Nova Inglaterra

Metodistas contra “apartheid” imposto por Israel

| 13 Jun 2022

Grafiti na Faixa de Gaza. Foto © Newtown grafitti_Wikimedia Commons

 

A conferência anual da Igreja Metodista Unida da Nova Inglaterra (EUA) condenou, numa resolução aprovada no sábado 11 de junho, “o sistema de apartheid institucionalizado pelo governo israelita na Terra Santa” e pediu “ao governo dos EUA para condicionar o financiamento a Israel ao compromisso de desmantelar o seu sistema de apartheid e reconhecer todos os direitos devidos aos palestinos”.

A Igreja Metodista Unida é uma das maiores denominações protestantes nos EUA e, de acordo com a agência Religion News, que divulgou a notícia, a resolução foi aprovada por 88 por cento dos participantes na conferência anual que reúne representantes das igrejas de todos os estados da Nova Inglaterra, com exceção da metade ocidental do Connecticut.

A conferência refere na sua moção que “o apartheid é antitético à mensagem do Evangelho” e por isso exorta “todos os clérigos e leigos Metodistas Unidos a ouvirem as vozes dos palestinos sobre a sua situação” e a “unirem-se para apoiar todas as pessoas de boa vontade que buscam a justiça para todos os que habitam na Terra Santa.”

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

podcast

“Estado social: as crises são todas iguais?”

“Estará o Estado Social a definhar? Como reagiu o nosso Estado Social à crise financeira de 2010? E à pandemia? Como responderam o nosso e o dos outros? Qual das duas crises ‘infetou’ mais o Estado Social português?”

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This