JMJ realizou em 2022 metade das receitas que tinha orçamentado

| 25 Mai 2023

pormenor de cartaz campanha voluntarios JMJ

“No que respeita aos meios de comunicação digitais é referido que ‘os canais oficiais de divulgação da JMJ Lisboa 2023 revelam que o website teve mais de dois milhões de visitas e, nas redes sociais, a atividade da JMJ teve um milhão de seguidores no Facebook e 244 mil no Instagram’.”

 

A Fundação Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 obteve no ano passado rendimentos de 4,798 milhões de euros (menos de metade do previsto no seu orçamento) e gastos de 1,083 milhões, do que resultaram 3,714 milhões (que comparam com os 7,758 milhões de resultados orçamentados). A Fundação dispunha, assim, a 31 de dezembro de 2022, de 4,391 milhões de euros de resultados acumulados em três anos de existência.

No comunicado de dia 25 de maio em que divulgou o seu Relatório e Contas relativo a 2022, a Fundação sublinha que o “total das receitas [foi] oriundo de doações” e que “os gastos com pessoal equivaleram a 29% da despesa”, tendo sido a maioria (98%) desta “realizada na rubrica de fornecimentos e serviços externos”. Ao longo do ano passado a JMJ contou com 16 colaboradores permanentes.

No que respeita aos meios de comunicação digitais é referido que “os canais oficiais de divulgação da JMJ Lisboa 2023 revelam que o website teve mais de dois milhões de visitas e, nas redes sociais, a atividade da JMJ teve um milhão de seguidores no Facebook e 244 mil no Instagram”.

Com o aproximar da data da Jornada (primeira semana de agosto) a projeção quanto à participação de responsáveis eclesiais tem vindo a subir, situando-se agora “num um total de 800 bispos, 300 secretários e 100 altos eclesiásticos, oriundos de 110 nacionalidades e falantes de 58 idiomas”.

 

Os silêncios de Pio XII foram uma escolha – e que custos teve essa opção?

“A Lista do Padre Carreira” debate

Os silêncios de Pio XII foram uma escolha – e que custos teve essa opção? novidade

Os silêncios do Papa Pio XII durante aa Segunda Guerra Mundial “foram uma escolha”. E não apenas no que se refere ao extermínio dos judeus: “Ele também não teve discursos críticos sobre a Polónia”, um “país católico que estava a ser dividido pelos alemães, exactamente por estar convencido de que uma tomada de posição pública teria aniquilado a Santa Sé”. A afirmação é do historiador Andrea Riccardi, e surge no contexto da reportagem A Lista do Padre Carreira, que será exibida nesta quarta-feira, 31 de Maio, na TVI, numa parceria entre a estação televisiva e o 7MARGENS.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Debate em Lisboa

Uma conversa JMJ “conectada à vida”

Com o objectivo de “incentivar a reflexão da juventude” sobre “várias problemáticas da actualidade, o Luiza Andaluz Centro de Conhecimento (LA-CC), de Lisboa, promove a terceira sessão das Conversas JMJ, intitulada “Apressadamente conectadas à vida”.

“É o fim da prisão perpétua para os inimputáveis”, e da greve de fome para Ezequiel

Revisão da lei aprovada

“É o fim da prisão perpétua para os inimputáveis”, e da greve de fome para Ezequiel novidade

Há uma nova luz ao fundo da prisão para Ezequiel Ribeiro – que esteve durante 21 dias em greve de fome como protesto pelos seus já 37 anos de detenção – e também para os restantes 203 inimputáveis que, tal como ele, têm visto ser-lhes prolongado o internamento em estabelecimentos prisionais mesmo depois de terminado o cumprimento das penas a que haviam sido condenados. A revisão da lei da saúde mental, aprovada na passada sexta-feira, 26 de maio, põe fim ao que, na prática, resultava em situações de prisão perpétua.

Especialistas mundiais reunidos em Lisboa para debater “violência em nome de Deus”

30 e 31 de maio

Especialistas mundiais reunidos em Lisboa para debater “violência em nome de Deus” novidade

A Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) acolhe esta terça e quarta-feira, 30 e 31 de maio, o simpósio “Violence in the Name of God: From Apocalyptic Expectations to Violence” (em português, “Violência em Nome de Deus: Das Expectativas Apocalípticas à Violência”), no qual participam alguns dos maiores especialistas mundiais em literatura apocalíptica, história da religião e teologia para discutir a ligação entre as teorias do fim do mundo e a crescente violência alavancada por crenças religiosas.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This