Olinda Marques é a nova presidente do Movimento de Trabalhadores Cristãos Europeus

| 19 Out 20

Olinda Marques em reunião digital, com Américo Oliveira, coordenador da LOC/MTC.

 

A portuguesa Olinda Marques foi eleita por unanimidade presidente do Movimento de Trabalhadores Cristãos Europeus (MTCE), para um mandato de dois anos, na assembleia geral realizada através das plataformas digitais.

Num comunicado divulgado sexta-feira, 16, a Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC) acrescenta que Olinda Marques, profissional de farmácia no centro interior do país, “tem uma experiência longa de militante cristã”. Actualmente, Olinda Marques é dirigente nacional da LOC/MTC e da diocese de Coimbra. Antes já tinha sido militante e dirigente da Juventude Operária Católica.

O MTCE, que debateu também a mais recente encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti, continuará “a dar especial atenção à sua campanha europeia pelo Domingo Livre”.

O mandato de Olinda Marques será de dois anos” e a próxima assembleia-geral do Movimento de Trabalhadores Cristãos da Europa decorrerá em Portugal, em Setembro de 2021, antecedendo o  Conselho Mundial do Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos (MMTC), no qual se integram o movimento europeu e a LOC/MTC de Portugal.

Nos próximos dias 12 a 15 de novembro, o movimento português organiza em Aveiro um seminário internacional sobre o tema “Evolução das relações e formas de trabalho na era digital”.

Além de Olinda Marques, que preside ao movimento europeu, também o MMTC tem neste momento uma co-presidente portuguesa: Fátima Almeida, originária da diocese de Braga.

Aseembleia geral do MTCE em 2019: este ano, já teve de ser em ambiente digital, por causa da pandemia. Foto: Direitos reservados.

 

Roma, temos um problema, e este livro ajuda a entendê-lo

Abusos sexuais na Igreja

Roma, temos um problema, e este livro ajuda a entendê-lo novidade

Roma, Temos um Problema pode ser apresentado em quatro partes, assumidas aliás pela organização que o autor lhe dá: um primeiro levantamento histórico; uma segunda parte sobre casos marcantes a nível internacional, incluindo alguns pouco conhecidos; e uma terceira parte sobre os casos portugueses até agora vindos a público. Em síntese, faz-se uma descrição e análise de causas e consequências sobre o que aconteceu em 20 séculos de história do cristianismo (sobretudo ocidental).

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Uma Teofania nos corações humanos

Uma Teofania nos corações humanos novidade

A Epifania é celebrada pelas Igrejas Ortodoxas a 6 de Janeiro no calendário Juliano (19 no calendário Gregoriano), 12 dias após a Festa do Natal. A banalização da festa do Natal inscreveu-a no imaginário do espírito humano, sobrevalorizando-o e operando a sua dessacralização em detrimento do Espírito de Deus.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This