Iniciativa do Instituto Elijah

Líderes religiosos de visita à Ucrânia

| 11 Abr 2022

Fila de refugiados em Palanca, na fronteira da Moldávia com a Ucrânia. Foto © Vincent Tremeau | UNICEF

Fila de refugiados em Palanca, na fronteira da Moldávia com a Ucrânia. Foto © Vincent Tremeau | UNICEF

 

Uma delegação de líderes religiosos inicia hoje, dia 12 de abril, uma visita histórica a campos de refugiados e à cidade de Chernivtsi, na Ucrânia. A comitiva terá representantes de várias religiões, entre as quais o Ir. Massimo Fusarelli, ministro geral da Ordem Franciscana dos Frades, o Arcebispo emérito de Canterbury, Rowan Williams, o Rabino Jonathan Wittenberg, o Grande Mufti emérito Mustafa Ceric, o Arcebispo ortodoxo Nikitas Lulias, Swami Sarvapriyananda e a Abadessa Irmã Giác Nghiêm, entre outros. 

Os líderes vão visitar vários locais na região de Chernivtsi para “mostrar amizade, oferecer conforto e compartilhar experiências de manutenção do bem-estar espiritual em circunstâncias angustiantes”, pode ler-se no comunicado enviado ao 7MARGENS. 

Um dos pontos do programa da visita será um evento público no principal teatro da cidade, onde os líderes religiosos irão estar com refugiados e outros cidadãos que foram afetados pela guerra. “As suas palavras serão acompanhadas por música ao vivo, interlúdios de instituições religiosas fora da Ucrânia, testemunhos de refugiados e interações com membros da audiência”, naquele que será, informa o comunicado, “o primeiro evento público permitido no teatro desde o início da guerra”. 

O evento é uma co-iniciativa de James Sternlicht, fundador do Departamento de Paz e do Rabino Alon Goshen-Gottstein, fundador e diretor executivo do Elijah Instituto Inter-religioso. James Sternlicht afirma que, “neste momento, num mundo tomado por profunda escuridão, devemos unir-nos para curar a humanidade”, enquanto o rabino Goshen-Gottstein sustenta que, “até onde eu sei, esta é a primeira vez que uma delegação inter-religiosa assume uma missão de amizade e solidariedade, ao entrar num país em guerra. Isso é tanto mais notável considerando o alto nível dos representantes religiosos”, refere. 

O evento no teatro de Chernivtsi terá transmissão em direto através do site http://faithinukraine.com/Stream/ , numa página que será disponibilizada para o efeito no dia.

Este instituto enviou há pouco tempo uma missiva ao Patriarca Cirilo a pedir que este interceda junto do presidente Vladimir Putin para “pedir que ele tome medidas imediatas para descalar o conflito e procurar uma solução pacífica para o mesmo”. “Estamos tristes por ver os combates, ue colocam pessoas de fé umas contra as outras. O conflito existente já teve significativas perdas de vidas, de combatentes e civis”, referia a carta, que acrescentava que “nós, líderes religiosos, somos chamados a assumir as nossas responsabilidades, em nome de Deus, o Seu povo e todas as criaturas”.

Esta missiva foi assinada por 117 responsáveis das diferentes religiões, entre as quais a Igreja Católica, com o Cardeal Christoph Schönborn, e outros responsáveis religiosos de renome, como o Dalai Lama, a juntarem-se à iniciativa.

Cartaz sobre visita de líderes religiosos à Ucrânia para estar com refugiados.

 

 

Uma Via-Sacra especial em Guimarães

23 de março

Uma Via-Sacra especial em Guimarães novidade

A música de artistas portugueses como Pedro Abrunhosa, Marisa Liz e Tiago Bettencourt integrará uma Via-Sacra especial organizada pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Guimarães, e cujas receitas reverterão para o restauro de uma capela. A iniciativa está marcada para o próximo dia 23 de março.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

23 de março

Uma Via-Sacra especial em Guimarães novidade

A música de artistas portugueses como Pedro Abrunhosa, Marisa Liz e Tiago Bettencourt integrará uma Via-Sacra especial organizada pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Guimarães, e cujas receitas reverterão para o restauro de uma capela. A iniciativa está marcada para o próximo dia 23 de março.

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Uma ativista e uma catequista à conversa com uma teóloga e um padre

Uma ativista e uma catequista à conversa com uma teóloga e um padre novidade

Georgina perguntou-se sobre como explicar a dificuldade de relação dos bispos africanos com o mundo LGBTI+, Helena congratulou-se pela presença de leigos na aula sinodal, Serena sublinhou que a participação não se limita a “fazer parte”, inclui “tomar parte”. Aconteceu no Fórum Europeu de Grupos Cristãos LGBTI+, no qual participou Ana Carvalho.

O “Boletim Cinematográfico” na Igreja em Portugal – uma memória histórica

Os primórdios do movimento cinematográfico no seio da Igreja em Portugal

O “Boletim Cinematográfico” na Igreja em Portugal – uma memória histórica novidade

Este é o breve historial de uma publicação simples na sua forma de apresentação, mas que, ao durar persistentemente cerca de cinco décadas, prestou à cultura cinematográfica e à Igreja Católica em Portugal um serviço inestimável e indelevelmente ligado ao nome de Francisco Perestrello, agora falecido.

Lopes Morgado: um franciscano de corpo inteiro

Frade morreu aos 85 anos

Lopes Morgado: um franciscano de corpo inteiro novidade

O último alarme chegou-me no dia 10 de Fevereiro. No dia seguinte, pude vê-lo no IPO do Porto, em cuidados continuados. As memórias que tinha desse lugar não eram as melhores. Ali tinha assistido à morte de um meu irmão, a despedir-se da vida aos 50 anos… O padre Morgado, como o conheci, em Lisboa, há 47 anos, estava ali, preso a uma cama, incrivelmente curvado, cara de sofrimento, a dar sinais de conhecer-me. Foram 20 minutos de silêncios longos.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This