400 voluntários já envolvidos

JMJ Lisboa 2023 já tem data: 1 a 6 de Agosto

| 4 Out 2021

De 1 a 6 de agosto todos os olhares dos jovens estarão em Lisboa, na JMJ. Foto © JMJ0223

 

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2023 decorrerá daqui a dois anos, de 1 a 6 de agosto, em Lisboa. A data oficial da iniciativa foi anunciada às zero horas desta segunda-feira, 4 de outubro, pelo Comité Organizador Local do evento. Já se aguardava, com impaciência, o anúncio da data, que ocorre neste dia de S. Francisco de Assis, conforme confirma Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa. “Há muito que os jovens de todo o mundo desejavam conhecer a data da JMJ Lisboa 2023 para preparar com maior detalhe a vinda a Lisboa. Esperamos que os 22 meses que nos conduzirão à JMJ sejam um tempo de evangelização para todos”, afirmou, num comunicado enviado às redações.

No mesmo texto, a organização local da JMJ refere que a preparação segue a bom ritmo, e que “400 voluntários, a maioria dos quais portugueses”, já estão ao serviço deste acontecimento, assim como já foram criados Comités Organizadores Diocesanos, “encarregados de dinamizar no seu território o caminho de preparação até à JMJ”.

O anúncio oficial do evento em Lisboa aconteceu no final das últimas JMJ, no Panamá, depois de ter sido antecipado pelo 7MARGENS, mas a preparação mais “formal” sucedeu, como é habitual em todas as JMJ, após a entrega dos símbolos da JMJ a Portugal, numa cerimónia que decorreu em Roma, em plena pandemia, e que incluiu uma pequena delegação de cada país. Depois de chegarem a Portugal, os símbolos iniciaram um périplo por Angola e estão agora a peregrinar pelas dioceses espanholas, sendo que em novembro iniciam a peregrinação pelas dioceses portuguesas, começando pelo Algarve.

A primeira edição da JMJ aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a Jornada já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019). A JMJ reúne normalmente várias centenas de milhares de jovens de todo o mundo. A propósito do anúncio da data, a organização divulgou um pequeno vídeo de apresentação e divulgação que pode ser visto a seguir:

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa novidade

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

Ministro russo repudia declarações do Papa

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa novidade

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

Desarmar-se

Desarmar-se novidade

Sinto-me um pouco embaraçada. Perguntam-me: como correu o encontro com os meus amigos no Porto e, afinal de contas: o que é isto de “Juntos pela Europa”? O que é que 166 pessoas de 19 países diferentes, de 45 movimentos e comunidades de oito igrejas, podem fazer em conjunto, quando “os semelhantes atraem os semelhantes” e a diversidade é raramente – ou talvez nunca – uma força de coesão? E sem falar das diferentes visões geopolíticas, culturais, históricas, confessionais e, além disso: o que farão agora os russos e os ucranianos, que também estiveram presentes?

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This