Nova sede e jornadas

JMJ abre comité de Lisboa e debate comunicação em Fátima

| 21 Set 2022

jmj lisboa bandeiras gabinete coordenador geral foto antonio marujo 7M

Bandeiras dos países que já organizaram a JMJ na sede do COL. Nesta quinta-feira, o mesmo edifício passa a acolher o COD Lisboa. Foto © António Marujo/7Margens.

 

A promessa é de que seja um espaço de cultura, amigos, fé, estudo e vocação. Ao final da tarde desta quinta-feira, 22 de Setembro, será inaugurada a sede do Comité Organizador Diocesano (COD) de Lisboa, da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023. Para a festa de abertura, os responsáveis programaram a celebração da eucaristia às 19h, após o que haverá churrasco e animação.

O COD Lisboa ficará instalado no rés-do-chão do mesmo edifício em que funciona o Comité Organizador Local (COL, responsável por toda a organização da JMJ), situado na Rua do Grilo, 84, ao Beato, em Lisboa (a antiga Manutenção Militar).

Esta sede do COD passará a ter um horário alargado de funcionamento: de segunda a sábado, entre as 10h e a meia-noite; ao domingo, das 15h à meia-noite.

“Aqui vais encontrar espaço para passar tempo com amigos, reunir o teu grupo de jovens, rezar, participar em actividades propostas, estudar ou tele-trabalhar”, diz uma nota de informação enviada ao 7MARGENS. Nas instalações do COD Lisboa será celebrada missa todas as quintas-feiras, às 19h, e aos domingos, às 21h. Está prometida uma surpresa para a passagem de ano de 2022 para 2023 e ao longo do ano será proposto um programa em cinco áreas, em parceria com os sectores pastorais da Universidade, Vocação, Catequese e Família: fé, convívio, estudo, vocação e cultura.

As informações sobre as diferentes actividades que venham a ser planeadas serão disponibilizadas nas páginas do COD no Instagram (@cod.lisboa.juventude) e Facebook (facebook.com/cod.lisboa.juventude), bem como na sua página oficial na internet.

 

Como comunicar

A JMJ estará em foco nas Jornadas de Comunicação Social, promovidas pelo Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, da Igreja Católica, que decorrem esta quinta e sexta-feira. A iniciativa realiza-se em Fátima, com o tema geral “Comunicar a JMJ Lisboa 2023”.

Uma conferência inicial pelo presidente da Fundação JMJ, o bispo Américo Aguiar e uma mesa-redonda com o Comité Organizador Local (COL) estão previstas para a primeira metade da tarde. Depois, será a vez de falar das experiências de comunicação de anteriores JMJ, com os responsáveis de comunicação de Madrid 2011, Rio de Janeiro 2013 e Panamá 2019.

Na manhã de sexta-feira, o tema será “Comunicar grandes eventos”, e conta com intervenções de Catarina Burnay, professora da Faculdade de Ciências Humanas (FCH) da Universidade Católica, e Ana Alves, responsável de comunicação da JMJ Lisboa 2023. A tarde será dedicada a três oficinas simultâneas, orientadas por professores da Católica e dedicadas às redes sociais (Patrícia Dias), marketing digital (André Casado) e projetos alternativos de jornalismo (João Manuel Rocha).

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Índia

Carnataca é o décimo Estado a aprovar lei anticonversão

O Estado de Carnataca, no sudoeste da Índia, tornou-se, no passado dia 15 de setembro, o décimo estado daquele país a adotar leis anticonversão no âmbito das quais cristãos e muçulmanos e outras minorias têm sido alvo de duras perseguições, noticiou nesta sexta-feira, 23, o Vatican News, portal de notícias do Vaticano.

Neste sábado, em Lisboa

“Famílias naturais” em convívio contra a ideologia de género

Prometem uma “tarde de convívio e proximidade”, um concerto, diversão e “múltiplas actividades para crianças e adultos: o “Encontro da Família no Parque” decorre esta tarde de sábado, 24 de Setembro, no Parque Eduardo VII (Lisboa), a partir das 15h45, e “pretende demonstrar um apoio incondicional à família natural e pela defesa das crianças”.

Gratuito e universal

Documentário sobre a Laudato Si’ é lançado a 4 de outubro

O filme A Carta (The Letter) será lançado no YouTube Originals no dia 4 de outubro, anunciou, hoje, 21 de setembro, o Movimento Laudato Si’. O documentário relata a história da encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e defensores da sustentabilidade do planeta e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco.

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco

Terminou o encontro em Assis

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco novidade

“Espero por vocês em Assis.” Assim terminava a carta que o Papa escreveu aos jovens em maio de 2019, convidando-os a participar na Economia de Francisco. Apesar de uma pandemia o ter obrigado a adiar dois anos este encontro, e ainda que as dores no joelho o tenham impedido de vir pelo seu próprio pé, Francisco cumpriu a sua promessa, como só os verdadeiros amigos sabem fazer. Este sábado, 24, logo pela manhã, chegou à cidade de Assis para se juntar aos mil participantes do encontro A Economia de Francisco. Escutou atentamente os seus testemunhos e preocupações, deu-lhes os conselhos que só um verdadeiro amigo sabe dar, selou com eles um pacto e até reclamou por não terem trazido cachaça (bem sabemos que é próprio dos amigos rabujar e fazer-nos rir). Mas sobretudo provou-lhes que acredita neles e que é com eles que conta para fazer do mundo um lugar melhor.

Agenda

Fale connosco

Autores