[Mãos à obra]

Música para adormecer os mais velhos em Leiria

| 3 Mai 2022

Raquel Gomes e David Ramy levam os seus instrumentos e a sua música aos mais idosos. Foto © Direitos Reservados

Raquel Gomes e David Ramy levam os seus instrumentos e a sua música aos mais idosos. Foto © Direitos Reservados

 

 

Adormecer vai ser mais fácil e mais tranquilizante para os idosos que vivem em instituições de cinco concelhos da região de Leiria. A Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP) lançou o projeto “Serão com Avós“, para “embalar” os mais velhos.

À noite não haverá conversa, mas poesia e música quando for hora de adormecer. Segundo a coordenadora de projetos da SAMP, Raquel Gomes, o objetivo é que seja um processo tranquilizador, tanto para os idosos como para os seus cuidadores.

Em cada instituição vão realizar-se três sessões artísticas, quando os idosos já se encontrarem nas suas camas, mesmo antes de adormecer.

“Serão com Avós” é um “projeto de intervenção através da arte” que pretende proporcionar momentos de fruição artística de qualidade antes e durante o adormecer dos intervenientes, promovendo um estado de relaxamento necessário, acalentando o sono”, refere uma nota da SAMP.

O projeto vai ser desenvolvido este ano em dez instituições, lares ou unidades de cuidados continuados, de Leiria, Marinha Grande, Pombal, Porto de Mós e Ourém.

A ideia surgiu na sequência do programa da SAMP dedicado à terceira idade e cuidados paliativos, “Novas Primaveras”. Em conversa com alguns dos intervenientes, os promotores de “Serão com Avós” perceberam que o momento que antecede o sono “é, por vezes, algo tenso, sendo que a maioria das pessoas se encontra num estado de maior sensibilidade, no qual o medo da morte, a solidão e até certas memórias perturbam a qualidade do sono”.

Tendo em conta que esta inquietação se verifica, sobretudo, entre as pessoas idosas, decidiu-se utilizar a música, “para proporcionar momentos de tranquilidade e amenizar todo o processo”.

Vão também realizar-se vários momentos artísticos logo de manhã, a “Alvorada”, ocasião de convívio entre os idosos, os seus cuidadores e os profissionais artísticos.

Mais tarde, pretende-se avaliar o impacto destas ações, de forma a perceber quais os seus benefícios.

“Serão com Avós” foi uma das propostas selecionadas para receber financiamento da Câmara de Leiria, ao abrigo da Rede Cultura 2027.

O projeto tem o apoio do Município de Leiria e como parceiros o Sport Operário Marinhense e a Ala D’Artistas – Associação Cultural e Artística.

 

Os confins da fenomenologia

Emmanuel Falque na Universidade de Coimbra novidade

Reflectir sobre os confins da fenomenologia a partir do projecto filosófico de Emmanuel Falque é o propósito da Jornada Internacional de Estudos Filosóficos, “O im-pensável: Nos confins da fenomenalidade”, que decorrerá quinta-feira, dia 26 de Maio, na Universidade de Coimbra (FLUC – Sala Vítor Matos), das 14.00 às 19.00. O filósofo francês intervirá no encerramento da iniciativa.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“A grande substituição”

[Os dias da semana]

“A grande substituição” novidade

Outras teorias da conspiração não têm um balanço igualmente inócuo para apresentar. Uma delas defende que estamos perante uma “grande substituição”; não ornitológica, mas humana. No Ocidente, sustentam, a raça branca, cristã, está a ser substituída por asiáticos, hispânicos, negros ou muçulmanos e judeus. A ideia é velha.

Humanizar não é isolar

Humanizar não é isolar novidade

É incontestável que as circunstâncias de vida das pessoas são as mais diversas e, em algumas situações, assumem contornos improváveis e, muitas vezes, indesejáveis. À medida que se instalam limitações resultantes ou não de envelhecimento, alguns têm de habitar residências sénior, lares de idosos, casas de repouso,…

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This