Moçambique: Irmãs desaparecidas regressaram “sãs e salvas”, anuncia bispo de Pemba

| 7 Set 20

Macomia, Cabo Delgado, Moçambique.

Destruição em Macomia (Cabo Delgado), no final de Maio, depois de um dos ataques terroristas que têm assolado a região. Foto: direitos reservados

 

As duas religiosas que se encontravam desaparecidas desde o último ataque de grupos armados à localidade de Mocímboa da Praia (Cabo Delgado, no Norte de Moçambique) foram libertadas e estão de regresso à sua comunidade, informou o bispo de Pemba, Luiz Fernando Lisboa, num comunicado datado de domingo, 6 de setembro, e enviado ao 7MARGENS.

“As nossas irmãs Inês e Eliane, da Congregação de São José de Chambéry, que trabalham na Paróquia de Mocímboa da Praia, após vinte e quatro dias desaparecidas, já estão novamente entre nós, sãs e salvas”, escreveu o bispo.

As religiosas, de origem brasileira, tinham sido sequestradas na sequência de um violento ataque ocorrido no passado dia 12 de agosto em Mocímboa da Praia, localidade a cerca de 350 quilómetros a norte de Pemba. As autoridades nacionais e internacionais mobilizaram-se de imediato para conseguir a libertação das duas irmãs, mas só agora as negociações deram frutos, avança a agência Fides.

As Irmãs de São José de Chambéry estão presentes na região desde 2003, tendo criado uma vasta rede de escolas e um centro social. A intensificação das ações militares na região levaram ao encerramento de diversas escolas e à concentração das atividades em Mocímboa da Praia, onde acompanham uma comunidade de cerca de 60 pessoas.

No comunicado, Luís Fernando Lisboa agradece a todos os que têm acompanhado a população de Cabo Delgado com as suas orações e solidariedade e recorda que é preciso continuar “a rezar por todos aqueles que ainda estão desaparecidos, deslocados e a sofrer as consequências da violência e da guerra” – o que inclui as dezenas de pessoas que estavam com as irmãs.

O bispo de Pemba (Moçambique), Luiz Fernando Lisboa

O bispo de Pemba (Moçambique), Luiz Fernando Lisboa. Foto © Leandro Martins/ACN Portugal

 

Direitos humanos, paz e casa comum: como se reescreve um Papa?

Ensaio

Direitos humanos, paz e casa comum: como se reescreve um Papa? novidade

As intervenções de um Papa na Assembleia Geral das Nações Unidas (AGONU) aconteceram em cinco momentos da História e resultaram de um estatuto jurídico reconhecido internacionalmente ao líder máximo da Igreja Católica, incomparável quer relativamente aos líderes das outras religiões, quer aos das nações. Isto, por si só, é relevante a nível da política e das relações internacionais.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Jornada Nacional Memória & Esperança 2021 já tem site

Homenagem às vítimas da pandemia

Jornada Nacional Memória & Esperança 2021 já tem site novidade

O site oficial da Jornada Nacional Memória & Esperança 2021, iniciativa que visa homenagear as vítimas da pandemia com ações em todo o país entre 22 e 24 de outubro, ficou disponível online esta sexta-feira, 17. Nele, é possível subscrever o manifesto redigido pela comissão promotora da iniciativa e será também neste espaço que irão sendo anunciadas as diferentes iniciativas a nível nacional e local para assinalar a jornada.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This