De Leiria-Fátima e Braga

Ordem do Infante D. Henrique para bispos eméritos

| 19 Jun 2022

Marcelo Rebelo de Sousa com o cardeal António Marto e o arcebispo emérito de Braga, D. Jorge Ortiga. Foto © Rui Ochoa / Presidência da República

Marcelo Rebelo de Sousa com o cardeal António Marto e o arcebispo emérito de Braga, D. Jorge Ortiga. Foto © Rui Ochoa / Presidência da República

 

Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República Portuguesa, condecorou o cardeal D. António Marto e D. Jorge Ortiga com as insígnias da Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, numa cerimónia que decorreu no Palácio de Belém.

A cerimónia de entrega da distinção ao bispo emérito de Leiria-Fátima e ao arcebispo emérito de Braga decorreu dia 18, informa uma nota divulgada pela página online da Presidência da República. “Quem me conhece sabe que eu não procuro reconhecimentos nem louvores públicos. Mas devo dizer, com sinceridade, que aceito e me sinto honrado com a distinção que o senhor presidente da República quis ter para com a minha pessoa” afirmou D. António Marto, em nota enviada pelo Santuário de Fátima.

O bispo emérito sublinhou que esta distinção “não é individual”. “Quem recebe esta distinção é antes de mais o Santuário de Fátima, que durante o centenário reafirmou a sua relevância e o seu peso quer para a Igreja em Portugal, quer para o mundo, quer para toda a humanidade pela atualidade da sua Mensagem”, destacou, saudando “os responsáveis, colaboradores e, principalmente, aos peregrinos” da Cova da Iria.

A Ordem do Infante D. Henrique destina-se a distinguir quem “houver prestado serviços relevantes a Portugal, no País e no estrangeiro, assim como serviços na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal, da sua História e dos seus valores”.

 

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses

Sucedendo a José Diogo Ferreira Martins

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses novidade

A psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da direção nacional da Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP). A médica, que trabalha na Casa de Saúde do Telhal (Sintra) e é uma das responsáveis pelo Gabinete de Escuta do Patriarcado de Lisboa, foi eleita por unanimidade no passado sábado, 13 de abril, para o triénio 2024-2026.

Cristianismo e democracia

Cristianismo e democracia novidade

Em tempo de comemoração dos cinquenta anos da revolução de 25 de abril, penso dever concluir que o maior legado desta é o da consolidação do Estado de Direito Democrático. Uma consolidação que esteve ameaçada nos primeiros tempos, mas que se foi fortalecendo progressivamente. Esta efeméride torna particularmente oportuna a reflexão sobre os fundamentos éticos da democracia. [Texto de Pedro Vaz Patto]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã

Alfredo Teixeira em conferência dia 16

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã novidade

Podem algumas canções de intervenção ligadas à Revolução de 25 de Abril de 1974 relacionar-se com o catolicismo? O compositor e antropólogo Alfredo Teixeira vai procurar mostrar que há uma “afinidade” que une linguagem bíblica e cristã à música de Zeca, José Mário Branco, Lopes-Graça, Adriano Correia de Oliveira, Sérgio Godinho e outros.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This