o Deus que nos chama a ressuscitar vivos

| 5 Nov 22

breve comentário aos textos bíblicos lidos em comunidade | Domingo XXXII do Tempo Comum C | Hospital de Santa Marta, Lisboa, 5 de Novembro de 2022.

António Pedro Monteiro | e-mail

últimos episódios

pode o desejo

pode o desejo

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo I do Advento A. Hospital de Santa Marta, Lisboa, 26 de Novembro de 2022.

servos como o rei

servos como o rei

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, na Solenidade de Cristo Rei, Domingo XXXIV do Tempo Comum C. Hospital de Santa Marta, Lisboa, 19 de Novembro de 2022.

pode o dia de hoje

pode o dia de hoje

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo XXXIII do Tempo Comum C. Hospital de Santa Marta, Lisboa, 12 de Novembro de 2022.

Bispos denunciam “prisão injustificada e ilegal” de dois padres em Donetsk

Igreja Greco-Católica Ucraniana

Bispos denunciam “prisão injustificada e ilegal” de dois padres em Donetsk novidade

Os bispos da Igreja Greco-Católica da Ucrânia (UGCC) pedem a “libertação imediata” dos dois padres detidos na semana passada de forma “injustificada e ilegal” pelas tropas russas em Berdyansk, na região de Donetsk, acusados de atividade “subversiva” e “guerrilheira”. 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Bahrein

Descoberto mosteiro cristão sob as ruínas de uma mesquita

Há quem diga que este é o “primeiro fruto milagroso” da viagem apostólica que o Papa Francisco fez ao Bahrein, no início de novembro. Na verdade, resulta de três anos de trabalho de uma equipa de arqueólogos locais e britânicos, que acaba de descobrir, sob as ruínas de uma antiga mesquita, partes de um ainda mais antigo mosteiro cristão.

O Mediterrâneo continua a ser a grande vergonha da Europa

Cada vez mais migrantes e refugiados

O Mediterrâneo continua a ser a grande vergonha da Europa novidade

Bastou a ascensão da extrema-direita ao poder em Itália, um ponto crítico de pressão migratória sobre a União Europeia, para virem, de imediato, ao de cima as fissuras e tensões entre os países membros. E não foi propriamente por falta de leis, mas por falta de vontade e de decisões para as aplicar.

ONG israelita já salvou a vida a 3.000 crianças palestinianas

Uma forma de "construir pontes"

ONG israelita já salvou a vida a 3.000 crianças palestinianas novidade

Amir tem cinco anos e, até agora, não podia correr nem brincar como a maioria das crianças da sua idade. Quando tinha apenas 24 meses, apanhou um vírus que resultou no bloqueio de uma das suas artérias coronárias, pelo que qualquer esforço físico passou a ser potencialmente fatal. Mas, muito em breve, este menino palestiniano poderá recuperar o tempo perdido. Com o apoio da organização humanitária israelita Save a Child’s Heart, Amir acaba de ser operado num hospital em Tel Aviv e está fora de perigo.

Francisco contra o divisionismo e a ordenação de mulheres

Entrevista à revista America

Francisco contra o divisionismo e a ordenação de mulheres novidade

“O divisionismo não é católico. Um católico não pode pensar ‘ou, ou’ e reduzir tudo a posições irreconciliáveis. A essência do católico é “e, e”. O católico une o bem e o não tão bom. O povo de Deus é um” – afirmou o Papa Francisco, a propósito das divisões na Igreja americana, na entrevista concedida no dia 22 de novembro a um conjunto de editores jesuítas e publicada na edição da revista America – The Jesuit Review desta segunda-feira, 28 de novembro.

Terra de pobreza e de milagres

[Crónicas da Guiné – 1]

Terra de pobreza e de milagres novidade

A Guiné-Bissau, como país, é um bom exportador de más notícias. E quando se chega ao território, o que imediato se faz notar é a pobreza e o lixo. Mas quando nos dizem “Tenho orgulho em Bissau ser uma cidade limpa… em comparação com outras capitais desta região de África”, percebemos que tudo é relativo – relativo aos padrões que adoptamos. Ou às notícias que procuramos. Porque há notícias que vêm ter connosco, pois sabem que serão bem acolhidas, e outras que se deixam ficar no seu cantinho, silenciosas, porque se reconhecem sem interesse.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This