Lavou-nos a Cruz os olhos, enxugou-os o túmulo vazio

| 4 Abr 21

O Sábado antecipa o despertar de Domingo de Páscoa. A cruz lavou-nos os olhos, enxugados pelo túmulo vazio. Uma proposta de meditação pascal, a partir de dois poemas de Luís Soares Barbosa.

Assombro

Ilustração: Sieger Köder, Assombro

 

DÉCIMA TERCEIRA ESTAÇÃO
O próprio caminho veio ao teu encontro e
te despertou do sono em que dormias.

quantas portas se abriram sem que esperássemos
mais que a errância fissurada do olhar
o amor breve
incerto litoral de onde fossemos?
quantas portas se abriram depois dessas
sempre que a noite se cerrou à nossa volta?

ao arrepio de quanto a idade teme
e do que a prudência aconselha em voz corrida
não é adequado preparar o corpo para túmulo

por maior que seja a extensão da morte
dela ainda será pedra removida

pois teu corpo é meu corpo levantado
e nem lava avareza ou imundície
o reterá na orla do crepúsculo

 

 

 

DÉCIMA QUARTA ESTAÇÃO
lavou-nos a Cruz os olhos; enxugou-os o túmulo vazio

a minha oração é um deserto nevado
em tua cruz se crava o meu silêncio

nós, os que estamos no campo das perguntas,
não procuramos meteoritos ou prodígios
nem paisagem nem céu será bastante
nem o teu rosto que supliciado o ocultam os cabelos
nem tão pouco o sangue em que romântica se compraz a compaixão

nós, os que fazemos o campo das perguntas,
reconhecemos-te às vezes quando o pão se parte
e o olhar se resguarda enxuto das miragens

a nossa lavoura é deus que vem
e este humano ofício de pensar,
certa manhã quando por fim erguida,
as mãos vazias
que o amor visitam
que no amor vacilam

 

 

Autor dos poemas: Luís Soares Barbosa
Voz: António Durães
Produção: Eduardo Jorge Madureira

 

A educação na campanha eleitoral

A educação na campanha eleitoral novidade

Durante os trinta debates nas televisões o tema da educação nunca esteve sobre a mesa. Será porque não é importante? Todos responderão que não, pois a educação é reconhecidamente importante em qualquer sociedade, sobretudo as mais desiguais. Será porque não se debateu nenhuma estratégia para o país? Também não, pois, apesar de pouco, ainda houve aqui e ali tempo para debater a justiça, a economia, a fiscalidade, o emprego e as remunerações.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Lembrar as vítimas do nazismo

Holocausto

Lembrar as vítimas do nazismo novidade

27 de janeiro, a data em que o Exército Vermelho libertou Auschwitz, tornou-se o dia internacional em memória das vítimas do nazismo. Hoje quero lembrar Karl Stojka, e o seu aviso: “Não foi Hitler, nem Göring, nem Goebels, nem Himmler, nem nenhum desses quem me arrastou e espancou. Não. Foi o sapateiro, o vizinho, o leiteiro.”

As estrelas boas que Deus coloca na nossa vida

As estrelas boas que Deus coloca na nossa vida novidade

No contexto da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022 [entre 18 e 25 de janeiro] prestamos tributo a um homem bom, um fiel seguidor de Cristo e um cristão verdadeiramente ecuménico e aberto ao diálogo inter-religioso. Um cristão também com profundo sentido de humor e de alegria, que é sempre um sinal de uma boa espiritualidade.

Fale connosco

Abusos na Igreja
Dar voz ao silêncio

Contactos da Comissão Independente

https://darvozaosilencio.org/

E-mail: geral@darvozaosilencio.org

Telefone: (+351) 91 711 00 00

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This