Terça, 30, ao final da tarde

Missas em Lisboa e Coimbra evocam padre José Maria Brito

| 29 Abr 2024

José Maria Brito

José Maria Brito

Duas missas, em Lisboa e Coimbra, serão celebradas nesta terça-feira, 30 de Abril, em memória e acção de graças pela vida do padre jesuíta José Maria Brito, fundador do Ponto SJ, que morreu na segunda-feira, dia 22 de abril, aos 48 anos [ver 7MARGENS]. Em Lisboa, será na igreja do Colégio São João de Brito, às 19h30, e em Coimbra no Centro Universitário Manuel da Nóbrega, a partir das 19h. Nos últimos dias, as outras cidades em que José Maria Brito exerceu o seu ministério (Braga, Porto, Évora e Beja) já tinham acolhido outras celebrações.

Os jesuítas convidam amigos e conhecidos deste padre, que teve um papel fundamental na renovação das estruturas de comunicação da Companhia de Jesus, a participar nestas celebrações “dando graças” pela sua vida, e unindo-se “em oração à sua família e aos seus companheiros jesuítas”.

José Maria Brito nasceu em Santo Ildefonso (Porto), em 8 de janeiro de 1976. Estudou jornalismo, foi animador do centro universitário dos jesuítas no Porto e entrou no noviciado da Companhia de Jesus em Setembro de 1998, fazendo os primeiros votos dois anos depois. Estudou depois filosofia em Braga, entre 2000 e 2004. Depois de dois anos em Lisboa, onde deu aulas no Colégio São João de Brito, foi estudar teologia para Madrid e, em 2009, para Boston (EUA).

Ordenado padre no dia 10 de Julho de 2010, no Colégio das Caldinhas (Santo Tirso), ficou aí a coordenar o sector social dos colégios, ao mesmo tempo que dava aulas. Em 2016 esteve alguns meses no Quénia passando, ainda nesse ano, a integrar a comunidade jesuíta no Pragal (Almada) e a colaborar nas paróquias da Margem Sul. Em 2017 fez os últimos votos em Cernache, passando no ano seguinte a residir em Lisboa, onde coordenou, durante seis anos, o Gabinete de Comunicação. Nessa qualidade iniciou o Ponto SJ, o site dos jesuítas em Portugal, e colaborou com vários meios de comunicação social.

O padre José Maria acompanhou ainda grupos das Comunidades de Vida Cristã (CVX), foi membro e presidente da Fundação Gonçalo da Silveira. Em 2020, integrou o Serviço de Protecção e Cuidado, dedicado à prevenção de abusos sexuais nas instituições dos jesuítas. Em 2022 mudou para Évora, onde trabalhou como director do Departamento da Pastoral da Família da arquidiocese.

 

Patriarca de Lisboa convida “todos” para “momento raro” na Igreja

A um mês da ordenação de dois bispos

Patriarca de Lisboa convida “todos” para “momento raro” na Igreja novidade

O patriarca de Lisboa, Rui Valério, escreveu uma carta a convocar “todos – sacerdotes, diáconos, religiosos, religiosas e fiéis leigos” da diocese para estarem presentes naquele que será o “momento raro da ordenação episcopal de dois presbíteros”. A ordenação dos novos bispos auxiliares de Lisboa, Nuno Isidro e Alexandre Palma, está marcada para o próximo dia 21 de julho, às 16 horas, na Igreja de Santa Maria de Belém (Mosteiro dos Jerónimos).

O exemplo de Maria João Sande Lemos

O exemplo de Maria João Sande Lemos novidade

Se há exemplo de ativismo religioso e cívico enquanto impulso permanente em prol da solidariedade, da dignidade humana e das boas causas é o de Maria João Sande Lemos (1938-2024), que há pouco nos deixou. Conheci-a, por razões familiares, antes de nos encontrarmos no então PPD, sempre com o mesmo espírito de entrega total. [Texto de Guilherme d’Oliveira Martins]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“Sempre pensei envelhecer como queria viver”

Modos de envelhecer (19)

“Sempre pensei envelhecer como queria viver” novidade

O 7MARGENS iniciou a publicação de depoimentos de idosos recolhidos por José Pires, psicólogo e sócio fundador da Cooperativa de Solidariedade Social “Os Amigos de Sempre”. Publicamos hoje o décimo nono depoimento do total de vinte e cinco. Informamos que tanto o nome das pessoas como as fotografias que os ilustram são da inteira responsabilidade do 7MARGENS.

“O 7 de outubro, a guerra em Gaza e as sombras da Shoah e da Nakba”

“O 7 de outubro, a guerra em Gaza e as sombras da Shoah e da Nakba” novidade

O último dia de “Reflexos e Reflexões” prometia uma tarde bem preenchida: o debate sobre “o 7 de outubro, a guerra em Gaza e as sombras da Shoah e da Nakba”, e a peça de teatro “House”, de Amos Gitai, pelo teatro La Colline. Aqui deixo uma síntese do debate, que tentei fazer com a maior fidedignidade possível, a partir dos apontamentos que fui tomando (era proibido tirar fotografias ou fazer gravações, para garantir que todos se sentiam mais livres para falar). [Texto de Helena Araújo]

Sínodo, agora, é em Roma… que aqui já acabou

Sínodo, agora, é em Roma… que aqui já acabou novidade

Em que vai, afinal, desembocar o esforço reformador do atual Papa, sobretudo com o processo sinodal que lançou em 2021? Que se pode esperar daquela que já foi considerada a maior auscultação de pessoas alguma vez feita à escala do planeta? – A reflexão de Manuel Pinto, para ler no À Margem desta semana

Nada se perde: um antigo colégio dos Salesianos é o novo centro de acolhimento do Serviço Jesuíta aos Refugiados

Inaugurado em Vendas Novas

Nada se perde: um antigo colégio dos Salesianos é o novo centro de acolhimento do Serviço Jesuíta aos Refugiados novidade

O apelo foi feito pelo Papa Francisco: utilizar os espaços da Igreja Católica devolutos ou sem uso para respostas humanitárias. Os Salesianos e os Jesuítas em Portugal aceitaram o desafio e, do antigo colégio de uns, nasceu o novo centro de acolhimento de emergência para refugiados de outros. Fica em Vendas Novas, tem capacidade para 120 pessoas, e promete ser amigo das famílias, do ambiente, e da comunidade em que se insere.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This