Prémio Árvore da Vida 2021

João Manuel Duque fala sobre o estado atual da Teologia

| 11 Set 2022

João Manuel Duque fotografado em 8 de Julho de 2019, no Centro regional de Braga da UCP, para o livro Teologia Como Resistência. Foto © António Pedro Ferreira, cedida pelo autor.

 

O teólogo João Manuel Duque, professor catedrático na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (UCP), em Braga, fará uma conferência sobre “Os principais problemas e perspetivas na situação atual da teologia”, no âmbito da entrega do prémio Árvore da Vida – Padre Manuel Antunes, com que foi agraciado no ano passado.

A sessão pública decorre na próxima quinta-feira, dia 15, às 21h30, no Espaço Vita, em Braga. O laureado é também pró-reitor da Universidade Católica Portuguesa e presidente do seu Polo Regional de Braga.

O prémio Árvore da Vida – Padre Manuel Antunes, instituído pelo Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura (SNPC), da Igreja Católica, destina-se a reconhecer a excelência de personalidades, percursos e obras que refletem o humanismo e a experiência cristã no mundo contemporâneo, segundo se pode ler na página do SNPC.

O galardão, patrocinado pela Fundação Ilídio Pinho, é constituído por uma escultura desenhada por Alberto Carneiro e 2.500 euros.

Antes da conferência, intervirá o professor João Carlos Loureiro, catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, para analisar a currículo do premiado, focando os aspetos mais relevantes do seu pensamento.

O júri do prémio foi presidido pelo bispo de Viana e presidente da Comissão Episcopal da Cultura, dos Bens Culturais e das Comunicações Sociais, João Lavrador, e composto por Guilherme d’Oliveira Martins, José Carlos Seabra Pereira, Maria Teresa Dias Furtado e o padre jesuíta Júlio Trigueiros.

Instituído em 2005, o Prémio Árvore da Vida – Padre Manuel Antunes é pela primeira vez atribuído a um teólogo. Nas edições anteriores o prémio galardoou 15 figuras reconhecidas (13 homens e duas mulheres): o poeta Fernando Echevarría, o cientista e padre jesuíta Luís Archer, o cineasta Manoel de Oliveira, a classicista Maria Helena da Rocha Pereira, o político e intelectual Adriano Moreira, o trabalho de diálogo entre Evangelho e Cultura levado a cabo pela Diocese de Beja, o compositor Eurico Carrapatoso, o arquiteto Nuno Teotónio Pereira, o pedagogo Roberto Carneiro, o jornalista Francisco Sarsfield Cabral, a artista plástica Lourdes Castro, o professor de Medicina e Bioética Walter Osswald, o ator e encenador Luís Miguel Cintra, o ator Ruy de Carvalho, o historiador José Mattoso e o ensaísta Eduardo Lourenço.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Santa Eufémia: comer a marrã, pagar promessas e receber certificados

Lavandeira, Carrazeda de Ansiães

Santa Eufémia: comer a marrã, pagar promessas e receber certificados novidade

romaria em honra de Santa Eufémia, na aldeia de Lavandeira, em Carrazeda de Ansiães, carrega consigo inúmeros segredos. A festa só tem lugar em meados de setembro, mas foi agora objeto de um estudo publicado na Revista Memória Rural, do Museu da Memória Rural,  que recorda a tradição da carne de porco grelhada (a marrã), das promessas e dos certificados da missa celebrada pelo familiar defunto.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This