Padre e freira tiveram um filho que foi mandado para orfanato. Bispo questionado

| 5 Dez 20

Remigiose Inchananiyil, o bispo de Thamarassery, no sul da Índia, acusado de encobrir o padre. Foto: dioceseofthamarassery.org 

 

O caso tem cinco anos, mas só agora veio para a praça pública: um padre teve relações com uma freira; o filho que deles nasceu foi encaminhado para um orfanato; o pai arrependeu-se e, depois de um ano de suspensão, foi reintegrado no exercício ministerial e a religiosa foi posta na rua.

A notícia foi difundida há dias pela UCANews (União Católica Asiática de Notícias): uma associação de leigos está a desenvolver uma campanha através das redes digitais para que Remigiose Inchananiyil, o bispo da diocese de Thamarassery, no sul da Índia, se demita, acusando-o de ter autorizado a continuação do ministério de um padre que ali trabalhava, apesar de ter sido pai de uma criança. O assunto já chegou ao Vaticano.

Representantes da diocese consideram que o grupo contestatário tem interesses pessoais no caso, ocorrido há cerca de cinco anos. Contestam particularmente que tenha havido encobrimento, notando que o padre, depois do acontecido, manifestou arrependimento e só foi autorizado a continuar a exercer o sacerdócio depois de cumprida a pena de um ano de suspensão.

Em declarações recolhidas pela UCANews, o chanceler da diocese esclareceu: “A diocese não o reduziu ao estado laical uma vez que ele manifestou profundo remorso pelo seu pecado e ambos se manifestaram indisponíveis para casar e organizar a vida juntos.”

Os leigos dizem ter provas de que o bispo negociou com o padre a atribuição de uma soma de 2,5 milhões de rupias (cerca de 27.900 euros) à religiosa que, mais tarde, acabou por casar com outro homem, vivendo fora da diocese de Kerala.

No meio de tudo isto, fica a questão da criança que, tendo pais e tendo direito a tê-los a seu lado, foi mandada para um orfanato. A notícia da UCANews não informa sobre o modo como a Igreja acautelou os superiores interesses deste ser humano indefeso.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Um Grande Homem: Integrado Marginal

José Cardoso Pires por Bruno Vieira Amaral

Um Grande Homem: Integrado Marginal novidade

Integrado Marginal foi leitura de férias junto ao mar, entre nevoeiros e nortadas que me levavam a recorrer a esplanadas cobertas para ler enquanto tomava um café bem quente. Moledo do Minho no seu inquieto esplendor… e capricho! Tinha lido algumas obras de José Cardoso Pires: Lisboa. Livro de Bordo (feito para a Expo 1998); O Burro em Pé (livro para crianças); Alexandra Alpha; De Profundis: Valsa lenta; O Delfim.

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão

[Mãos à obra]

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão novidade

O conceito de desenvolvimento sustentável tem duas interpretações: para os intelectuais humanistas é um desenvolvimento que respeita o ambiente, de forma abstrata, sem contabilizar desenvolvimento ou impacte ambiental, mas pode levar a questionar o modelo económico e até o modo de vida actuais; para os industriais, políticos e economistas entende-se como um desenvolvimento que possa ser eterno.

A ideia de Deus

A ideia de Deus novidade

Não é certo que quem nasça numa família de forte tradição religiosa esteja em melhores condições do que qualquer outra pessoa para desenvolver a componente espiritual e uma relação com o divino. Pode acontecer exatamente o inverso. Crescer com uma ideia de Deus pode levar-nos a cristalizá-la nos ritos, hábitos ou procedimentos que, a dada altura, são desajustados ou necessariamente superficiais.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This