Papa convida vítima de abusos sexuais para a Comissão de Proteção de Menores do Vaticano

| 24 Mar 2021

O jornalista chileno Juan Carlos Cruz, que foi vítima de abusos sexuais em criança, acaba de integrar a Comissão  de Proteção de Menores do Vaticano, por escolha do Papa Francisco, dada a conhecer esta quarta-feira, 24 de março.

No mesmo ato de nomeação, Francisco prorrogou também por um ano o mandato dos atuais 15 membros daquela Comissão, não se conhecendo ainda se a respetiva presidência continuará a caber ao cardeal O’Malley.

A Comissão é atualmente constituída por sete homens e oito mulheres. Nela figura o padre Hans Zollner, que teve um papel decisivo na investigação desencadeada pelo Papa aos abusos sexuais de crianças por membros do clero e ao encobrimento sistemático por bispos e cardeais.

Juan Carlos Cruz distinguiu-se, com outros companheiros, na luta pela justiça e pela dignidade perante um sistema de poder clerical instalado na Igreja do Chile, que encobriu ao longo de décadas situações extremas de aviltamento da dignidade humana, na pessoa de crianças indefesas. Em 2018, o Papa convidou-o a reunir-se com ele na residência de Santa Marta.

Há sete anos, tinha já sido apontado para a Comissão, mas dois cardeais ter-se-ão oposto a essa escolha, segundo noticia o National Catholic Reporter. Comentando o facto, Juan Cruz disse que este é um sinal de que a Igreja evoluiu. E, nas redes sociais, manifestou gratidão ao Papa Francisco e disse querer renovar o seu compromisso de “nunca parar de lutar” para se “livrar desse horror do abuso na Igreja e em todos os lugares”.

 

Sida: 60% das crianças entre os 5 e os 14 anos sem acesso a tratamentos

Relatório da ONU alerta

Sida: 60% das crianças entre os 5 e os 14 anos sem acesso a tratamentos novidade

O mais recente relatório da ONUSIDA, divulgado esta terça-feira, 29 de novembro,  é perentório: “o mundo continua a falhar à infância” na resposta contra a doença. No final de 2021, 800 mil crianças com VIH não recebiam qualquer tratamento. Entre os cinco e os 14 anos, apenas 40% tiveram acesso a medicamentos para a supressão viral. A boa notícia é que as mortes por sida caíram 5,79% face a 2020, mas a taxa de mortalidade observada entre as crianças é particularmente alarmante.

Gracia Nasi, judia e “marrana”

Documentário na RTP2

Gracia Nasi, judia e “marrana” novidade

Nascida em Portugal em 1510, com o nome cristão de Beatriz de Luna, Gracia Nasi pertencia a uma uma família de cristãos-novos expulsa de Castela. Viúva aos 25 anos, herdeira de um império cobiçado, Gracia revelar-se-ia exímia gestora de negócios. A sua personalidade e o destino de outros 100 mil judeus sefarditas, expulsos de Portugal, são o foco do documentário Sefarad: Gracia Nasi (RTP2, 30/11, 23h20).

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Bahrein

Descoberto mosteiro cristão sob as ruínas de uma mesquita

Há quem diga que este é o “primeiro fruto milagroso” da viagem apostólica que o Papa Francisco fez ao Bahrein, no início de novembro. Na verdade, resulta de três anos de trabalho de uma equipa de arqueólogos locais e britânicos, que acaba de descobrir, sob as ruínas de uma antiga mesquita, partes de um ainda mais antigo mosteiro cristão.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This