Funeral em Lisboa

O papel de Feytor Pinto na mudança social

| 7 Out 2021

vitor feytor pinto (4) © Ecclesia/MC

Vitor Feytor Pinto © Ecclesia/MC

 

O padre Vítor Feytor Pinto “foi um exemplo magnífico” das propostas do Concílio Vaticano II no sentido de uma relação “muito activa Igreja-mundo, em que as comunidades cristãs longe de estarem fechadas sobre si próprias se transformam como lugar de encontro e proposta para a sociedade envolvente através dos seus membros, padres ou leigos”, disse nesta quinta-feira o patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, aos jornalistas, por ocasião do funeral do antigo pároco do Campo Grande. 

“Não conheço ninguém que durante tanto tempo, em tantas fronteiras e com tanta expansão representasse esta fantástica mensagem do Concílio Vaticano II”, disse o patriarca, na homilia da celebração, citado pela Ecclesia, referindo-se ainda a Feytor Pinto, que morreu na véspera. 

O padre Vítor “não punha restrições nenhumas nos seus contactos, nas suas amizades”, acrescentou o cardeal. 

Na missa do funeral esteve presente o Presidente da República, que destacou o papel de Feytor Pinto na “viragem da Igreja do passado para a nova mensagem do Vaticano II” e na “mudança da sociedade portuguesa”. 

José Manuel Pureza, deputado do Bloco de Esquerda e vice-presidente da Assembleia da República, afirmou também aos jornalistas que “o padre Vítor Feytor Pinto foi alguém que marcou com o seu testemunho de vida, de palavra, de acção, um modo de a Igreja estar no mundo, marcado pela abertura, pelo espírito de tolerância, pelo acolhimento das diferenças”. 

 

Quando os padres não abusadores são as vítimas colaterais dos abusos do clero

Encontro “Cuidar” em Lisboa

Quando os padres não abusadores são as vítimas colaterais dos abusos do clero novidade

“O que encontramos assusta-me: desilusão, depressão, crise existencial, perda de identidade, fim da relação entre presbíteros, perda de confiança na instituição e na hierarquia.” O diagnóstico cáustico é feito ao 7MARGENS pelo padre inglês Barry O’Sullivan, 61 anos, da diocese de Manchester, que estudou o impacto dos abusos sexuais entre os padres não abusadores.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

De 1 a 31 de Julho

Helpo promove oficina de voluntariado internacional

  Encerram nesta sexta-feira, 24 de Junho, as inscrições para a Oficina de Voluntariado Internacional da Helpo, que decorre entre 1 e 3 de Julho. A iniciativa é aberta a quem se pretenda candidatar ao Programa de Voluntariado da Organização Não Governamental para...

Luz e negrume

Luz e negrume novidade

As obras de Pedro Costa, cineasta, Rui Chafes, escultor, e Paulo Nozolino, fotógrafo, e de Simon Hantaï, artista plástico, estão expostas em Paris, respectivamente no Centre Georges Pompidou e na Fundação Louis Vitton. Um autor, identificado como Anonymous, estabelece com elas um diálogo em dois poemas traduzidos por João Paulo Costa, investigador na área de filosofia e autor de À sombra do invisível (Documenta, 2020).

Paróquia de Nossa Senhora da Hora: Ouvir os leigos na nomeação de padres e bispos

Contributos para o Sínodo (23)

Paróquia de Nossa Senhora da Hora: Ouvir os leigos na nomeação de padres e bispos novidade

Os leigos devem ser ouvidos nos processos de nomeação de párocos e de escolha dos bispos e a Igreja deve ter uma lógica de reparação da situação criada pelos abusos de menores. Evitar o clericalismo e converter os padres a uma Igreja minoritária, pobre, simples, dialogante, sinodal é outra das propostas do Conselho Paroquial de Pastoral da Paróquia de Nossa Senhora da Hora (Matosinhos).

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma novidade

A saúde mental dos jovens tem-se vindo a tornar, aos poucos, num tema com particular relevância nas reflexões da sociedade hodierna, ainda que se verifique que estas possam, muitas das vezes, não resultar em concretizações visíveis e materializar em soluções para os problemas que afetam os membros desta mesma sociedade. A verdade é que, apesar de todos os esforços por parte dos profissionais de saúde e também das pessoas, toda a temática é, ainda, envolvida por uma “bolha de estigmas”, o que a transforma numa temática-tabu.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This