Semana Laudato Si’ em Portugal

Lançar sementes de esperança em defesa do planeta e da vida

| 16 Mai 2024

Semana Laudato Si 2024

 A Semana Laudato Si´ 2024 decorre entre 19 e 26 de maio sob o lema “sementes de esperança”. Imagem retirada do Vídeo de apresentação.

Para defender a sustentabilidade do planeta e a superação da crise social, a REDE Cuidar da Casa Comum e os seus parceiros propõem uma maratona fotográfica em todo o país, uma celebração ecuménica em Lisboa e um encontro no Parque da Bela Vista, além de outras iniciativas no âmbito da Semana Laudato Si´ 2024, que decorre entre 19 e 26 de maio sob o lema “sementes de esperança”.

A Semana Laudato Si’ foi instituída em 2020 como uma forma de celebrar por todo o mundo o aniversário da encíclica de 2015 do Papa Francisco, Laudato Si’: Sobre o Cuidado da Casa Comum. Desde então, essa celebração anual tornou-se uma forma de todos os católicos se unirem e se alegrarem, em conjunto com todos os homens e mulheres de boa vontade, pelo progresso feito para dar vida à Laudato Si’, além de se comprometerem com mais oração e ação em prol da ecologia integral: pela superação da crise social e climática em que a nossa casa comum está mergulhada.

Entre as diversas iniciativas que se podem encontrar no site da REDE está a proposta de uma maratona fotográfica que propõe a constituição de pequenos grupos em qualquer ponto do país, os quais serão desafiados a refletir sob os Objetivos Laudato Si’ e sair para as ruas e campos à procura da fotografia que melhor simboliza o aspeto principal dessa reflexão. A partir de dia 19 de maio será divulgado, diariamente, um objetivo, suportado num curto texto para suscitar a reflexão do grupo. A Rede solicita o envio das fotografias para um microsite expressamente criado para o efeito.

A meio da Semana Laudato Sí terá lugar, no dia 21 de maio, terça-feira, entre as 21h00 e as 22h30, um webinar em que participam Diogo Assunção e Teresa Paiva Couceiro sobre as “sementes de esperança” com moderação da jornalista do jornal Público Aline Flor. O link para o webinar será divulgado em breve no site https://casacomum.pt/.

Entretanto, o espaço digital da REDE divulgará durante toda a semana, a ritmo diário, curtos interpelativos sob o título genérico “Sabias que?” com interrogações sobre o que as pessoas conhecem e desconhecem sobre as sementes de esperança já lançadas em favor de uma casa comum amiga da vida e em que toda a humanidade possa partilhar de modo equitativo os bens que ela oferece.

No dia 24 de maio realiza-se na Comunidade Presbiteriana de Lisboa – na R. Tomás da Anunciação, 56-D, em Campo de Ourique –, uma vigília ecuménica que reunirá cristãos de diversas denominações. A consciência da crise social e climática que assola a nossa casa comum e a procura de caminhos para a reverter têm sido fontes de convergência das diversas tradições religiosas e a celebração de dia 24 será um novo momento de reafirmar esse consenso.

No sábado, 25 de maio, o Foco Ecológico de Marvila, em Lisboa, realiza no Parque da Bela Vista, desde a manhã até meio da tarde “um extenso programa de atividades” para o qual todos estão convidados. Os jogos, a confraternização e a observação da natureza que serão propostos durante o dia visam reforçar a consciência de como a resposta ao clamor da terra é um apelo à proteção da nossa casa comum para o bem de todos.

Entre outros parceiros, a Rede Cuidar da Casa Comum é acompanhada nestas iniciativas pelo Corpo Nacional de Escutas, pelo Grupo Cuidar da Casa Comum em Santa Isabel e pelo Focus Ecológico de Marvila.

Mais informações em: https://casacomum.pt/  ou ccc@casacomum.pt

 

Guerra e Paz: angústias e compromissos

Um ensaio

Guerra e Paz: angústias e compromissos novidade

Este é um escrito de um cristão angustiado e desorientado, e também com medo, porque acredita que uma guerra devastadora na Europa é de alta probabilidade. Quando se chega a este ponto, é porque a esperança é já pequena. Manda a consciência tentar fazer o possível por evitar a guerra e dar uma oportunidade à paz. — ensaio de Nuno Caiado

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados novidade

Estou na Calábria com vista para a Sicília e o vulcão Stromboli ao fundo. Reunião de Coordenadores das Redes Internacionais do Graal. Escolhemos reunir numa propriedade de agroturismo ecológico, nas escarpas do mar Jónio, da antiga colonização grega. Na Antiguidade, o Mar Jónico foi uma importante via de comércio marítimo.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This