Líderes católicos dizem que aumentam campanhas e ataques nacionalistas contra cristãos na Índia

| 10 Nov 20

As campanhas intiomidatórias passam pela destruição de símbolos cristãos, acusam os líderes católicos. Foto © ACN-Portugal

 

Grupos nacionalistas indianos têm vindo a promover campanhas contra as conversões religiosas, especialmente nas áreas habitadas pela população tribal, o que está a transformar-se numa ameaça para as comunidades cristãs locais. John Dayal, porta-voz da União Católica de toda a Índia, denunciou esta situação à fundação AIS, afirmando que não se trata de “uma campanha isolada nem repentina e certamente que não é recente”.

As campanhas intimidatórias têm vindo a ocorrer em regiões florestais de Jharkhand, Orissa, Chhattisgarh e Madhya Pradesh. Também Arun Pannalal, que defende os cristãos vítimas de violência especialmente no estado de Chhattisgarh, alerta para esta situação, dizendo que “a campanha já começou” e que estão a “procurar estimular as paixões dos nacionalistas hindus”. Daí às acusações de proselitismo será um pequeno passo.

“Há uma máquina bem oleada em funcionamento”, alerta ainda Arun Pannalal. “Dias antes de um ataque aos cristãos, começam a aparecer reportagens e notícias em jornais contra a conversão, seguidas de debates nas televisões onde nenhum cristão é convidado a defender a comunidade”, explica este responsável. “Também as redes sociais são usadas, havendo discursos de ódio, mobilização de pessoas para manifestações contra as conversões.” E é quando o ambiente já está propício, “quando o ambiente de ódio amadurece, que o ataque ocorre”.

Num ataque recente em Madanpur (estado de Chhattisgarh), uma cruz foi derrubada para se erguer no local um templo hindu. Este é apenas um exemplo dos casos de intimidação e violência contra os cristãos que “está a aumentar de forma alarmante”, observou ainda Pannalal à AIS. Uma declaração subscrita pelo bispo de Raipur, Henry Thakur, a capital do estado: “Antes, tínhamos ataques esporádicos. Agora, isso acontece de forma regular, organizada e coordenada.”

A defesa das comunidades tribais e dos dalits ou intocáveis, que estão na base do complexo sistema de castas da Índia, é uma realidade intrínseca à vida dos cristãos neste país. Ainda recentemente foi preso o padre jesuíta Stan Swamy, 83 anos, que se dedica a promover os povos indígenas e os marginalizados, nomeadamente os dalits no estado de Jharkland, como o 7MARGENS noticiou.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Um Grande Homem: Integrado Marginal

José Cardoso Pires por Bruno Vieira Amaral

Um Grande Homem: Integrado Marginal novidade

Integrado Marginal foi leitura de férias junto ao mar, entre nevoeiros e nortadas que me levavam a recorrer a esplanadas cobertas para ler enquanto tomava um café bem quente. Moledo do Minho no seu inquieto esplendor… e capricho! Tinha lido algumas obras de José Cardoso Pires: Lisboa. Livro de Bordo (feito para a Expo 1998); O Burro em Pé (livro para crianças); Alexandra Alpha; De Profundis: Valsa lenta; O Delfim.

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão

[Mãos à obra]

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão novidade

O conceito de desenvolvimento sustentável tem duas interpretações: para os intelectuais humanistas é um desenvolvimento que respeita o ambiente, de forma abstrata, sem contabilizar desenvolvimento ou impacte ambiental, mas pode levar a questionar o modelo económico e até o modo de vida actuais; para os industriais, políticos e economistas entende-se como um desenvolvimento que possa ser eterno.

A ideia de Deus

A ideia de Deus novidade

Não é certo que quem nasça numa família de forte tradição religiosa esteja em melhores condições do que qualquer outra pessoa para desenvolver a componente espiritual e uma relação com o divino. Pode acontecer exatamente o inverso. Crescer com uma ideia de Deus pode levar-nos a cristalizá-la nos ritos, hábitos ou procedimentos que, a dada altura, são desajustados ou necessariamente superficiais.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This