Nomeação de D. José Ornelas é oficial

Novo bispo de Leiria-Fátima toma posse a 13 de Março

| 28 Jan 2022

D. José Ornelas no Santuário de Fátima. Foto © Santuário de Fátima

D. José Ornelas no Santuário de Fátima. Foto © Santuário de Fátima.

 

Foi com “emoção, alegria e esperança” que o agora bispo nomeado de Leiria-Fátima acolheu a sua escolha para a nova diocese, onde substituirá o cardeal António Marto. Até agora bispo de Setúbal, D. José Ornelas tomará posse da nova diocese no dia 13 de Março, a um ano e pouco de completar o seu mandato de presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), cargo para o qual pode ser reeleito.

A notícia, que o 7MARGENS antecipara na terça-feira, foi tornada oficial às 11h desta sexta-feira, 28, pelo Vaticano. O até agora bispo de Leiria-Fátima, cardeal António Marto, pediu a resignação por completar em 5 de Maio próximo os 75 anos. “Ao aproximar-se a idade que o direito canónico estabelece como limite destas funções e consciente também de maior limite das forças físicas e anímicas para exercer adequadamente o cargo, face às exigências pastorais da Diocese e do Santuário de Fátima”, refere o cardeal, apresentou ao Papa o pedido de renúncia.

O facto de a escolha ter recaído sobre o actual presidente da CEP manifesta o relevo que a diocese de Leiria-Fátima tem adquirido na Igreja em Portugal, nomeadamente desde que António Marto foi nomeado, em 2006. Ao mesmo tempo, ambos – o cardeal e o presidente da CEP – estiveram juntos no objectivo de levar o episcopado a aceitar a ideia de uma comissão independente para estudar os abusos sexuais do clero.

Na sua saudação à nova diocese, o bispo José Ornelas dirige-se a todos os católicos de Leiria-Fátima, afirmando, citado pela agência Ecclesia: “Juntos procuraremos escutar o chamamento de Deus a toda a Igreja, convocada para um caminho sinodal de escuta, comunhão participada e missão.”

Tendo em conta que a diocese para onde vai inclui um dos mais importantes centros católicos de peregrinação do mundo, o bispo dirige ainda uma palavra específica aos que trabalham no Santuário de Fátima, nomeadamente o reitor, padre Carlos Cabecinhas: “Aprendamos a ser uma Igreja cuidadora de todos, especialmente dos mais pequenos e frágeis.”

O até agora bispo de Leiria-Fátima, cardeal António Marto, enaltece o “dinamismo missionário duma Igreja próxima e em saída, capaz de tomar decisões corajosas e inovadoras, na linha do propósito de renovação do Papa Francisco”, que caracteriza o seu sucessor agora nomeado. “É um bispo com ‘o cheiro das ovelhas’, de uma relação próxima e afável com o povo fiel de Deus, leigos, padres e membros da vida consagrada, aberto ao diálogo ecuménico e inter-religioso como também aos não crentes”, acrescenta, dizendo ainda que se trata de “uma personalidade reconhecida e muito estimada na sociedade civil e na Igreja”.

Numa outra mensagem, também o reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, agradece ao cardeal Marto a “dedicação que teve para com o Santuário de Fátima e para com os seus peregrinos” e dá as boas-vindas ao novo bispo.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This