“Viagem a Portugal do século XIX”

Nélida Piñon apresenta novo livro no CCB, em Lisboa

| 5 Dez 2021

“Nasci no século XIX, no Norte de Portugal, e não sei o que significa ser parte desta nação. Que benefícios os reis, assentados no trono, de diversas linhagens, nos concederam além de agrilhoar o povo aos seus caprichos. Esta turba de sangue real ainda não decretou a verdadeira abolição da escravatura, aquela ocorrida em 1869. Eu, porém, decidi contar minha história, a falar para o ar, no dia primeiro de novembro, mês que coincide com o terremoto de Lisboa.”

É desta forma que se inicia a história de Mateus, camponês do século XIX que decide abandonar a terra e o arado e partir até Sagres, à procura do túmulo do infante D. Henrique. Este é o argumento do novo livro de Nélida Piñon, Um Dia Chegarei a Sagres, da escritora brasileira de ascendência galega, e uma das maiores escritoras de língua portuguesa. O livro será apresentado nesta segunda-feira, 6 de Dezembro, no Centro Cultural de Belém, a partir das 18h30, pela escritora Inês Pedrosa.

Autora de uma vasta obra – desde A República dos Sonhos até Vozes do Deserto, passando por A Doce Canção de Caetana ou Uma Furtiva Lágrima (todos editados em Portugal pela Temas e Debates/Círculo de Leitores) – Nélida Piñon “faz ecoar toda a tradição da literatura portuguesa: a grandeza de Portugal cantada por Camões em Os Lusíadas; a convocação de Fernando Pessoa em Mensagem para que o país readquira tal grandeza; a história dos anónimos, frequentemente esquecidos pelos livros de história, mas que são responsáveis pela manutenção de uma pátria, na esteira de José Saramago, em Memorial do Convento”, escreve Guilherme Stumpf na revista Amálgama.

A vencedora do Prémio Príncipe de Astúrias leva-nos, neste romance, pela mão de Mateus, “por uma viagem ao Portugal profundo do século XIX, nomeando as suas terras, os rios, as montanhas, a vastidão do Atlântico, evocando os seus escritores maiores”, diz a síntese do livro, que a editora sugere como “uma análise atenta e perspicaz ao esplendor e à decadência de Portugal – com as suas contradições e injustiças sociais – e uma homenagem belíssima à tradição literária e cultural portuguesa”.

Nélida Piñon foi a primeira mulher a presidir à Academia Brasileira de Letras, venceu alguns dos principais prémios de literatura em língua portuguesa e escreveu este livro durante uma estadia de mais de um ano em Portugal.

A entrada na sessão é livre, mas a lotação da sala é limitada e sujeita às regras em vigor no contexto da pandemia.

 

“Trabalho digno” é o “caminho para a paz e justiça social”, defende MMTC

Mensagem e conferência online

“Trabalho digno” é o “caminho para a paz e justiça social”, defende MMTC novidade

“Num mundo em conflito, com profundas desigualdades e ambientalmente insustentável, o trabalho digno representa o caminho para a paz e a justiça social”, defende o Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos, na véspera do Dia Internacional pelo Trabalho Digno, que se assinala  a 7 de outubro. A mensagem foi divulgada em Portugal pela Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos, nesta quinta-feira, 6, data em que dinamiza, pelas 21 horas, uma videoconferência subordinada ao tema “Trabalho digno para todos”.

Responsáveis religiosos contra desalojamento de comunidade mapuche

Argentina

Responsáveis religiosos contra desalojamento de comunidade mapuche novidade

Os líderes de diferentes Igrejas cristãs de Bariloche (cidade na região da Patagónia Argentina) apelaram esta quarta-feira, 5, à busca de vias de diálogo e de paz, depois de no dia anterior as forças policiais federais terem iniciado uma operação de desalojamento de uma comunidade indígena mapuche, recorrendo ao uso de gás lacrimogéneo e balas de borracha, e que resultou na detenção de pelo menos dez pessoas, entre elas uma mulher grávida e cinco menores.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Dia 4 de outubro

Filme “A Carta” exibido em Campo de Ourique

O documentário “A Carta” que relata a história da Encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco vai ser exibido no auditório da Escola de Hotelaria e Turismo na terça-feira, dia 4 de outubro, às 21h15.

Bispo Bätzing “impede” visita do cardeal Koch à Alemanha

Em causa disputa sobre o Caminho Sinodal alemão

Bispo Bätzing “impede” visita do cardeal Koch à Alemanha novidade

O cardeal Kurt Koch, prefeito do Dicastério para a Unidade dos Cristãos, cancelou a sua visita à Alemanha, depois do bispo Georg Bätzing, presidente da Conferência Episcopal daquele país, ter dito que ele não seria bem-vindo enquanto não tornasse público um pedido de desculpas pelas afirmações feitas no final de setembro contra o Caminho Sinodal alemão, noticia o jornal católico The Pillar na sua edição de 3 de outubro.

Silêncio: devolver à vida a sua beleza

Livro de oração

Silêncio: devolver à vida a sua beleza novidade

Será um passo paradoxal falar do silêncio: afinal, ele será rompido para que dele se fale. Mas sabemos, na nossa experiência quotidiana, como a ausência de reflexão pode ser sinónimo, não de silêncio, mas de um adormecimento nos ruídos, distrações e imagens que constantemente nos interpelam.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This