Replicado nas paróquias de Cascais

Mural dedicado à JMJ Lisboa 2023 é reconhecido como o maior do mundo

| 4 Jun 2024

Inauguração de mural alusivo ao Papa na paróquia de Tires, Cascais, 2 junho 2024. Foto Município de Cascais

Uma das nove réplicas do mural, a ser benzida pelo padre Andrew Prince, da paróquia de Nossa Senhora da Graça, em Tires, no passado dia 2. Foto © Município de Cascais

 

Acaba de ser inaugurada, na paróquia de Tires (diocese de Lisboa), uma réplica do mural pintado “por mais de 3.500 pessoas da comunidade de Cascais”, com “3,5 quilómetros de comprimento”, “alusivo à visita do Papa Francisco a Cascais”, que ocorreu no passado dia 3 de agosto, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude. De acordo com o município de Cascais, esse trabalho artístico “bateu recordes, sendo agora reconhecido como o maior mural do mundo”, e todas as nove paróquias da vigararia irão ter a sua réplica.

A última pincelada do mural original foi dada pelo próprio Papa Francisco, durante a sua visita a Cascais, “com a cor verde, símbolo da esperança para um mural que é uma expressão do encontro de múltiplas realidades distintas, com o tema ‘A vida entre mundos | Habitar a terra como obra de arte’”.

Segundo o município português, cada réplica “terá grande significado por perpetuar o momento histórico para o concelho que foi a Jornada Mundial da Juventude que culminou com o facto de ter sido a primeira vez que Cascais acolheu o Santo Padre, nos seus 660 anos de história”. O mural que se encontra no espaço exterior da Igreja Paroquial Nossa Senhora da Graça foi produzido pela Viúva Lamego, uma fábrica de azulejo português, e a sua inauguração teve lugar no último domingo, 2 de junho.

Nuno Piteira Lopes, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, destaca a importância deste mural, que conta com o contributo de “mais de 110 instituições” de Cascais, incluindo creches e lares. “Acredito numa comunidade que integre todas as gerações porque todas as gerações fazem parte do presente e juntas são capazes de construir um futuro melhor. Este mural simboliza precisamente essa comunidade coesa, solidária e unida num mesmo propósito. E é essa comunidade que queremos para Cascais”, disse o autarca.

O mural foi benzido pelo padre Andrew Prince, da paróquia de Nossa Senhora da Graça, em Tires, que recordou que “na Igreja há lugar para todos”, uma mensagem inclusiva que “está bem patente neste mural”.

 

Texto redigido por Juliana Batista/revista Fátima Missionária, ao abrigo da parceria com o 7MARGENS.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Festival D’ONOR: a cultura com um pé em Portugal e outro em Espanha

Este fim de semana

Festival D’ONOR: a cultura com um pé em Portugal e outro em Espanha novidade

Está de regresso, já a partir desta sexta-feira, 19 de julho, o evento que celebra a cooperação transfronteiriça e a herança cultural de duas nações: Portugal e Espanha. Com um programa “intenso e eclético”, que inclui música, dança, gastronomia e outras atividades, o Festival D’ONOR chega à sexta edição e estende-se, pela primeira vez, às duas aldeias.

Bonecos de corda e outras manipulações

Bonecos de corda e outras manipulações novidade

“Se vivermos em função do loop que as redes sociais e outros devoradores de dados nos apresentam, do tipo de necessidades que vão alimentando e das opiniões e preconceitos que vão fabricando, vivemos uma fraca vida. Essa será, sem dúvida, uma vida de prazo expirado, por mais que o dispositivo seja de última geração e as atualizações estejam em dia.” – A reflexão de Sara Leão

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This