Balanço de atividade

Num ano, Grupo Vita recebeu 98 vítimas de abusos e 32 pediram compensação financeira

| 20 Mai 2024

Grupo Vita, abusos sexuais

Apresentação do primeiro relatório sobre abusos sexuais na Igreja, a 12 de dezembro de 2023. O segundo será apresentado a 18 de junho. Foto © Ecclesia/MC

 

A dois dias de completar um ano de funcionamento, o Grupo Vita faz um balanço da sua atividade: recebeu pedidos de ajuda de “um total de 98 vítimas de violência sexual no contexto da Igreja Católica em Portugal”, tendo realizado 60 atendimentos (presenciais ou online). De acordo com uma nota enviada aos jornalistas esta segunda-feira, 20 de maio, há atualmente 18 pessoas a receber acompanhamento psicológico regular e 32 vítimas fizeram já saber que pretendem receber uma compensação financeira.

A maior parte das vítimas são “adultas que vivenciaram a situação abusiva há algumas décadas”, detalha o comunicado. Quanto aos pedidos de compensação financeira, o Grupo Vita assinala que estes “poderão ser formalizados entre junho e dezembro de 2024, de acordo com critérios a anunciar brevemente”.

A nota sublinha ainda que o grupo prossegue “a realização de ações de sensibilização e capacitação das diversas estruturas da Igreja, tendo abrangido, até ao momento, cerca de 1300 pessoas neste contexto. O Roteiro pelas Dioceses iniciou-se este ano pela Arquidiocese de Évora, estando já previstas ações em Vila Real, Portalegre e Funchal”.

O segundo relatório de atividades do grupo será apresentado no próximo dia 18 de junho, pelas 14h30, em Fátima, num “evento público”. Recorde-se que o primeiro foi apresentado em dezembro do ano passado [ver 7MARGENS].

O organismo da Igreja adianta ainda que esta terça-feira, 21 de maio, será recebido pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. “Neste encontro, que se reveste de especial importância, o Grupo Vita pretende partilhar aquele que tem sido o seu trabalho ao longo do primeiro ano de funcionamento, bem como reforçar a importância da criação de uma Estratégia Nacional de Prevenção da Violência Sexual em Portugal”, pode ler-se na nota à imprensa.

O Grupo Vita pode ser contactado através da linha de atendimento telefónico (91 509 00 00) ou do formulário para sinalizações, disponível no site www.grupovita.pt.

 

Guerra e Paz: angústias e compromissos

Um ensaio

Guerra e Paz: angústias e compromissos novidade

Este é um escrito de um cristão angustiado e desorientado, e também com medo, porque acredita que uma guerra devastadora na Europa é de alta probabilidade. Quando se chega a este ponto, é porque a esperança é já pequena. Manda a consciência tentar fazer o possível por evitar a guerra e dar uma oportunidade à paz. — ensaio de Nuno Caiado

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados novidade

Estou na Calábria com vista para a Sicília e o vulcão Stromboli ao fundo. Reunião de Coordenadores das Redes Internacionais do Graal. Escolhemos reunir numa propriedade de agroturismo ecológico, nas escarpas do mar Jónio, da antiga colonização grega. Na Antiguidade, o Mar Jónico foi uma importante via de comércio marítimo.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This