Edith Stein

O humanismo e uma pergunta lacerante

| 7 Dez 2021

Edith Stein

 

Proclamada co-padroeira da Europa em 1999 por João Paulo II, Edith Stein – cujo nome em religião foi Teresa Benedita da Cruz – constitui uma figura maior da tradição espiritual cristã do século XX. Alemã de origem judia, Edith Stein partilhou o destino do seu povo na Shoah, apesar da sua conversão em catolicismo aos 30 anos e da sua entrada na Ordem Carmelita – um itinerário pascal que a própria reconheceu como um aprofundamento, e não um corte, com o património espiritual da Aliança. Interligado a esta aventura religiosa está o seu percurso intelectual notável, como filósofa integrada nos mais fecundos círculos de pensamento do seu tempo.

Nesta obra – que marca o início de um importante projeto editorial de publicação em Portugal das obras de Edith Stein –, encontramos o relato inacabado que a própria elaborou sobre o seu percurso familiar até 1917, data da defesa do seu doutoramento. Este relato é acompanhado de breves textos similares sobre outros episódios da sua vida. 

Preparado já no espaço do carmelo de Colónia, Vida de Uma Família Judia é um testemunho permeado de uma profunda gratidão pelo amplo ambiente familiar no qual Edith Stein formou o seu caráter e

a sua busca da verdade. Encontramos a descrição de uma família de profundos laços de solidariedade, onde os gestos e tempos próprios da vivência judaica se intercalam com a edificação da comunidade humana, a abertura aos estudos, a atividade económica. 

Através das relações que narra e dos nomes que refere, Edith Stein expõe – num tempo de discriminação, não muito distante do nosso – aquele que foi um profundo humanismo europeu, intercultural e inter-religioso. Um humanismo que a própria aprendeu, de modo genial, a reconhecer como caminho de descoberta de Cristo, não obstante a pergunta lacerante que a sua mãe lhe dirigiu, dirigida ao coração da experiência cristã: “Porque o conheceste? Não quero dizer nada contra ele. Pode até ser que ele tenha sido um homem muito bom. Mas porque se fez passar por Deus?”

Vida de Uma Família Judia
Autora: Edith Stein
Paulinas, 576 pág., 2021

Judeus do Partido Trabalhista atacam política de Israel

Reino Unido

Judeus do Partido Trabalhista atacam política de Israel novidade

Glyn Secker, secretário da Jewish Voice For Labor – uma organização que reúne judeus membros do Partido Trabalhista ­–, lançou um violento ataque aos “judeus que colocam Israel no centro da sua identidade” e classificou o sionismo como “uma obscenidade” ao discursar no dia 10 diante de Downing Street, durante um protesto contra os ataques de Israel na faixa de Gaza.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, numa carta lida nas cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

Mar Egeu: dezenas de pessoas desaparecidas em naufrágio

Resgatadas 29 pessoas

Mar Egeu: dezenas de pessoas desaparecidas em naufrágio

Dezenas de pessoas estão desaparecidas depois de um barco ter naufragado no mar Egeu, na quarta-feira, ao largo da ilha grega de Cárpatos, divulgou a ACNUR. A embarcação afundou-se ao amanhecer, depois de da costa sul da vizinha Turquia, em direção a Itália. “Uma grande operação de busca e resgate está em curso.”

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This