Mais de 19 mil desalojados devido às cheias no Gan

| 3 Out 20

As cheias que atingiram o Gana nas últimas semanas já deixaram mais de 19 mil pessoas sem casa, incluindo perto de seis mil crianças. A Cáritas tem estado a socorrer as populações, através da distribuição de alimentos e outros bens, e voltou a apelar para que o problema, que se arrasta há já quase duas décadas, seja resolvido “na sua origem”, avançou esta quinta-feira, 1 de outubro, o Vatican News.

Mais de 2.500 casas foram destruídas, pelo menos sete pessoas perderam a vida e cerca de 4.500 hectares de plantações ficaram inutilizados devido às inundações. Mas “a dimensão total do desastre humanitário ainda não foi contabilizada, porque ainda existem possíveis consequências da poluição da água causada pelas cheias”, alertou o bispo Alfred Agyenta, da diocese de Navrongo-Bolgatanga, no norte do Gana, uma das mais afetadas pelas cheias.

Além das chuvas torrenciais, várias inundações neste país da África Ocidental, situado no Golfo da Guiné, têm sido provocadas por uma rutura da barragem de Bagrè, no Burkina Faso, que faz fronteira com o Gana. A barragem foi construída em 1992 e desde então que representa um risco acrescido para as populações do nordeste do Gana. O coordenador da Cáritas local, Zan Akologo, sublinhou a importância de se encontrar uma solução para o problema da barragem, que “atenuaria as consequências dos desastres naturais recorrentes”.

 

Escutar todos, com horizontes para lá das “fronteiras” da Igreja

Inquérito sobre o Sínodo

Escutar todos, com horizontes para lá das “fronteiras” da Igreja novidade

O Papa observava, no encontro sinodal com a sua diocese de Roma, no último sábado, 18, que escutar não é inquirir nem recolher opiniões. Mas nada impede que se consultem os cristãos sobre as “caraterísticas e âmbito” que “entendem dever ter a escuta que as igrejas diocesanas são chamadas a realizar, desde 17 de outubro próximo até ao fim de março-abril de 2022. Era esse o terceiro ponto da consulta feita pelo 7Margens, cujas respostas damos hoje a conhecer.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Nova estratégia de combate ao antissemitismo será apresentada em outubro

União Europeia

Nova estratégia de combate ao antissemitismo será apresentada em outubro novidade

A União Europeia (UE) deverá divulgar, no próximo mês de outubro, uma “nova estratégia de combate ao antissemitismo e promoção da vida judaica”. A iniciativa surge na sequência da disseminação do racismo antissemita em inúmeros países da Europa, associada a teorias da conspiração que culpabilizam os judeus pela propagação da covid-19, avançou esta quarta-feira, 22, o Jewish News.

Livrai-nos do Astérix, Senhor!

Livrai-nos do Astérix, Senhor! novidade

A malfadada filosofia do politicamente correcto já vai no ponto de apedrejar a cultura e diabolizar a memória. A liberdade do saber e do saber com prazer está cada vez mais ameaçada. Algumas escolas católicas do Canadá retiraram cerca de cinco mil títulos do seu acervo por considerarem que continham matéria ofensiva para com os povos indígenas.

A dança dos bispos continua em Leiria e Braga

João Lavrador deixa Açores para Viana

A dança dos bispos continua em Leiria e Braga novidade

Com a escolha de João Lavrador para a sede vacante de Viana fica agora Angra sem bispo. Mas Braga já está à espera de sucessor há dois anos, enquanto em Leiria se perspectiva a sucessão talvez até final do ano. Há bispos que querem sair de onde estão, outros não querem alguns para determinados sítios. “Com todas estas movimentações, é difícil acreditar que a nomeação de um bispo seja obra do Espírito Santo”, diz um padre.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This