Outras religiões

Papa à delegação tailandesa

“Buda e Jesus entenderam a necessidade de superar o egoísmo”

O Papa Francisco recebeu em audiência esta sexta-feira, 17, no Vaticano, a Delegação Budista da Tailândia. No seu discurso,  destacou a importância de católicos e budistas guiarem os respetivos fiéis “a um sentido mais vivo da verdade de que somos todos irmãos e irmãs”, noticiou o Vatican News. “Num momento em que a família humana e o planeta estão a enfrentar múltiplas ameaças, o diálogo amigável e a estreita colaboração são ainda mais necessários”, afirmou o Papa, sublinhando que “Buda e Jesus entenderam a necessidade de superar o egoísmo que gera conflito e violência”.

Depois da pandemia

Esperados 850 mil na peregrinação a Meca

Cerca de 850 mil peregrinos estrangeiros são esperados no próximo mês em Meca e Medina, na Arábia Saudita, país que aligeirou esta segunda-feira, 13, a obrigatoriedade do uso de máscara em espaços interiores. O primeiro grupo de muçulmanos chegou já no dia 4, proveniente da Indonésia.

Nova Inglaterra

Metodistas contra “apartheid” imposto por Israel

A conferência anual da Igreja Metodista Unida da Nova Inglaterra (EUA) condenou, numa resolução aprovada no sábado 11 de junho, “o sistema de apartheid institucionalizado pelo governo israelita na Terra Santa” e pediu “ao governo dos EUA para condicionar o financiamento a Israel ao compromisso de desmantelar o seu sistema de apartheid e reconhecer todos os direitos devidos aos palestinos”.

Tensão entre religiões

Santuário católico vandalizado na Índia

As tensões interreligiosas na Índia voltaram a conhecer novos episódios, depois da vandalização por desconhecidos de estátuas de Maria, do Menino Jesus e do Sagrado Coração de Jesus num santuário no estado de Andhra Pradesh, causando “choque entre os católicos locais”. Um articulista ataca o ódio incentivado por “fascistas” contra as minorias cristãs e muçulmanas.

China

Repressão contra uigures não para

O município de Konasheher, no centro da região uigur chinesa (Xinjiang), detém, segundo um levantamento da Associated Press (AP), a maior taxa de prisão conhecida no mundo: mais de 10.000 uigures (um em cada 25 habitantes) estão presos, acusados pelos tribunais chineses de atos de terrorismo.

Apelo conjunto

Religiões defendem finanças responsáveis pelo clima

O Conselho Mundial de Igrejas, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, o Conselho Muçulmano de Anciãos e o Conselho de Rabinos de Nova Iorque (EUA) assinaram um apelo conjunto histórico sobre “Finanças Responsáveis ​​pelo Clima — Um imperativo moral e responsabilidade para todas as crianças e o mundo vivo”.

Minoria religiosa

Muçulmanos ucranianos lutam contra exército russo

São uma ínfima minoria, mas diz o imã Murad Suleimanov da mesquita do Centro Cultural Islâmico de Lviv (Ucrânia): “Nós [muçulmanos] fazemos parte deste país” e, por isso “devemos fazer algo”. Esse “algo” tem consistido em resistir à ocupação russa e participar no esforço de guerra. Mesmo se, na Rússia, os responsáveis oficiais das comunidades muçulmanas apoiam Putin.

Sociedades fechadas, autocracia e modelos de perfeição

Há muito em comum entre todos os sistemas (políticos e religiosos) que se baseiam numa qualquer ideia de perfeição, julgando-se donos de toda a verdade e mandatados para a expansão, mesmo que seja à custa da vida dos outros. A invasão da Ucrânia pela Rússia dá-nos matéria de sobra para a análise do padrão do autoritarismo, que alia a visão unilateral do mundo à manutenção da sociedade fechada, justificando assim os massacres e todas as formas de opressão.

Extrema-direita queima Alcorão

Manifestações violentas na Suécia

A Semana Santa na Suécia ficou marcada por várias manifestações e confrontos violentos entre a polícia e manifestantes, em virtude dos comícios promovidos pelo partido de extrema direita Stram Kurs, cujo líder, Rasmus Paludan, queimou uma cópia do Corão na rua, numa zona fortemente habitada pela população muçulmana.

Iniciativa do Instituto Elijah

Líderes religiosos de visita à Ucrânia

Uma delegação de líderes religiosos inicia hoje, dia 12 de abril, uma visita histórica a campos de refugiados e à cidade de Chernivtsi, na Ucrânia. A comitiva terá representantes de várias religiões, entre as quais o Ir. Massimo Fusarelli, ministro geral da Ordem Franciscana dos Frades, o Arcebispo emérito de Canterbury, Rowan Williams, o Rabino Jonathan Wittenberg, o Grande Mufti emérito Mustafa Ceric, o Arcebispo ortodoxo Nikitas Lulias, Swami Sarvapriyananda e a Abadessa Irmã Giác Nghiêm, (Budista, França), entre outros. 

Terra Santa

A ocupação ameaça o modo de vida sagrado dos beduínos

Ao olhar para as belas vistas da sua comunidade beduína em Khan el-Ahmar, Eid Jahalin reflecte sobre os muitos aspectos do seu modo de vida de que gosta: “Vivemos em harmonia com a natureza e, de facto, somos parte dela”, afirma. “Os meus antepassados viveram assim durante muitas gerações, longe das pressões sociais.”

Porto

Museu do Holocausto reabre e Museu Judaico exibe filme português “1618”

O Museu do Holocausto do Porto reabre ao público esta quinta-feira, 31, depois de vários meses de encerramento, devido à pandemia. Inaugurado em 2021, no final de janeiro, é considerado o primeiro Museu do Holocausto na Península Ibérica, sendo tutelado por membros da comunidade judaica do Porto cujos pais, avós e familiares foram vítimas do Holocausto.

Índia

Supremo rejeita petição para controlar missionários cristãos

Grupos nacionalistas hindus têm vindo a acusar cada vez com maior frequência missionários cristãos de “ilegalmente” seduzirem e converterem hindus pobres e analfabetos ao cristianismo. O Supremo Tribunal acusou movimento de “estar a perturbar a harmonia com este tipo de petições” e rejeitou o pedido.

Igreja Ortodoxa

Guerra faz crescer crispação entre Patriarcas

No encontro que manteve com o Presidente da Polónia, Andrzej Duda, o Patriarca Ecuménico de Constantinopla Bartolomeu I (Igreja Ortodoxa) aprofundou o fosso que o separa do Patriarca de Moscovo, Cirilo, ao classificar a guerra contra a Ucrânia como “injustificada e injustificável agressão”  segundo relata o Orthodox Times de dia 28 de março.

Em França

Retórica anti-islão marca campanha presidencial

  A campanha presidencial em França tem conhecido um endurecimento do discurso anti-islão, o que provoca o risco de criar uma “espiral de ódio”, considera o reitor da mesquita de Paris, Chems-eddine Hafiz. O facto de Emmanuel Macron estar a liderar as sondagens...

Suspeito de corrupção

PJ detém rabi da Comunidade Israelita do Porto

O rabi da Comunidade Israelita do Porto (CIP) foi detido na quinta-feira, 10 de março, pela Polícia Judiciária do Porto, por suspeitas de tráfico de influências, corrupção ativa, falsificação de documentos e branqueamento de capitais, entre outros crimes, noticiou o jornal Público esta sexta-feira (acesso reservado a assinantes). Daniel Litvak, responsável pela certificação de descendentes sefarditas que permitiu ao oligarca russo Roman Abramovich obter a nacionalidade portuguesa, preparava-se para sair do país com destino a Israel e vai agora ficar sujeito a termo de identidade e residência, avançou a Renascença.  

Pré-publicação

Joshua Ruah, um judeu de Lisboa

No seu livro de memórias, “Um Judeu de Lisboa”, Joshua Ruah, antigo dirigente da Comunidade Israelita de Lisboa, fala da sua infância, do modo como entende o judaísmo, da sua participação na Guerra Colonial e de várias histórias já do tempo do regime democrático.

Identidade judaica

Judeus europeus: minoria étnica ou religiosa?

Os judeus europeus consideram-se uma minoria religiosa e não um grupo étnico, mas veem o antissemitismo e o Holocausto como mais significativos para a definição da sua identidade do que Israel ou Deus, revela um estudo do Institute for Jewish Policy Research, divulgado esta semana e citado na edição de 4 de fevereiro do Jewish News.

Mais liberdade religiosa

Israel liberaliza sistema de certificação casher

Pode o processo de certificação da comida casher ajudar a fazer uma revolução nas relações entre Estado e religião? O Governo de Israel iniciou a primeira fase de um programa para liberalizar o sistema de certificação alimentar casher e há quem considere que, além de baixar o custo de vida, a mudança pode retirar também o poder centralizado a uma minoria religiosa, aumentando a liberdade religiosa.

Sondagem

Católicos são a maior denominação cristã do EUA

Um quarto (24%) dos americanos diz-se católico, tornando a Igreja Católica a maior comunidade de fé, uma vez que as categorias protestantes, ou “cristãos (outros)” consistem em muitas denominações diferentes, revela uma sondagem sobre atitudes e práticas religiosas nos EUA realizada pelo instituto The Pillar e divulgada nesta segunda-feira, 8 de novembro.

China

Repressão aos muçulmanos passa por destruir cúpulas de mesquitas

A China tem vindo a multiplicar os constrangimentos à prática religiosa de diferentes religiões. No caso dos muçulmanos, além da prisão de praticantes desta religião e do condicionamento de escritores e estudiosos, surge agora a notícia de que as autoridades estão a remover as cúpulas das mesquitas, a fim de as “sinizar” (tornar mais “chinesas”).

Encontro de Santo Egídio, em Roma

Apelo de líderes religiosos contra exploração “predatória” da natureza

O Papa e vários outros líderes religiosos de todo o mundo assinaram em Roma um apelo conjunto pela paz, que rejeita a violência e o fundamentalismo em nome de Deus, defende um processo de desarmamento que trave o comércio de armas e elimine a ameaça nuclear e pede o respeito do planeta, da natureza e das criaturas, contra a sua exploração “predatória”.

Novo livro

Há dois mil anos de presença judaica em Portugal e Esther Mucznik foi à procura dessa história

O que nos diz a história de quase dois mil anos de presença judaica no território que é hoje Portugal? Partindo desta pergunta, a investigadora em temas judaicos Esther Mucznik escreveu um livro que pretende mostrar como “a vida dos judeus portugueses é indissociável da história de Portugal”. A obra, com o título Judeus Portugueses – Uma história de luz e sombra (ed. Manuscrito), será apresentada nesta terça-feira, 28, às 18h30, no espaço cultural do El Corte Inglés, de Lisboa.

União Europeia

Nova estratégia de combate ao antissemitismo será apresentada em outubro

A União Europeia (UE) deverá divulgar, no próximo mês de outubro, uma “nova estratégia de combate ao antissemitismo e promoção da vida judaica”. A iniciativa surge na sequência da disseminação do racismo antissemita em inúmeros países da Europa, associada a teorias da conspiração que culpabilizam os judeus pela propagação da covid-19, avançou esta quarta-feira, 22, o Jewish News.

É o ano de 5782

Começa o Ano Novo judaico

O ano de 5782 começa hoje para o mundo judeu. As festas de Rosh HaShanah, literalmente, a “cabeça do ano”, ou Ano Novo judaico, começam esta noite de segunda-feira, dia 6 de Setembro, e prolongam-se até ao dia 8.

Liberdade e símbolos religiosos

Rabis contra acórdão do Tribunal de Justiça da União Europeia

O acórdão do Tribunal de Justiça da União Europeia que permite aos empregadores proibir, em certas circunstâncias, os trabalhadores de usarem roupas ou símbolos religiosos no trabalho “é um retrocesso em relação às liberdades religiosas”, disse o rabino Pinchas Goldschmidt, presidente da Conferência de Rabinos Europeus, à Agência Telegráfica Judaica, na passada sexta-feira, 20 de agosto.

Ano da Hégira

Muçulmanos entram no Ano Novo de 1443 e no mês de Muharram

O Novo Ano Islâmico começou nesta segunda-feira, 9 de Agosto: 1443 é o novo ano da Hégira, cuja era foi inaugurada com o episódio da saída do Profeta de Meca para Medina, em 622 EC (Era Comum). O Profeta dos muçulmanos “foi um refugiado, um migrante, sofreu dificuldades e dores”, e “com essa experiência, a comunidade que olhamos todos os dias, nasceu como exemplo”, lê-se nas Reflexões Islâmicas da revista Al Furqán.

Líderes evangélicos nos EUA já trabalham com a multinacional

Facebook está a apostar na evangelização

A rede social Facebook está a entrar na área da evangelização. Nos Estados Unidos da América, os pastores evangélicos estão a apostar nas redes sociais como forma de expandir o seu ministério, e exemplo disso é o pastor Sam Collier, que revelou, em entrevista, que meses antes de a mega-igreja Hillsong abrir seu novo posto avançado em Atlanta, procurou conselhos sobre como construir uma igreja em uma pandemia. Do Facebook.

100 mil obrigados a mendigar

Senegal recruta professores para escolas corânicas para evitar tráfico e mendicidade de crianças

O Estado senegalês quer recrutar uma centena de professores para as escolas corânicas, com o objectivo de encontrar pessoas que garantam o combate aos abusos nestes estabelecimentos de ensino.

A decisão surge num contexto em que há frequentes denúncias de abusos em escolas conhecidas como daaras. O imã Mouhamadou Makhtar Kanté diz que essa pode ser uma forma de resolver o problema da mendicidade, a que muitas crianças que residem nessas escolas são obrigadas.

20 anos da Lei da Liberdade Religiosa

Religiões também querem comemorar 50 anos do 25 de Abril

Ao comemorar os 20 anos da Lei de Liberdade Religiosa, de que o próprio foi o impulsionador político, José Vera Jardim abriu o livro das reclamações a apresentar ao Governo. Diante da ministra da Presidência, o responsável disse o que falta fazer para concretizar melhor a lei. As religiões, que fazem um balanço muito positivo da aplicação do diploma legal, querem que também elas “possam contribuir para a preparação e celebração dos 50 anos do 25 de Abril”.

20 anos do novo regime legal

A lei da liberdade religiosa é boa e recomenda-se, mas ainda tem muito por concretizar

Vinte anos depois, o que trouxe a Lei da Liberdade Religiosa (LLR), promulgada a 22 de Junho de 2001, faz nesta terça-feira precisamente duas décadas? Uma conferência na tarde desta terça-feira, 22 de Junho (que pode ser acompanhada por transmissão digital), quando se completam 20 anos da lei, fará o ponto de situação e procurará debater o que falta fazer. O 7MARGENS antecipa o debate.

Islão em Lisboa

Antropóloga americana estuda religiosidade da diáspora guineense em Portugal

Acaba de sair nos Estados Unidos o livro de uma antropóloga, Michelle C. Johnson, que estuda a experiência religiosa (muçulmana) da diáspora da Guiné-Bissau na zona de Lisboa. O livro, intitulado Remaking Islam in African Portugal: Lisbon–Mecca–Bissau, foi editado ainda em 2020, pela Indiana University Press, e baseia-se no trabalho de campo que aquela investigadora realizou no nosso país.

Covid-19: o impacto e o debate sobre a liberdade religiosa

O aparecimento de teorias da conspiração na internet, atribuindo a judeus, muçulmanos ou cristãos as culpas pela pandemia, foi um dos factores negativos da situação provocada pela covid-19. Mas o novo coronavírus também levou a aspectos positivos na colaboração inter-religiosa. Um balanço. 

China quer que clérigos tenham amor pelo Partido Comunista

Novo decreto governamental é “mais uma medida totalitária para limitar a liberdade religiosa”, acusa organização de direitos humanso. O decreto aplica-se a todas as religiões, ou seja, lamas budistas, clérigos cristãos, imãs muçulmanos e outros líderes religiosos.

Junta militar da Birmânia condena à morte 19 opositores

A situação na Birmânia continua a degradar-se, na sequência do golpe militar de 1 de fevereiro último. Este domingo surgiram notícias de que a Junta no poder condenou à morte 19 ativistas opositores. Ao mesmo tempo, os indicadores económicos revelam que a situação do país está a piorar.

Museu Judaico e parcerias com entidades judaicas para assinalar 200 anos do fim da Inquisição

O futuro Museu Judaico de Lisboa, intitulado de Tikvá – que significa “esperança” em hebraico –, vai situar-se em Belém. Desenhado pelo arquiteto Daniel Libeskind, autor dos museus judaicos de Berlim, São Francisco e Copenhaga, bem como dos memoriais do Holocausto nos Países Baixos, no Canadá e nos Estados Unidos, o museu pretende ser um lugar de preservação e divulgação da memória e da vivência judaica em Portugal, sobretudo em Lisboa.

Diretor da OMS: A fé reduz o medo e o estigma e é “fonte de apoio”

“Em tempos de crise, a fé é uma fonte de apoio, consolo e orientação para milhares de milhões de pessoas, particularmente para muitos daqueles que estão em situações mais vulneráveis”, declarou o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS). Tedros Adhanom Gebreyesus falava na abertura de um webinar promovido pelo Conselho Mundial de Igrejas, introdutório da semana de oração ecuménica pelas vítimas da covid-19, que decorrerá de 22 a 27 de março.

Rumi, Al-Sistani e o Papa Francisco

A propósito do encontro entre o Papa Francisco e o Ayatollah Ali al-Sistani, no Iraque, traduzo este poema da tradução inglesa sobre o original, que já referia a dificuldade de penetrar nesse mundo interior. Esforcei-me por manter uma fundamentada empatia e um fraseado elegante. Utilizei especialmente as seguintes obras: The Religious Experience of Mankind (Ninian Smart, Collins, 1971); The Message and the Book (John Bowker, Yale University Press, 2012 – donde o poema, p. 156-157):

Francisco e o diálogo com o islão: “São decisões tomadas em oração. Não são caprichos.” (E o Líbano à vista…)

O Presidente Biden saudou a “visita histórica” do Papa ao Iraque, que foi “um símbolo de esperança para o mundo inteiro.” Francisco, no regresso a Roma, criticou quem o acusa de raiar a heresia com a aproximação ao islão, disse que pensa numa viagem ao Líbano e confirmou que irá à Hungria – “não ao país, mas à missa” de conclusão do congresso eucarístico…

Francisco no Iraque, dia 2: O “regresso a casa” em Ur, e o terrorismo e violência como traições da religião

“Deus é misericordioso e a ofensa mais blasfema é profanar o seu nome odiando o irmão. Hostilidade, extremismo e violência não nascem dum ânimo religioso: são traições da religião. E nós, crentes, não podemos ficar calados, quando o terrorismo abusa da religião.” O segundo dia do Papa no Iraque incluiu um encontro histórico e um discurso que pode já ler-se como o mais importante de Francisco – até agora – nesta viagem.

Os lugares do Papa no Iraque: uma viagem de regresso, reencontro e reafirmação de fraternidade

Os lugares da viagem do Papa ao Iraque erguem memórias que abarcam desde o berço da civilização nas planícies do sul da Mesopotâmia e de toda a sua história até ao berço da expansão judaico-cristã, nos vales e montanhas entre a Assíria e a vizinha Arménia. Ali começou a viagem de Abraão, ali Francisco regressa numa visita que traduz o reencontro e a reafirmação da fraternidade. Um percurso pelos lugares da viagem, ao encontro da memória desses lugares.

“Calem-se as armas!” Dignidade, justiça, fraternidade e direitos, os caminhos do Papa no primeiro dia no Iraque

Os dois discursos iniciais de Francisco em terras do Iraque marcaram o dia da sua chegada: apelos dramáticos aos políticos para que se ponha fim à violência, se pacifique a sociedade, e se permita uma vida digna para todos; e pedidos aos responsáveis católicos de que sejam exemplo de serviço, respeito e unidade nas diferenças. E não faltou um tapete das Mil e Uma Noites num dos discursos…

Paz, esperança e diálogo inter-religioso na viagem histórica do Papa ao Iraque, “berço da civilização” e “terra abençoada e ferida”

A viagem do Papa ao Iraque que se inicia esta sexta-feira, 5, é histórica por várias razões: é a primeira de um líder católico ao país e à “terra de Abraão”, é a primeira de Francisco depois do início da pandemia, inclui o primeiro encontro com um líder muçulmano xiita e a primeira celebração num rito caldeu. E é, sem dúvida, a mais perigosa em termos de segurança. Ou, corrigindo, uma das mais interessantes…

Comunidade Hindu cede espaço para centro de vacinação contra a covid-19

Cerca de 600 pessoas foram vacinadas contra a covid-19 nos últimos dois dias, no centro da Comunidade Hindu de Portugal (CHP) em Telheiras (Lisboa). O local foi escolhido pelo Aces (Agrupamento de Centros de Saúde) Lisboa Norte, em conjunto com a Câmara Municipal de Lisboa e a Junta de Freguesia do Lumiar para alargar os postos de vacinação contra a doença.

Mesquitas atacadas em Espanha e França

Um ataque com explosivos contra uma mesquita em Múrcia (Espanha) e vandalismo contra uma outra em Estrasburgo (França) registaram-se esta semana e foram já condenados por diversas organizações.

Ser generoso na prosperidade – um hino de virtudes

Nas Escrituras Bahá’ís também podemos encontrar vários textos que descrevem o modelo de vida dos crentes. O mais conhecido é uma epístola de Bahá’u’lláh dirigida a um dos Seus filhos, onde o fundador da Fé Bahá’í usa uma linguagem espiritualmente intensa e profundamente poética, para nos apresentar um código de conduta moral universal.

Israel: judeus ultraortodoxos comprometem combate à pandemia

Israel está a defrontar-se com um problema grave: ficar refém da recusa dos ultraortodoxos judeus a vacinar-se. O esforço feito de vacinar rapidamente a população, que colocou o país na liderança mundial, com perto de um terço da população vacinada, pode deste modo vir a ser afetado.

Europa: 22% dos crimes de ódio em 2019 foram contra judeus

O antissemitismo esteve na origem de 22% dos crimes de ódio registados na região pan-Europeia em 2019, apesar de os judeus corresponderem a apenas 1% da população que ali reside. Os dados constam do relatório do Gabinete para as Instituições Democráticas e Direitos Humanos (ODIHR) da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), e foram divulgados este domingo, 29 de novembro, pelo jornal britânico Jewish News.

Famílias bahá’ís vítimas de rusgas policiais em várias cidades do Irão

Na manhã deste domingo, 22 de novembro, membros das forças de segurança iranianas realizaram rusgas em dezenas de residências de famílias bahá’ís, em várias cidades do Irão. No decorrer destas operações foram confiscados objectos pessoais, telemóveis, computadores pessoais, livros e imagens religiosas; em alguns casos os agentes levaram todo o dinheiro que encontraram e cartões de identidade nacional.

Macron cria conselho de imãs para lutar contra a radicalização do islão

O Presidente francês Emmanuel Macron recebeu os dirigentes do Conselho Francês de Culto Muçulmano (CFCM) que, a seu pedido, apresentaram as linhas gerais de um conselho nacional de imãs. O órgão ficará responsável por avaliar os imãs que oficiam no país e retirar a autorização àqueles que pregam uma doutrina radical.

O Reino de Deus – dos Evangelhos às Escrituras Bahá’ís

Expressões como “Reino de Deus” e “Reino dos Céus” são recorrentes nos Evangelhos. Jesus usou dezenas de alusões, parábolas e ensinamentos para explicar essa realidade espiritual. Foi certamente a forma mais adequada que Ele encontrou para explicar o conceito à sua audiência, há cerca de 2000 anos.

Líderes religiosos escrevem a Boris Johnson a pedir plano ambicioso contra o aquecimento global

Uma carta conjunta de 60 líderes cristãos, judeus, muçulmanos, hindus e sikh da Grã-Bretanha seguiu para o primeiro-ministro Boris Johnson, pedindo ao governo britânico que prepare desde já um ambicioso plano nacional contra o aquecimento global. “Como presidente de turno da Cop26 [a conferência sobre o Clima], a tarefa mais importante do Reino Unido é reunir todos os países em torno de metas climáticas mais ambiciosas”, diz a carta.

Número de judeus na Europa caiu 60% em 50 anos

Um novo estudo do Institute for Jewish Policy Research, publicado esta semana, revela que a percentagem de judeus a residir na Europa diminuiu 60% desde 1970. A pesquisa recua até ao final do século XIX, em que 88% da população judaica mundial vivia no continente europeu, e mostra que, neste momento, o número corresponde a apenas 9%: a proporção mais baixa em 1000 anos.

Papa em encontro inter-religioso pela Paz promovido por Sant’Egídio

O Papa Francisco e vários outros líderes religiosos participam, neste terça-feira, 20, num encontro inter-religioso de oração pela paz no espírito de Assis, promovido pela Comunidade de Sant’Egídio, em Roma. Sob o lema “Ninguém se salva sozinho – Paz e Fraternidade”, o encontro prevê diversos tempos de oração em diferentes locais de Roma, consoante o credo de cada pessoa, informa o Vatican News.

Religiões querem ser parceiras do G20

Chegou o momento de reconhecer formalmente o Fórum Inter-Religioso do G20 como uma plataforma oficial nas futuras cimeiras do G20. A recomendação é uma das conclusões do Fórum que reuniu representantes de diversas religiões antecedendo a reunião dos líderes políticos, prevista para 21 e 22 de Novembro, que será conduzida pelo rei Salman Al-Saoud, da Arábia Saudita.

Deputados de cinco países juntam-se para lutar contra o antissemitismo online

Políticos de cinco países e diferentes filiações partidárias constituíram um grupo de trabalho para combater o antissemitismo online. O grupo inclui deputados do Reino Unido, Estados Unidos da América, Israel, Austrália e Canadá, e pretende responsabilizar em particular as redes sociais pelo seu papel na luta contra os discursos de ódio, avançou esta segunda-feira, 5 de outubro, o Jewish News.

Ruth Bader Ginsburg: a juíza pioneira e “orgulhosamente judia” que provou que as mulheres não se medem aos palmos

O facto de tantos chamarem “gigante” a uma mulher que não media mais do que 1,55m diz muito sobre ela. Ruth Bader Ginsburg, que morreu esta sexta-feira aos 87 anos vítima de cancro no pâncreas, era a mais antiga juíza do Supremo dos Estados Unidos da América e será a primeira da história a merecer dois dias de exéquias, incluindo uma cerimónia no Capitólio, tal a legião de admiradores que conquistou ao longo do seu percurso como defensora da justiça, e em particular dos direitos das mulheres.

Regresso às aulas em escolas religiosas: um tempo que pode ser “fantástico”, na confiança comum e contra o medo

Como se prepara uma escola para regressar à presença física? E se essa escola tiver uma matriz religiosa? Pode ser um “tempo fantástico para descobrir o que é essencial”. Todos, professores, pais e alunos “sentem que estamos no mesmo barco, uma espécie de consolo e de esperança”. É preciso “encontrar um equilíbrio com valores como a responsabilidade e o cuidado com o outro”, vividos na confiança em Deus e sem medo.

Soldados de Myanmar confessam crimes contra os rohingya muçulmanos

Dois ex-soldados do exército de Myanmar assumiram num vídeo a que o New York Times teve acesso esta terça-feira, 8 de março, ter participado no massacre da comunidade Rohingya em 2017. Um deles confessa que massacrou cerca de 30 Rohingyas, enterrando-os numa vala comum, e o outro afirma ter contribuído para “aniquilar cerca de 20 aldeias”.

Catalunha: Projeto pioneiro introduz religião islâmica no ensino público

A comunidade autónoma espanhola da Catalunha é a primeira região do país a introduzir, já este ano letivo, a opção de frequentar a disciplina de religião islâmica nas escolas públicas. A medida, noticiada esta segunda-feira, 8 de setembro, pelo jornal Protestante Digital, começará por ser implementada nas escolas básicas e secundárias das regiões de Barcelona, Baix Llobregat, Girona e Tarragona.

Monja budista denuncia discriminação e maus tratos nos mosteiros femininos de Myanmar

A monja budista Ketumala, ativista dos direitos das mulheres em Myanmar, alerta para a discriminação e desprezo de que continuam a ser alvo os conventos femininos no país. Enquanto os monges são altamente respeitados na sociedade e não têm dificuldades em obter donativos para financiar os seus mosteiros, as monjas vêem-se muitas vezes obrigadas a pedir esmola na rua, onde chegam a ser maltratadas, denuncia.

Três festas judaicas passarão a ser feriado na Ucrânia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, que é judeu, anunciou que as principais festas do calendário judaico deverão passar a ser feriados oficiais do país. Em concreto, estão em causa as datas de Pessah (Páscoa), Hanukah (Festa das Luzes ou da Dedicação) e Rosh Hashanah (Ano Novo).

Na festa muçulmana do sacrifício, católicos apelam à unidade

“Amados irmãos muçulmanos”, assim se dirigiu o patriarca caldeu, Louis Raphael Sako, a todos os cidadãos de fé islâmica no Iraque, que na tarde de quinta-feira, 30 de julho, iniciaram as celebrações de Eid al Adha, a festa do sacrifício. No mesmo dia, também os bispos católicos franceses dirigiam uma carta a todos os muçulmanos, apelando a uma cada vez maior fraternidade e solidariedade entre as diferentes religiões.

Peregrinação a Meca limitada a 1000 peregrinos pré-selecionados e em “bolhas de segurança”

Começou esta quarta-feira, 29 de julho, a peregrinação anual a Meca (conhecida como “Hajj”), na qual participam habitualmente cerca de dois milhões de muçulmanos e que este ano, devido à pandemia de covid-19, está limitada a mil peregrinos. Os participantes foram pré-selecionados entre os profissionais de saúde da Arábia Saudita e têm de cumprir apertadas regras de higiene e segurança.

“Não queremos que vivam aqui cristãos.” Cresce a violência contra as minorias religiosas no Paquistão

“Todas as pessoas que moram nesta rua são muçulmanas e não querem que vivam aqui cristãos”, foi com estas palavras que a família de Nadeem Joseph foi recebida ao mudar-se para um bairro de Peshawar, uma das principais cidades do Paquistão, no início de junho. Três semanas depois, um dos vizinhos assassinou-o. Os bispos católicos do país pedem proteção para esta família e alertam para o aumento da discriminação das minorias religiosas no país, apelando ao governo que faça cumprir a constituição.

Dalai Lama celebra 85 anos com lançamento de um disco

Quando fez 80 anos, ouviu milhares de pessoas cantarem-lhe os parabéns no festival de música rock de Glastonbury, durante o concerto da artista norte-americana Patti Smith. Cinco anos depois, o Dalai Lama assinalou esta segunda-feira, 6 de julho, o seu 85º aniversário com o lançamento do seu próprio álbum. O disco, que mistura a voz do líder espiritual tibetano entoando ensinamentos e meditações com música instrumental original ao estilo new age, chama-se Inner World e já está disponível nos serviços de streaming.

Nacionalidade para sefarditas: perplexidades perante a proposta “antissemita” de alteração à lei

Perplexidade perante a ideia de alterar a lei da nacionalidade e falta de explicações fundamentadas sobre a proposta. Estas foram as duas ideias principais do vídeo-debate promovido pela associação Sedes, acerca da proposta de alteração da Lei da Nacionalidade, no que diz respeito à concessão da nacionalidade portuguesa a descendentes de judeus sefarditas expulsos de Portugal nos séculos XV e XVI.

Aos 101 números, “Le Monde des Religions” deixa de se editar em papel

“Nas nossas sociedades em que o religioso é constantemente tema de debate, em que a busca de sentido se torna cada dia mais premente, Le Monde des Religions propõe uma descodificação das religiões, espiritualidades e sabedorias da humanidade, numa abordagem laica e não confessional”. A constância e a premência referidos no início do texto agora em destaque no site da revista francesa poderiam indiciar um reforço do trabalho editorial, mas na realidade anunciam apenas o fim da publicação da revista em papel.

Católicos, protestantes e judeus contra “perigo real” do racismo nos EUA

Enquanto os protestos se sucedem nas ruas, somam-se também as reações das mais diversas Igrejas representadas Estados Unidos, na sequência do homicídio do afro-americano George Floyd. Todas são unânimes em reconhecer que o racismo é um “perigo real” no país e é necessário ter a coragem de enfrentá-lo, de uma vez por todas.

“Conhece um judeu”: projeto inovador quer dar “voz e cara” à comunidade judaica na Alemanha

Pode parecer estranho, mas é verdade: muitas pessoas na Alemanha, em particular as mais jovens, nunca conheceram judeus, a não ser pelos livros de História. Para aumentar a exposição e o contacto com esta comunidade, que atualmente corresponde a menos de 0,2% da população daquele país, o Conselho Central de Judeus lançou o projeto “Conhece um Judeu”, que vai apresentar judeus a não judeus e pô-los a conversar.

Religiões de regresso aos lugares de culto, patriarca pede mudança na relação com natureza e entre a humanidade

Neste fim-de-semana de 30 e 31 de Maio, os locais de culto religioso voltaram a abrir para celebrações comunitárias e públicas. Líderes cristãos, muçulmanos e hindus coincidem em alguns diagnósticos: há ou haverá mudanças na relação dos crentes com o espaço religioso, terá de haver maior preocupação com os que estão a sofrer os efeitos laterais da pandemia, as pessoas valorizam mais a importância da comunidade e reconhecem o valor da natureza.

Rabis do mundo inteiro apelam ao “regresso à unidade judaica”

Alguns dos mais respeitados representantes do judaísmo no mundo, incluindo os dois principais rabis de Israel, assinaram esta semana uma carta apelando a “um regresso à unidade judaica”, numa altura em que os judeus celebram a festa do Shavuot (também conhecida como Festa de Pentecostes ou Festa das Colheitas e a terceira mais importante no calendário judaico).

Eid al-Fitr assinala fim do Ramadão com muçulmanos ainda em casa

A festa familiar de Eid al-Fitr, que assinala o fim do mês de Ramadão, será celebrada neste domingo, 24 de Maio, com muitos muçulmanos ainda sem poder sair de casa e ir às mesquitas. Pelo menos é isso que acontece em Portugal, onde as mesquitas existentes permanecem encerradas por causa da pandemia de covid-19.

Alteração da lei da nacionalidade para judeus sefarditas adiada, entre dúvidas e críticas

Que a lei da nacionalidade vai mudar para os descendentes de judeus sefarditas, isso é quase certo. Quais serão exatamente essas mudanças? Isso continua em avaliação. Confirmada está a retirada da proposta de alteração inicial do PS, que exigia dois anos de residência em Portugal para o reconhecimento da nacionalidade, e recebeu fortes críticas. O parlamento adiou esta quarta-feira o debate e votação da especialidade, para melhor analisar a alteração da proposta do PS, e o grupo de trabalho pretende agora ouvir as comunidades judaicas de Lisboa e do Porto sobre a matéria. Mas as exigências vão aumentar seguramente.

Rabis europeus querem manter envolvimento dos fiéis conseguido durante o confinamento

Dezenas de rabis de toda a Europa estiveram reunidos em videoconferência para discutir as medidas de segurança e higiene a implementar na reabertura das sinagogas, mas uma questão sobressaiu entre as principais preocupações dos responsáveis judaicos: como manter o envolvimento das inúmeras pessoas que há muito tinham deixado de frequentar as sinagogas, e que durante o período de confinamento voltaram a participar nos diversos eventos online organizados pelas comunidades?

Mesquitas reabertas à força na Guiné-Conacri por manifestantes

“Preferimos morrer a rezar do que viver sem rezar”. Foi assim que um dos manifestantes justificou a atitude de dezenas de pessoas em Kamsar, no noroeste da Guiné-Conacri, que se reuniram para protestar contra o encerramento das mesquitas e acabaram por destruir os cadeados que trancavam a porta da mesquita local.

Inimigos e rivais de longa data unem-se contra um adversário maior

Ofertas de material hospitalar ou de protecção, troca de pessoal médico, um judeu e um muçulmano que param ao mesmo tempo para rezar juntos e uma música gravada para apoiar uma organização de voluntários judeus, muçulmanos e cristãos. A pandemia serve também para que rivais, inimigos ou “diferentes” colaborem uns com os outros e esqueçam divergências.

Sinais de discriminação?

Aparentemente nos últimos dias ter-se-ão acumulado sinais de discriminação entre cidadãos, por parte de Governo e Presidência da República, o que é inaceitável. Mas nem a oposição sai bem nesta matéria.
Parece-me que há aqui qualquer coisa que não bate certo. Sabemos que uma adversidade inesperada como uma pandemia põe à prova qualquer sistema de saúde pública, mas também qualquer nível de governação, desde o local ao regional, nacional ou europeu, por exemplo. Trata-se dum teste duríssimo para quem decide e para as populações.

Indonésia: católicos e muçulmanos unem-se para ajudar desfavorecidos durante Ramadão

Na Indonésia, cristãos e muçulmanos estão a unir esforços para ajudar os mais pobres durante o mês sagrado do Ramadão, que se iniciou no passado dia 24 de abril. Voluntários da Nahdlatul Ulama (NU), a maior organização islâmica moderada do país, e do instituto católico Daya Dharma, em Jacarta, distribuirão diariamente, até ao dia 25 de maio, cerca de 300 refeições a famílias carenciadas.

Pandemia é uma “lição de responsabilidade universal”, diz Dalai Lama

O líder espiritual do Tibete, Dalai Lama, dirigiu uma mensagem a toda a comunidade internacional a propósito da pandemia de covid-19. Segundo ele, o planeta “está a ensinar-nos uma lição de responsabilidade universal”, alertou esta quarta-feira, 22, data em que se assinalou o 50º aniversário do Dia da Terra.

Muçulmanos começam Ramadão sem poder rezar nas mesquitas

Às 5h09 da manhã desta sexta-feira, 24 de Abril, os cerca de 50 mil ou 60 mil muçulmanos portugueses ou que residem em Portugal iniciam o jejum do primeiro dia de Ramadão, o mês mais sagrado do islão. E a quebra do jejum, às 20h25, assinalado pelo partir de uma tâmara, será feita em casa e não no jantar comunitário da mesquita, depois da oração de tarawih.

Confissões religiosas “ansiosas por reabrir portas”, mas conscientes de que “nada será como dantes”

Nesta terça-feira, 21, o conselho permanente dos bispos católicos reúne em videoconferência, disse ao 7MARGENS o porta-voz do episcopado, padre Manuel Barbosa. Na conversa, será ponderado o que os bispos irão dizer ao Governo, depois de, na segunda, 20 de abril, o primeiro-ministro António Costa se ter reunido com o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. Manuel Clemente.

Varanasi, a “cidade dos mortos” da Índia, também está vazia

Todos os dias, chegam entre 200 a 300 mortos a Varanasi, a mística cidade indiana à beira do rio Ganges onde os hindus acreditam que, ao serem cremados e lançados à água, a sua alma é libertada. Ou melhor, chegavam. Porque também aqui, naquela que é considerada a cidade mais sagrada da Índia, existe um antes e depois da pandemia de covid-19. E desde que o governo decretou quarentena obrigatória a 1,3 mil milhões de habitantes na segunda nação mais populosa do planeta, não foram só os vendedores ambulantes que deixaram de atulhar as ruas ou os tuk tuks que fizeram o trânsito respirar de alívio: as piras dos crematórios junto ao rio Ganges, que dia e noite enchiam o céu de fumo, também tiveram tréguas.

Leite e mel na mesa dos judeus e perguntas sobre o uso da tecnologia, para o jantar de fim de Pessah

Haverá leite e mel, como promessa da terra da abundância. E há a memória de uma libertação. A Páscoa judaica está a ser celebrada por milhares de judeus de todo o mundo (termina nesta quinta, 16), com as pessoas longe dos familiares, numa situação inédita, e a fazer ceias por via tecnológica – o que exigiu consultas a tribunais rabínicos. Será que verdadeiramente já se saiu do Egipto?

Construir juntos “uma cultura de compaixão e fraternidade”, diz o Vaticano em mensagem aos budistas

A propósito da celebração do Vesakh, festividade que assinala os momentos mais importantes da vida de Buda, e que este ano será comemorada no dia 6 de maio, a Igreja Católica enviou uma mensagem aos budistas. O documento, divulgado na quinta-feira, 2 de abril, sublinha os pontos que  as duas religiões têm em comum e apela a que ambas se unam na promoção de “uma cultura de compaixão e fraternidade para aliviar os sofrimentos da humanidade e do ambiente”.

Diários de quarentena (18): Pessah judaica – agradecer que vivemos

Estamos a poucos dias da celebração da festa judaica de Pessah (“passagem”, Páscoa). Celebração esta em que o foco fundamental é fazermos o relato da história da libertação do Povo de Israel da escravatura no Egipto. E a “passagem” pode ser como alusão ao milagre que D-us* Bem Dito fez ao abrir o Mar Vermelho.

Diários de quarentena (17): Manual de sobrevivência e treinar a mente em casa

Isto assim não pode ser! Após poucos dias de quarentena forçada estou mais cansado do que andava com a rotina habitual de trabalho-netos-amigos-casa. A agitação máxima atingiu as redes sociais. Toda a gente fechada em casa está possessa de enorme vontade de comunicar. Mais é impossível. A todo o segundo um novo toque: SMS, WhatsApp; mail.

China esconde trabalho forçado de um milhão de pessoas em campos de internamento

Um milhão de pessoas de minorias muçulmanas são reeducadas, punidas e encarceradas na China, naquela que é a maior violação dos direitos de minorias religiosas desde a II Guerra Mundial, denunciam documentos classificados do Partido Comunista Chinês (denominada como “China Cables”) e que revelam o funcionamento de uma vasta cadeia de campos de internamento chineses.

Isabel Correia: “As pessoas cheias de dinheiro e de poder estão atoladas de medo”

“Ainda que a verdade da extinção à nossa frente seja um choque terrível, tem o potencial de acelerar o nosso despertar coletivo, dando poder a uma profunda transformação de nós próprios e do mundo. Nós somos a mudança. Nós somos aqueles de que estávamos à espera.” As palavras de Joana Macy animam Isabel Correia e o grupo Meditação em Acção, que vem dinamizando a “Meditação pela Terra” em Lisboa e tem levado a prática da meditação às manifestações da greve estudantil pelo clima. Mãe, artista, ativista, budista, Isabel Correia partilha, nesta conversa com o 7MARGENS, o seu percurso e o seu propósito: “Juntar o dharma, a ecologia e a arte.”

O futuro da sociedade inscrito no futuro da religião

Sociólogo, antropólogo, teólogo e músico, Alfredo Teixeira consegue juntar as suas múltiplas competências num discurso complexo e dialeticamente multifacetado, em que a aridez dos dados sociológicos é animada pela carne do olhar antropológico (que vê gente dentro dos fenómenos), os números são substanciados pelos símbolos e os factos são reconhecidos na independência não autossuficiente da verdade.

Antissemitismo cresce em França

“Tudo começou com algumas piadas de mau gosto sobre judeus acompanhadas de saudações nazis quando passavam por mim.” Foi assim que uma jovem estudante de medicina descreveu o horror que tem sido a sua vida no campus universitário desde o início do ano letivo, em outubro do ano passado. Em fevereiro deste ano, um cemitério judeu da Alsácia foi vandalizado por um grupo de anónimos que pintou suásticas e insultos em dezenas de campas.

A progressiva iluminação das mulheres no budismo

A história do budismo e das mulheres tem início com Mahapajapati Gotami, madrasta de Buda Segundo o livro Old Path, White Clouds (“Caminho velho, nuvens brancas”), de Thich Nhat Hanh, que pretende recordar a história de Buda Gautama, a madrasta e tia de Buda quis ser consagrada quando morreu o rei Suddhodhana, seu marido.

A discriminação das mulheres hindus e o cordão humano de 620 quilómetros

No período pós-independência da Índia, o estatuto social da mulher hindu melhorou, mas ainda há um longo caminho a percorrer. O cordão humano de mulheres, com 620 quilómetros, por causa da interdição das mulheres entrarem no templo Sabarimala (que se realizou no dia 1 de janeiro), mostrou mulheres não conformadas e com uma necessidade de mudança perante o seu papel na sociedade indiana.

Mulheres entram pela primeira vez em templo hindu interdito

Na madrugada de quarta-feira, 26 de dezembro, Bindu e Kanaka Durga, 42 e 44 anos, tornaram-se as primeiras mulheres a entrar num templo hindu no estado de Kerala, Índia, após o Supremo Tribunal desse estado ter levantado, em setembro passado, a proibição que existia, noticiou o The Guardian.

Judaísmo: A partilha da luz no Hanukkah em Cascais

 A Baía de Cascais está calma. A noite de quinta-feira, 6 de dezembro, parece outra qualquer, na hora de regressar a casa. Mas a roda gigante que ali está montada para a época do Natal celebra, hoje outra festa. No letreiro luminoso, lê-se: “Feliz Hanukkah”. Ali ao...

O atraso que salvou pela segunda vez o judeu Judah Samet

Por ter estado a falar com a empregada doméstica, Judah Samet, 80 anos, um judeu húngaro sobrevivente do Holocausto, chegou atrasado à sinagoga, escapando à morte certa: sábado passado, 27 de Outubro, a pequena cidade de Squirell Hill, em Pittsburgh, na...

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma novidade

A saúde mental dos jovens tem-se vindo a tornar, aos poucos, num tema com particular relevância nas reflexões da sociedade hodierna, ainda que se verifique que estas possam, muitas das vezes, não resultar em concretizações visíveis e materializar em soluções para os problemas que afetam os membros desta mesma sociedade. A verdade é que, apesar de todos os esforços por parte dos profissionais de saúde e também das pessoas, toda a temática é, ainda, envolvida por uma “bolha de estigmas”, o que a transforma numa temática-tabu.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

De 1 a 31 de Julho

Helpo promove oficina de voluntariado internacional

  Encerram nesta sexta-feira, 24 de Junho, as inscrições para a Oficina de Voluntariado Internacional da Helpo, que decorre entre 1 e 3 de Julho. A iniciativa é aberta a quem se pretenda candidatar ao Programa de Voluntariado da Organização Não Governamental para...

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This