúda muçulmanos no Ramadão

Vaticano saúda muçulmanos no Ramadão

O Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso, da Santa Sé, enviou uma mensagem aos muçulmanos de todo o mundo, por ocasião do início do Ramadão, convidando todos os crentes a serem “construtores e reparadores” da esperança.

O jejum de Ramadão, um acto de obediência e adoração

O jejum de Ramadão, um acto de obediência e adoração

Entre esta terça-feira, 13 de Abril, até 12 de Maio de 2021, os muçulmanos entrarão, in cha Allah, no mês do Ramadão (em árabe Ramadan), o nono mês do calendário lunar, durante o qual foi revelado o Alcorão, Livro Sagrado do Islão. O jejum do mês do Ramadão é o quarto pilar da prática no Islão, portanto, é uma obrigação religiosa.

Jesus Cristo, o caminho e a verdade que fez viver o teólogo Hans Küng (1928-2021)

Jesus Cristo, o caminho e a verdade que fez viver o teólogo Hans Küng (1928-2021)

Ficou conhecido por contestar o dogma da infalibilidade papal e o sistema eclesiástico de poder. Por via disso, facilmente era catalogado como “polémico”, “crítico” ou “contestatário”. Mas essa era apenas a imagem imediata de Hans Küng, teólogo suíço-alemão que morreu nesta terça-feira, 6 de Abril, aos 93 anos e foi um dos maiores e mais completos teólogos cristãos das últimas seis décadas.

Sem o Islão não teríamos S. Tomás nem Dante

Sem o Islão não teríamos S. Tomás nem Dante

Devemos ao Islão e aos filósofos muçulmanos Avicena (séc. X-XI) e Averróis (séc. XII) terem mantido a cadeia de transmissão da obra de Aristóteles, sem a qual dificilmente obras-primas da literatura e do pensamento como a Suma Teológica ou a Divina Comédia teriam sido concebidas e realizadas.

Rumi, Al-Sistani e o Papa Francisco

Rumi, Al-Sistani e o Papa Francisco

A propósito do encontro entre o Papa Francisco e o Ayatollah Ali al-Sistani, no Iraque, traduzo este poema da tradução inglesa sobre o original, que já referia a dificuldade de penetrar nesse mundo interior. Esforcei-me por manter uma fundamentada empatia e um fraseado elegante. Utilizei especialmente as seguintes obras: The Religious Experience of Mankind (Ninian Smart, Collins, 1971); The Message and the Book (John Bowker, Yale University Press, 2012 – donde o poema, p. 156-157):

Judeus da Europa “mais angustiados que nunca” face ao aumento do antissemitismo

Estudo revela

Judeus da Europa “mais angustiados que nunca” face ao aumento do antissemitismo novidade

O mais recente relatório da Agência da União Europeia para os Direitos Fundamentais (FRA) não deixa margem para dúvidas: o antissemitismo cresceu nos últimos cinco anos e disparou para níveis sem precedentes desde o passado mês de outubro, o que faz com que os judeus a residir na Europa temam pela sua segurança e se sintam muitas vezes obrigados a esconder a sua identidade judaica.

Fundadora da Comunidade Loyola castigada pelo Vaticano é ministra da comunhão em Braga

Decreto de extinção a marcar passo?

Fundadora da Comunidade Loyola castigada pelo Vaticano é ministra da comunhão em Braga novidade

A pouco mais de três meses de se completar um ano, prazo dado pelo Vaticano para extinguir a Comunidade Loyola, um instituto de religiosas fundado por Ivanka Hosta e pelo padre Marko Rupnik, aparentemente tudo continua como no início, com as casas a funcionar normalmente. No caso da comunidade de Braga, para onde Ivanka foi ‘desterrada’ em meados de 2023, por abusos de poder e espirituais, a “irmã” tem mesmo estado a desenvolver trabalho numa paróquia urbana, incluindo como ministra extraordinária da comunhão, com a aparente cobertura da diocese.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Sobreviventes de abusos acusam bispos de os “revitimizar” no processo de compensações financeiras

Contra a obrigação de repetir denúncias

Sobreviventes de abusos acusam bispos de os “revitimizar” no processo de compensações financeiras novidade

Vários sobreviventes de abusos sexuais no seio da Igreja Católica expressaram, junto da presidência da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), o seu descontentamento quanto ao “método a utilizar para realizar as compensações financeiras”, dado que este obriga todas as vítimas que pretendam obtê-las a repetirem a denúncia que já haviam feito anteriormente.

Cuidar do outro com humanidade

Cuidar do outro com humanidade novidade

A geração nascida em meados do século passado foi ensinada a respeitar os mais velhos, a escutá-los e seguir os seus ensinamentos, dada a sua condição de anciãos e, por tal, sabedores daquilo que é melhor para a família, para cada comunidade e para a sociedade em geral. Era assim que se preparavam as novas gerações para aprenderem a respeitar o outro, os seus pais, irmãos e avós, cuidando deles e uns dos outros, desde a nascença até à morte. [Texto de Caseiro Marques]

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This