Semana da unidade dos cristãos

Na Terra Santa o ecumenismo é uma realidade

| 18 Jan 2022

basilica da natividade dreitos reservados

Basílica da Natividade, em Belém. Foto: Direitos reservados

 

A Terra Santa “é o lugar onde as comunidades cristãs estão mais próximas da unidade”, afirmou Francesco Patton, padre franciscano responsável pelos locais santos da Palestina, ao Vatican News desta terça-feira, 18 de janeiro. “Na Terra Santa falamos menos sobre a teoria do ecumenismo e praticamos mais a unidade” – salientou Patton a propósito da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que decorre entre 18 e 25 de janeiro.

Numa entrevista conduzida pelo jornalista Alessandro Di Bussolo, Patton recordou o dia 6 de janeiro como um exemplo concreto dessa unidade: “Naquele dia, praticamente todas as Igrejas do Oriente e do Ocidente reúnem-se em torno da manjedoura em que Maria colocou o Menino Jesus. Há os que celebram a Epifania e os que começam a celebrar o Natal. Seria bom mostrar essa imagem para que as pessoas entendessem como naquela gruta, no meio de uma aparente confusão, há um exemplo de unidade cristã.”

O responsável franciscano descreveu ainda outro exemplo de cristãos trabalhando juntos no Médio Oriente – neste caso, na Síria e contando também com a ajuda de muçulmanos – a favor dos órfãos de Alepo, vítimas da guerra, para lhes dar “um nome e um futuro” que lhes estava vedado por terem ficado sem pai e, portanto, não poderem legalmente registar a sua identidade. A paróquia franciscana local trabalhou com o bispo e o mufti muçulmano local, xeque Mahmud Akkam, para “ajudar crianças e jovens a superar o trauma causado por durante muitos anos estarem imersos numa guerra que trouxe destruição, ódio e devastação. Tudo isso são sinais da fraternidade possível em nome do bem da pessoa humana e dos últimos dos últimos entre nós”.

O Papa Francisco encerra, na tarde de dia 25 de janeiro, a Semana de Oração celebrando vésperas na Basílica de São Paulo Fora dos Muros, em Roma, com a presença de representantes de várias Igrejas e comunidades cristãs. O tema, proposto pelo Conselho das Igrejas do Médio Oriente [Beirute, Líbano], para a semana deste ano é “Vimos a Sua estrela no Oriente e viemos prestar-Lhe homenagem”.

 

Guerra e Paz: angústias e compromissos

Um ensaio

Guerra e Paz: angústias e compromissos novidade

Este é um escrito de um cristão angustiado e desorientado, e também com medo, porque acredita que uma guerra devastadora na Europa é de alta probabilidade. Quando se chega a este ponto, é porque a esperança é já pequena. Manda a consciência tentar fazer o possível por evitar a guerra e dar uma oportunidade à paz. — ensaio de Nuno Caiado

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This