Iniciativa 7MARGENS

Já disponível vídeo do debate sobre o Sínodo que contou com o testemunho do cardeal Tolentino

| 19 Fev 2024

O debate sobre os caminhos para a concretização do Sínodo em Portugal e na Igreja Católica em geral, promovido pelo  7MARGENS na passada quinta-feira, 15 de fevereiro, já está disponível no Youtube (e pode ser visto abaixo).

Intitulado “Sínodo católico: promessa de futuro para pôr em prática”, o debate contou com o testemunho do cardeal José Tolentino Mendonça sobre aquela que foi, para ele, a primeira experiência de participação num sínodo, como bispo. Ao longo de 12 minutos, o prefeito do Dicastério para a Cultura e Educação sublinha como a assembleia sinodal dos bispos, em outubro último, “não caiu de paraquedas” na vida da Igreja, antes foi precedida de uma fase de auscultação reveladora de “criatividade e entusiasmo”. Descreve de forma sumária o método de “conversação no Espírito”, em pequenos grupos, que permitiu chegar ao documento-síntese final, aprovado por significativa maioria, apesar da diversidade das experiências e visões presentes. A escuta de todos e a participação de todos na vida da Igreja são, para o cardeal português, pontos distintivos de uma Igreja que está a aprender a ser sinodal.

Depois deste testemunho, seguem-se mais três, antes de a assembleia tomar a palavra: o de Fátima Almeida, 65 anos, que  foi coordenadora nacional da LOC-MTC e co-presidente do Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos, e integra atualmente a Comissão Justiça e Paz de Braga, bem como o grupo sinodal daquela diocese; o de Nuno Santos, padre e reitor do Seminário da Diocese de Coimbra, capelão da Capela da Universidade de Coimbra e professor convidado da Universidade Católica Portuguesa; e o de José Carlos Prazeres, 44 anos, casado e pai de três filhas, que é membro do Conselho Pastoral da Paróquia de Fátima, pelo qual foi nomeado delegado sinodal, e acompanha o grupo de jovens da paróquia.

A conversa, que contou com cerca de 150 participantes e durou perto de duas horas, foi moderada pelo jornalista e diretor do 7MARGENS, António Marujo.

 

Bispos católicos de França apelam à fraternidade e justiça, mas não se demarcam da extrema-direita

Com as eleições no horizonte

Bispos católicos de França apelam à fraternidade e justiça, mas não se demarcam da extrema-direita novidade

O conselho permanente dos bispos da Igreja Católica de França considera, num comunicado divulgado esta quinta-feira, 20 de junho, que o resultado das recentes eleições europeias, que deram a vitória à extrema-direita, “é mais um sintoma de uma sociedade ansiosa, dividida e em sofrimento”. Neste contexto, e em vésperas dos atos eleitorais para a Assembleia Nacional, apresentaram uma oração que deverá ser rezada por todas as comunidades nestes próximos dias.

“Precisamos de trabalhar num projeto de sociedade que privilegie a ativação da esperança”

Tolentino recebeu Prémio Pessoa

“Precisamos de trabalhar num projeto de sociedade que privilegie a ativação da esperança” novidade

Na cerimónia em que recebeu o Prémio Pessoa 2023 – que decorreu esta quarta-feira, 19 de junho, na Culturgest, em Lisboa – o cardeal Tolentino Mendonça falou daquela que considera ser “talvez a construção mais extraordinária do nosso tempo”: a “ampliação da esperança de vida”. Mas deixou um alerta: “não basta alongar a esperança de vida, precisamos de trabalhar num projeto de sociedade que privilegie a ativação da esperança e a deseje fraternamente repartida, acessível a todos, protagonizada por todos”.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

E Jesus, estaria ele no Tik Tok?

7MARGENS/Antena 1

E Jesus, estaria ele no Tik Tok? novidade

“Falar Piano e Tocar Francês” é o título do livro do maestro Martim Sousa Tavares. Arte, música, cultura, paixão e mediação são temas do livro e pretextos para a conversa no programa 7MARGENS, da Antena 1. Que começa por uma pergunta: e Jesus, estaria ele hoje no Tik Tok?

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres

Uma religiosa e duas leigas

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres novidade

Pela quarta vez consecutiva, o papel das mulheres na Igreja voltou a estar no centro dos trabalhos do Papa e do seu Conselho de Cardeais – conhecido como C9 -, que se reuniu no Vaticano nos últimos dois dias, 17 e 18 de junho. Tratou-se de uma reflexão não apenas sobre as mulheres, mas com as mulheres, dado que – tal como nas reuniões anteriores – estiveram presentes três elementos femininos naquele que habitualmente era um encontro reservado aos prelados.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This