Audiência no Vaticano

Modi convidou Papa a visitar a Índia

| 30 Out 2021

Papa Francisco e Modi.

Modi: “Tive um encontro muito caloroso com o Papa Francisco. Tive a oportunidade de discutir muitos assuntos com ele e também o convidei a visitar a Índia”. Foto: Papa Francisco e Modi. © Vatican Media

 

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, convidou este sábado o Papa Francisco a visitar a Índia, anunciou o próprio nas suas páginas nas redes sociais, depois de uma audiência de cerca de uma hora no Vaticano.

“Tive um encontro muito caloroso com o Papa Francisco. Tive a oportunidade de discutir muitos assuntos com ele e também o convidei a visitar a Índia”, escreveu Modi no Twitter, segundo um despacho da Lusa citado pela TSF.

Narendra Modi está em Roma para participar na reunião dos países do G20, o grupo das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia. Viajará depois para Glasgow para a cimeira climática COP26, temas que provavelmente terão estado presentes na conversa com o Papa. Não será de estranhar que também as perseguições a que os cristãos têm sido sujeitos no país tenha sido um dos temas da conversa.

Segundo a mesma fonte, o Papa ofereceu ao líder indiano um medalhão de bronze com uma inscrição inspiradora antes da cimeira climática: “O deserto tornar-se-á um jardim”. Também a mensagem do Dia Mundial da Paz deste ano e encíclica Fratelli Tutti, sobre a fraternidade humana. Modi, por sua vez, ofereceu um candelabro de prata e um livro sobre o compromisso do país para com o ambiente.

Maioritariamente hindu, a Índia tem sofrido nos últimos anos tensões religiosas, que vários relatórios internacionais atribuem ao exacerbar do nacionalismo hindu, uma das marcas do Partido do Povo Indiano (BJP), liderado por Modi, que foi criado em 1980. Modi é primeiro-ministro desde 2014 e foi reeleito em 2019.

A Índia recebeu já as visitas dos papas Paulo VI (em 1964, motivando aliás reacções de Salazar e da ditadura deo Estado Novo em Portugal) e de João Paulo II (em 1986 e 1999).

 

Judeus do Partido Trabalhista atacam política de Israel

Reino Unido

Judeus do Partido Trabalhista atacam política de Israel novidade

Glyn Secker, secretário da Jewish Voice For Labor – uma organização que reúne judeus membros do Partido Trabalhista ­–, lançou um violento ataque aos “judeus que colocam Israel no centro da sua identidade” e classificou o sionismo como “uma obscenidade” ao discursar no dia 10 diante de Downing Street, durante um protesto contra os ataques de Israel na faixa de Gaza.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, numa carta lida nas cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

Mar Egeu: dezenas de pessoas desaparecidas em naufrágio

Resgatadas 29 pessoas

Mar Egeu: dezenas de pessoas desaparecidas em naufrágio

Dezenas de pessoas estão desaparecidas depois de um barco ter naufragado no mar Egeu, na quarta-feira, ao largo da ilha grega de Cárpatos, divulgou a ACNUR. A embarcação afundou-se ao amanhecer, depois de da costa sul da vizinha Turquia, em direção a Itália. “Uma grande operação de busca e resgate está em curso.”

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This