Ano da Hégira

Muçulmanos entram no Ano Novo de 1443 e no mês de Muharram

| 9 Ago 21

Interior da basílica de Hagia Sophia, hoje uma mesquita. Foto © Ricardo Perna

 

O Novo Ano Islâmico começou nesta segunda-feira, 9 de Agosto: 1443 é o novo ano da Hégira, cuja era foi inaugurada com o episódio da saída do Profeta de Meca para Medina, em 622 EC (Era Comum).

O Ano Novo Islâmico começa com o primeiro luar do mês de Muharram, ocasião em que os muçulmanos lembram, todos os anos, como o Profeta Muhammad (Maomé) migrou de Meca com os seus companheiros para a cidade de Medina. Nas Reflexões Islâmicas da revista Al Furqán, publicadas neste dia 1 de Muharram, faz-se notar que o Profeta dos muçulmanos “foi um refugiado, um migrante, sofreu dificuldades e dores”, acrescentando-se que, “com essa experiência, a comunidade que olhamos todos os dias, nasceu como exemplo”.

A publicação dirigida por Yiossuf Adamgy apresenta um conjunto de “maneiras fáceis” de aproveitar os benefícios de Muharram, considerado o mês da libertação:

“– Diga mais Salaam! Esta é a saudação do Profeta (s.a.w. – a paz esteja com ele) e do povo do Paraíso, e uma acção tão simples pode colher inúmeras recompensas e perdão.

– Sorria para todos. Esta acção simples vai pesar muito na balança durante o mês de Muharram.

– Dê Sadaqah (caridade) regular. Muharram é o início do Ano Novo islâmico, então é o momento perfeito para tomar decisões e estabelecer bons hábitos que você pode colher os frutos do ano todo.

– Melhore a sua saúde comendo melhor, fazendo mais exercícios e tendo uma boa rotina de sono. Sim, cuidar da sua saúde também é uma acção recompensadora – o seu corpo é uma amanah (confiança) de Alá! Fazer algumas mudanças no estilo de vida pode gerar inúmeras recompensas.

– Procure o perdão. Visto que os pecados são mais pesados no Muharram, você deve pedir perdão o mais rápido possível durante este mês.

– Leia mais o Alcorão. É óbvio que sempre é colocado nessas listas – mas é a maneira perfeita de se aproximar de Deus durante este mês incrível! A melhor maneira de fazer isso é comprometer-se com apenas 10-15 minutos por dia; estabeleça um horário e seja disciplinado! Com sorte, você cumprirá a resolução de Ano Novo se estabelecer o bom hábito.”

 

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser.

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser. novidade

A homenagem aos que perderam as suas vidas nesta pandemia é uma forma de reconhecermos que não foram só os seus dias que foram precoce e abruptamente reduzidos, mas também que todos nós, os sobreviventes, perdemos neles um património imenso e insubstituível. Só não o perderemos totalmente se procurarmos valorizá-lo, de formas mais ou menos simbólicas como é o caso da Jornada da Memória e da Esperança deste fim-de-semana, mas também na reflexão sobre as nossas próprias vidas e as das gerações que nos sucederão.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã

Jornada da Memória e da Esperança

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã novidade

A Assembleia da República (AR) manifestou o seu apreço pela Jornada de Memória e Esperança, que decorre neste fim-de-semana em todo o país, através de um voto de solidariedade com as vítimas de covid-19 e com as pessoas afectadas pela pandemia, bem como com todos os que ajudaram no seu combate, com destaque para os profissionais de saúde.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This