Nas redes sociais

#NãoPodias, uma campanha para mostrar aos jovens o que mudou com o 25 de Abril

| 14 Abr 2023

Campanha #NãoPodias assinala 50 Anos do 25 de Abril

Nem todos podiam votar, expressar-se, e muito menos ter uma opinião contrária à do Governo, – assinala a nova campanha – recordando também que só depois do 25 de Abril passou a haver total liberdade de circulação, de reunião e de associação.

 

Há 50 anos, a lista de proibições era longa e algumas delas podem parecer inconcebíveis aos olhos de quem nasceu em democracia. Assim, “para assinalar 50 anos de Liberdade e Democracia”, a Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril acaba de lançar a Campanha #NãoPodias, uma iniciativa que “apela aos mais jovens para que não deem a Liberdade por adquirida, desafiando-os a escolherem uma de várias proibições impostas aos portugueses durante a ditadura e a partilharem essa informação e as suas reflexões nas plataformas digitais”.

Nem todos podiam votar, expressar-se, e muito menos ter uma opinião contrária à do Governo, – assinala a campanha – recordando também que só depois do 25 de Abril passou a haver total liberdade de circulação, de reunião e de associação. Foi ainda a revolução que “restituiu aos portugueses direitos fundamentais, como o acesso à Justiça” e que abiu caminho à criação do Serviço Nacional de Saúde (SNS), “que garante o acesso a cuidados de saúde por parte de todos os cidadãos, independentemente da sua condição económica e social”.

A Comissão selecionou estas e outras mudanças, e elaborou uma explicação sobre cada uma, disponibilizando recursos visuais para ilustrá-las. O objetivo é chegar aos jovens e conseguir que estes sejam também “parte ativa nestas comemorações”, revela Maria Inácia Rezola, Comissária-executiva, em comunicado enviado ao 7MARGENS.“Os 50 anos do 25 de Abril são uma oportunidade para refletirmos e debatermos ideias sobre os próximos 50 anos de liberdade e democracia, e os mais jovens são imprescindíveis nessa discussão. Por isso, criámos uma iniciativa à medida destes públicos”, acrescenta.

Além da componente digital – presente no site da Comissão e nas redes sociais, com os hashtags #NãoPodias e #50anos25deAbril – esta campanha irá também materializar-se num ciclo de três conversas, incluído no âmbito do Festival 2504, com o qual a Comissão vai assinalar o 49.º aniversário da Revolução. As conversas irão decorrer nos dias 22, 23 e 24 de abril, no Palácio Baldaya, em Benfica (onde está patente «Amílcar Cabral, uma Exposição»), num registo informal, e terão a duração aproximada de uma hora. A entrada é livre.

Ortodoxos denunciam imoralidade do conluio de Cirilo com Putin e a sua guerra

Carta nos dois anos da guerra na Ucrânia

Ortodoxos denunciam imoralidade do conluio de Cirilo com Putin e a sua guerra novidade

No momento em que passam dois anos sobre a invasão russa e o início da guerra na Ucrânia, quatro académicos do Centro de Estudos Cristãos Ortodoxos da Universidade de Fordham, nos Estados Unidos da América, dirigiram esta semana uma contundente carta aberta aos líderes das igrejas cristãs mundiais, sobre o papel que as confissões religiosas têm tido no conflito.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Sessões gratuitas

Sol sem Fronteiras vai às escolas para ensinar literacia financeira

Estão de regresso as sessões de literacia financeira para crianças e jovens, promovidas pela Sol sem Fronteiras, ONGD ligada aos Missionários Espiritanos, em parceria com o Oney Bank. Destinadas a turmas a partir do 3º ano até ao secundário, as sessões podem ser presencias (em escolas na região da grande Lisboa e Vale do Tejo) e em modo online no resto do país.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This