Casos de abusos nos últimos 15 anos

Lista de padres pedófilos em Itália contém mais de 400 nomes

| 2 Fev 2023

O relatório pretende demonstrar “que o problema endémico de padres pedófilos em Itália é particularmente alarmante em comparação com outros países”. Foto © karl-fredrickson / Unsplash.

 

Nos últimos 15 anos, 164 padres foram condenados por abuso sexual de menores em Itália. A listagem divulgada em conferência de Imprensa pela organização Rete L’ABUSO no dia 1 de fevereiro foi apresentada como “um inventário incompleto” dos clérigos predadores objeto de condenações definitivas, a que se juntam 88 nomes de padres sinalizados pelas suas vítimas, mas cujos casos não foram objeto de investigação criminal por já terem prescrito os crimes de que foram acusados.

A Rete L’ABUSO foi fundada em 2010 por um grupo de vítimas de padres pedófilos em Itália que constatou as “incríveis semelhanças” existentes em todos os casos, quer por parte dos abusadores quer na reação típica das autoridades eclesiais à denúncia de abusos sexuais. No relatório agora divulgado, a organização faz ainda a compilação de 166 padres que estão a ser objeto de investigação criminal, esperam julgamento, aguardam sentença ou viram os seus processos terminarem por os crimes de que foram acusados terem, entretanto, prescrito.

Ao todo, são 418 padres cujos nomes surgem no relatório que apresenta os dados por diocese. A Rete L’ABUSO reuniu elementos que dizem unicamente respeito a abusos sexuais de menores por parte de padres (excluiu catequistas, animadores e leigos em geral) e esclarece que, apesar de conter números em profusão, o objetivo do relatório não é esse, mas sim o de “na ausência de dados governamentais” conseguir “fornecer um quadro mais amplo de conscientização” que demonstre “que o problema endémico de padres pedófilos em Itália é particularmente alarmante em comparação com outros países”.

 

Corpo de Alexei Navalny já foi entregue à mãe

Nove dias após a sua morte numa prisão russa

Corpo de Alexei Navalny já foi entregue à mãe novidade

O corpo do líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi entregue à sua mãe, informou ontem, sábado, Ivan Zhdanov, diretor da Fundação Anti-Corrupção de Navalny e um dos seus principais assessores na sua conta de Telegram. O responsável agradeceu a “todos” os que apelaram às autoridades russas para que devolvessem o corpo de Navalny à sua mãe, citado pela Associated Press.

Bispos católicos belgas vão debater sacerdotes casados e mulheres diáconos

Como preparação para a segunda sessão do Sínodo

Bispos católicos belgas vão debater sacerdotes casados e mulheres diáconos novidade

Os bispos católicos da Bélgica enviaram às dioceses e comunidades locais do seu país uma carta no dia 16 de fevereiro sugerindo a reflexão sobre dois temas ministeriais, a ordenação sacerdotal de homens casados e a instituição de mulheres diaconisas, como forma de preparação dos trabalhos da segunda sessão do Sínodo dos Bispos, que decorrerá em Roma em outubro próximo.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Cristo Cachorro, versão 2024

Cristo Cachorro, versão 2024 novidade

Invejo de morte a paixão que os cartazes da Semana Santa de Sevilha conseguem despertar. Os sevilhanos importam-se com a sua cidade, as festas e com a imagem que o cartaz projecta, se bem que com o seu quê de possessivo, mas bem melhor que a apatia. Não fossem frases como “É absolutamente uma vergonha e uma aberração” e as missas de desagravo e o quadro cartaz deste ano teria passado ao lado.

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

7MARGENS antecipa estudo

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

Ao basear-se em inquéritos junto das famílias, as estatísticas oficiais em Portugal não captam as situações daqueles que não vivem em residências habituais, como as pessoas em situação de sem-abrigo, por exemplo. E é por isso que “subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia a Cáritas Portuguesa na introdução ao seu mais recente estudo, que será apresentado na próxima terça-feira, 27 de fevereiro, na Universidade Católica Portuguesa do Porto.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This