Jovem cristã sequestrada convocada para testemunhar no Supremo do Paquistão

| 22 Jan 20

Huma Younus. Foto © ACN Portugal

 

Huma Younus, uma jovem cristã de 14 anos sequestrada em Outubro passado e alegadamente forçada pelo seu sequestrador a converter-se ao islão, foi convocada pelos juízes do Supremo Tribunal do Paquistão, para comparecer no próximo dia 3 de Fevereiro. Esta convocatória pode ser um ponto de viragem no processo da jovem, sequestrada a 10 de Outubro, já que esta seria a primeira vez que uma vítima de conversão forçada testemunharia no Supremo Tribunal do país.

A Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), que apoia o caso, relata que já foram obtidas várias processuais, desde o facto de, “até agora, nenhuma família havia conseguido pedir justiça” em casos semelhantes de sequestro, como referiu a advogada da família. “Os cristãos são pobres e com pouca educação e não têm os meios necessários para obter assistência legal”, explica Tabassum Yousaf.

A convocatória, no entanto, servirá de pouco se o/s sequestrador/es não libertarem Huma, tendo em conta também, acrescenta a AIS, a conivência das forças policiais com os sequestradores.

Segundo a AIS, este caso pode ser apenas a ponta do icebergue de uma situação bem mais grave, que afecta a sociedade paquistanesa.

A família tem procurado resgatar a jovem e os pais gravaram mesmo um pequeno vídeo em que apelam à comunidade internacional e aos média no sentido de pressionarem pela sua libertação.

Artigos relacionados