União Europeia

Nova estratégia de combate ao antissemitismo será apresentada em outubro

| 22 Set 21

antissemitismo judeus Foto Jewish Funders Network

Um dos focos da nova estratégia será a educação dos cidadãos sobre o Holocausto e os judeus em geral. Foto © Jewish Funders Network.

 

A União Europeia (UE) deverá divulgar, no próximo mês de outubro, uma “nova estratégia de combate ao antissemitismo e promoção da vida judaica”. A iniciativa surge na sequência da disseminação do racismo antissemita em inúmeros países da Europa, associada a teorias da conspiração que culpabilizam os judeus pela propagação da covid-19, avançou esta quarta-feira, 22, o Jewish News.

“A rapidez com que [o antissemitismo] explodiu foi realmente chocante”, afirmou Katharina von Schnurbein, coordenadora da UE no combate ao antissemitismo. A responsável referiu que o crescimento se verificou sobretudo online e que, na sua origem, esteve também o mais recente conflito militar entre Israel e os palestinianos.

Um dos focos da nova estratégia será a educação dos cidadãos sobre o Holocausto e os judeus em geral, como forma de combater a tendência de diminuição do conhecimento sobre o tema nos países da UE, à medida que os sobreviventes vão desaparecendo.

O novo documento deverá ainda expressar preocupação com o facto de apenas três países da UE terem neste momento estratégias nacionais para combater o antissemitismo, apesar de um acordo em 2018 ter definido que todos os Estados-membros deveriam adotar uma.

Segundo o Jewish News, a estratégia deverá ser lançada a 13 de outubro, durante uma conferência em Malmo (Suécia) sobre a memória do Holocausto e o combate ao antissemitismo.

 

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser.

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser. novidade

A homenagem aos que perderam as suas vidas nesta pandemia é uma forma de reconhecermos que não foram só os seus dias que foram precoce e abruptamente reduzidos, mas também que todos nós, os sobreviventes, perdemos neles um património imenso e insubstituível. Só não o perderemos totalmente se procurarmos valorizá-lo, de formas mais ou menos simbólicas como é o caso da Jornada da Memória e da Esperança deste fim-de-semana, mas também na reflexão sobre as nossas próprias vidas e as das gerações que nos sucederão.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã

Jornada da Memória e da Esperança

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã novidade

A Assembleia da República (AR) manifestou o seu apreço pela Jornada de Memória e Esperança, que decorre neste fim-de-semana em todo o país, através de um voto de solidariedade com as vítimas de covid-19 e com as pessoas afectadas pela pandemia, bem como com todos os que ajudaram no seu combate, com destaque para os profissionais de saúde.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This