Bispos garantem

JMJ é para construir Igreja sinodal e que acolhe todos

| 8 Ago 2023

Bispos, clero, JMJ

Bispos portugueses na celebração de Vésperas do Papa Francisco com os Bispos, Clero, Diáconos, Consagrados, Consagradas, Seminaristas e Agentes da Pastoral no Mosteiro de Jerónimos em Lisboa, 2 Agosto 2023. Foto © João Cláudio Fernandes / JMJ 2023 Lisboa

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) garante que a Jornada Mundial da Juventude em Lisboa “e os Dias nas Dioceses que antecederam a semana dos eventos centrais não significam o ponto final de uma caminhada, mas antes a continuação de um processo que envolveu milhares e milhares de jovens”.

Num comunicado enviado ao 7MARGENS, os bispos dizem que, valorizando “o nosso passado e tradição, fiéis às raízes do Evangelho de Jesus Cristo”, pretendem “continuar a ser activamente construtores de uma Igreja missionária e sinodal, ao encontro de todos e acolhendo a todos”, como pediu o Papa Francisco.

A mensagem agradece a presença do Papa Francisco em Portugal “e as palavras que a todos dirigiu”. Foi um “tempo de graça que renovou os corações e encorajou, especialmente os jovens, a dar testemunho de Cristo Vivo”, acrescenta o texto. As palavras do Papa confirmam “a validade e profundidade da mensagem cristã, seja para os jovens, seja para a sociedade”, alentando “a sonhar um mundo mais justo, humano e fraterno onde todos somos chamados a colaborar”.

Os bispos destacam “os gestos de proximidade e ternura” do Papa para com as crianças, pessoas em situação de fragilidade e vítimas de abuso sexual por membros da Igreja. E agradecem aos “jovens da Igreja em Portugal” pelo seu empenho, bem como “todas as entidades civis” que contribuíram para que a JMJ “fosse um autêntico sinal de acolhimento”.

 

Ortodoxos denunciam imoralidade do conluio de Cirilo com Putin e a sua guerra

Carta nos dois anos da guerra na Ucrânia

Ortodoxos denunciam imoralidade do conluio de Cirilo com Putin e a sua guerra novidade

No momento em que passam dois anos sobre a invasão russa e o início da guerra na Ucrânia, quatro académicos do Centro de Estudos Cristãos Ortodoxos da Universidade de Fordham, nos Estados Unidos da América, dirigiram esta semana uma contundente carta aberta aos líderes das igrejas cristãs mundiais, sobre o papel que as confissões religiosas têm tido no conflito.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Sessões gratuitas

Sol sem Fronteiras vai às escolas para ensinar literacia financeira

Estão de regresso as sessões de literacia financeira para crianças e jovens, promovidas pela Sol sem Fronteiras, ONGD ligada aos Missionários Espiritanos, em parceria com o Oney Bank. Destinadas a turmas a partir do 3º ano até ao secundário, as sessões podem ser presencias (em escolas na região da grande Lisboa e Vale do Tejo) e em modo online no resto do país.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This