Igreja Católica

Papa Francisco cria nunciatura na Arménia

| 2 Jun 21

Catedral de Echemiazim, a primeira catedral construída no antigo Reino da Arménia, no século IV, e considerada por alguns investigadores como a mais antiga do mundo. Foto: Direitos reservados.

 

O Papa Francisco vai criar uma nova nunciatura na Arménia, país que até agora partilhava a nunciatura com a Geórgia. A notícia foi avançada esta quarta-feira, 2 de junho, pela revista Família Cristã. Em declarações àquela publicação, o atual núncio apostólico para a Arménia e Geórgia, o bispo luso-canadiano José Bettencourt, considera o gesto “significativo”, numa altura em que o conflito na região de Nagorno-Karabakh continua a provocar muita instabilidade nos dois países envolvidos, a Arménia e o Azerbaijão.

O prelado natural dos Açores, que assumiu há quatro anos o cargo de núncio apostólico para a Geórgia e a Arménia, irá manter-se como núncio de ambos os países, mas a partir de agora haverá dois secretários: um em Tblisi, capital da Geórgia, e outro em Erevan, capital da Arménia, conferindo a cada país maior autonomia.

Ainda este ano, Arménia, Geórgia e Azerbaijão receberão a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, num “contexto onde o ódio visceral não permite a coabitação entre povos, nem tão pouco permite diálogo”, refere o núncio. “Por vezes a paciência do crente é a única opção viável”, defende o bispo, que acredita numa resolução para o conflito nesta área.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Interiormente perturbador

Cinema

Interiormente perturbador novidade

Quase no início d’O Acontecimento, já depois de termos percebido que o filme iria andar à volta do corpo e do desejo, Anne conclui que se trata de um texto político. Também esta obra cinematográfica, que nos expõe um caso de aborto clandestino – estamos em França, nos anos 60 –, é um filme político.

Sondagem

Brasil deixa de ter maioria católica  novidade

Algures durante este ano a maioria da população brasileira deixará de se afirmar maioritariamente como católica. Em janeiro de 2020, 51% dos brasileiros eram católicos, muito à frente dos que se reconheciam no protestantismo (31%). Ano e meio depois os números serão outros.

Bispos pedem reconciliação e fim da violência depois de 200 mortes na Nigéria

Vários ataques no Nordeste do país

Bispos pedem reconciliação e fim da violência depois de 200 mortes na Nigéria

O último episódio de violência na Nigéria, com contornos políticos, económicos e religiosos, descreve-se ainda com dados inconclusivos, mas calcula-se que, pelo menos, duas centenas de pessoas perderam a vida na primeira semana de Janeiro no estado de Zamfara, Nigéria, após vários ataques de grupos de homens armados a uma dezena de aldeias. Há bispos católicos a sugerir caminhos concretos para pôr fim à violência no país, um dos que registam violações graves da liberdade religiosa. 

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This