Meditações de Taizé na Semana Santa: a experiência humana plena, incluindo a rejeição e a morte

| 2 Abr 2021

“Jesus veio partilhar a experiência humana plena, incluindo a rejeição, o sofrimento e a morte”, diz a irmã Clare, das irmãs de Santo André, que trabalham com a comunidade de Taizé no acolhimento a jovens e famílias, na pequena aldeia da Borgonha (França).

Nas meditações que Taizé está a propor no seu canal YouTube, durante esta Semana Santa do calendário cristão, a irmã Clare toma, para esta Sexta-Feira Santa, o texto do Evangelho Segundo Lucas (23, 33-46) que conta os últimos momentos da vida de Jesus e o diálogo com o designado “bom ladrão”.

“Ao longo de toda a sua vida, Jesus foi ao encontro daqueles que viviam à margem da sociedade, daqueles que haviam sido rejeitados por diversos motivos”, diz a irmã Clare.

“Para nós, enquanto cristãos, vemos aqui o que significa realmente a incarnação – Deus que se faz humano”, acrescenta.

O vídeo com a meditação de Sexta-Feira Santa pode ser visto a seguir (para aceder às legendas em português, clicar na roda dentada, em baixo à direita; aí, selecionar “legendas” e, depois, português):

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Um casal em 2024

Um casal em 2024 novidade

“A D. Georgina e o Senhor Amaro comentam o trânsito dos jovens, ele irritado: isto é gente de fora, do karaté ou lá o que é, daquelas coisas chinesas de dar porrada. Ela, rancorosa: pois, deixam-nos vir para cá para aprenderem a fazer-nos mal, deviam era mandá-los a todos para a terra dele”. Um texto de Nuno Caiado, baseado num episódio real testemunhado em Lisboa.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This