"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa

| 2 Dez 2022

papa francisco em entrevista a revista America, foto America MediaAntonello Nusca

Papa Francisco, durante a entrevista à revista America. Foto © America Media / Antonello Nusca.

 

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

“O Papa Francisco pede negociações, mas também fez recentemente uma declaração incompreensível, nada cristã, colocando dois grupos étnicos da Federação Russa numa categoria da qual se podem esperar atrocidades durante ações militares”, afirmou o Serguei Lavrov. “É claro que isso não ajuda a causa e também não ajuda a autoridade da Santa Sé”, destacou o ministro, expressando a sua esperança de que tal não volte a acontecer.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

O aumento da intimidação católica

O aumento da intimidação católica novidade

A intimidação nos meios católicos está a espalhar-se por todos os Estados Unidos da América. No exemplo mais recente, a organização Word on Fire, do bispo de Minnesota, Robert Barron, ameaçou a revista Commonweal e o teólogo Massimo Faggioli por causa de um ensaio de Faggioli, “Será que o Trumpismo vai poupar o Catolicismo?”

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This