"Coleta para a Terra Santa"

Papa lança projeto humanitário na Palestina

| 9 Mar 2024

Criança num bairro de Gaza arrasado por ataques aéreos israelitas. Foto © UNICEF/Mohammad Ajjour

Criança num bairro de Gaza arrasado por ataques aéreos israelitas. Papa quer ajudar a população a retomar uma vida digna, após a guerra. Foto © UNICEF/Mohammad Ajjour

 

O Vaticano anunciou que o Papa vai lançar um projeto humanitário na Palestina, recordando os efeitos do início da guerra lançada por Israel em Gaza, após os ataques do Hamas contra território israelita, a 7 de outubro de 2023.

“O Santo Padre pretende realizar, em Gaza ou na Cisjordânia, um projeto com fins humanitários que possa ajudar a população a retomar uma vida mais digna e que possa criar oportunidades de trabalho, uma vez terminada a guerra”, anuncia a convocatória da coleta anual para as comunidades da Terra Santa, que se realiza na Sexta-feira Santa (no próximo dia 29 de março). A Santa Sé adianta que este projeto “poderia ser realizado com as ofertas dos fiéis de todo o mundo que participam na coleta pela Terra Santa”.

A nota, divulgada pela sala de imprensa da Santa Sé, destacou que o conflito “paralisou a Terra Santa”. “A falta de peregrinos e turistas colocou milhares de famílias em dificuldades”, alertam os responsáveis do Dicastério para as Igrejas Orientais, destacando o trabalho de “proximidade” que tem sido feito através da Delegação Apostólica em Jerusalém, do Patriarcado Latino e da Custódia da Terra Santa.

A “coleta para a Terra Santa” nasceu por iniciativa dos papas, para “manter uma forte ligação entre todos os cristãos do mundo e os Lugares Santos”, sendo a principal fonte de sustento das comunidades locais.

Os donativos recolhidos (cerca de 6,6 milhões de euros em 2023) serviram as comunidades de Jerusalém, Palestina, Israel, Jordânia, Chipre, Síria, Líbano, Egipto, Etiópia, Eritreia, Turquia, Irão e Iraque. Na Universidade de Belém, por exemplo, “cerca de 3300 jovens, muçulmanos e cristãos, são formados intelectualmente e humanamente com a esperança de se empenharem na construção de um país onde reine o respeito mútuo e a dignidade humana seja preservada”.

A Santa Sé recorda ainda os efeitos do terramoto de 6 de fevereiro de 2023 nas regiões do noroeste da Síria e do sul e centro da Turquia. “Na Síria, a situação é muito mais grave, tendo em conta a situação precária do país mesmo antes do terramoto. O Dicastério, em colaboração com a Nunciatura Apostólica na Síria, lançou um apelo para apoiar a população afetada pelo terramoto”, informa a nota.

O prefeito do Dicastério para as Igrejas Orientais escreve aos bispos de todo o mundo, alertando que “os habitantes da Terra Santa continuam a sofrer e a morrer”. “Vimos e vemos homens em armas espalhar sangue e matar a própria vida”, lamenta o cardeal Claudio Gugerotti.

O organismo da Santa Sé diz que a ajuda das comunidades católicos para a Terra Santa pode “sustentar as Igrejas locais a encontrar novas vias, ocasiões de habitação, de trabalho, de formação académica e profissional”. “Obrigado em nome de quem chora e de quem morre por causa da loucura da guerra. Obrigado, sobretudo, em nome de quem perdeu as suas crianças ou as vê horrivelmente mutiladas. Ajudai-nos a ajudar”, conclui.

 

Patriarca de Lisboa convida “todos” para “momento raro” na Igreja

A um mês da ordenação de dois bispos

Patriarca de Lisboa convida “todos” para “momento raro” na Igreja novidade

O patriarca de Lisboa, Rui Valério, escreveu uma carta a convocar “todos – sacerdotes, diáconos, religiosos, religiosas e fiéis leigos” da diocese para estarem presentes naquele que será o “momento raro da ordenação episcopal de dois presbíteros”. A ordenação dos novos bispos auxiliares de Lisboa, Nuno Isidro e Alexandre Palma, está marcada para o próximo dia 21 de julho, às 16 horas, na Igreja de Santa Maria de Belém (Mosteiro dos Jerónimos).

“Sempre pensei envelhecer como queria viver”

Modos de envelhecer (19)

“Sempre pensei envelhecer como queria viver” novidade

O 7MARGENS iniciou a publicação de depoimentos de idosos recolhidos por José Pires, psicólogo e sócio fundador da Cooperativa de Solidariedade Social “Os Amigos de Sempre”. Publicamos hoje o décimo nono depoimento do total de vinte e cinco. Informamos que tanto o nome das pessoas como as fotografias que os ilustram são da inteira responsabilidade do 7MARGENS.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Sínodo, agora, é em Roma… que aqui já acabou

Sínodo, agora, é em Roma… que aqui já acabou novidade

Em que vai, afinal, desembocar o esforço reformador do atual Papa, sobretudo com o processo sinodal que lançou em 2021? Que se pode esperar daquela que já foi considerada a maior auscultação de pessoas alguma vez feita à escala do planeta? – A reflexão de Manuel Pinto, para ler no À Margem desta semana

Nada se perde: um antigo colégio dos Salesianos é o novo centro de acolhimento do Serviço Jesuíta aos Refugiados

Inaugurado em Vendas Novas

Nada se perde: um antigo colégio dos Salesianos é o novo centro de acolhimento do Serviço Jesuíta aos Refugiados novidade

O apelo foi feito pelo Papa Francisco: utilizar os espaços da Igreja Católica devolutos ou sem uso para respostas humanitárias. Os Salesianos e os Jesuítas em Portugal aceitaram o desafio e, do antigo colégio de uns, nasceu o novo centro de acolhimento de emergência para refugiados de outros. Fica em Vendas Novas, tem capacidade para 120 pessoas, e promete ser amigo das famílias, do ambiente, e da comunidade em que se insere.

Bispos católicos de França apelam à fraternidade e justiça, mas não se demarcam da extrema-direita

Com as eleições no horizonte

Bispos católicos de França apelam à fraternidade e justiça, mas não se demarcam da extrema-direita novidade

O conselho permanente dos bispos da Igreja Católica de França considera, num comunicado divulgado esta quinta-feira, 20 de junho, que o resultado das recentes eleições europeias, que deram a vitória à extrema-direita, “é mais um sintoma de uma sociedade ansiosa, dividida e em sofrimento”. Neste contexto, e em vésperas dos atos eleitorais para a Assembleia Nacional, apresentaram uma oração que deverá ser rezada por todas as comunidades nestes próximos dias.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This