Poema inédito

Nem vencidos nem vencedores

| 25 Ago 21

caminho peregrinos Santiago foto direitos reservados

“Fazemos caminho pelo próprio pé, reconhecendo-nos no abandono.” Foto: Direitos reservados.

 

Nem vencidos nem vencedores
Apenas nos ouvimos por dentro
E entre os tremores e temores
Escutamos o clamor do nosso tempo

Acreditamos para além da fé
Agora que a esperança já não tem dono
e fazemos caminho pelo próprio pé
reconhecendo-nos no abandono

Não esquecemos donde vimos
Os vários montes da história
E é por amar o amor que sentimos
Que devemos reanimar a memória

Juntos ou sós queremos vislumbrar
Um mundo de boa vontade
E outras melodias sagradas criar
Sendo cristãos na unidade

Liomarevi (pseudónimo literário), 20 de agosto de 2021

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“A longa viagem começa por um passo”, recriemos…

“A longa viagem começa por um passo”, recriemos… novidade

Inicio o meu quarto ano de uma escrita a que não estava habituada, a crónica jornalística. Nos primeiros três anos escrevi sobre a interculturalidade. Falei sobre o modo como podemos, por hipótese, colocar as culturas moçambicanas e portuguesa a dialogarem. Noutras vezes, inclui a cultura judaica, no diálogo com essas culturas. De um modo geral, tenho-me questionado sobre a cultura, nas suas diferentes manifestações: literatura, costumes, comportamentos sociais, práticas culturais, modos de ser, de estar e de fazer.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This