Diplomacia do Vaticano

Papa oferece mediação para troca de prisioneiros entre Ucrânia e Rússia

| 12 Mai 2024

Papa Francisco. Foto: Vatican Media

Papa Francisco renovou ao apelo a favor da troca de presos na guerra entre Ucrânia e Rússia. Foto: Vatican Media

O Papa insistiu este domingo na oferta da mediação da Santa Sé para uma “troca geral” de prisioneiros entre a Ucrânia e a Rússia, reforçando os apelos dos últimos meses, nesse sentido. “Ao celebramos a Ascensão do Senhor ressuscitado, que nos torna livres e nos quer livres, renovo o meu apelo em favor de uma troca geral de todos os prisioneiros, entre a Rússia e a Ucrânia”, disse, após a recitação do Regina Coeli, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro, no Vaticano.

Francisco manifestou a “disponibilidade da Santa Sé para favorecer qualquer esforço” que leve a essa troca, recordando em particular os soldados que estão “gravemente feridos e doentes”. “Continuemos a rezar pela paz, na Ucrânia, na Palestina, Israel, Myanmar. Rezemos pela paz”, pediu, desde a janela do apartamento pontifício.

Na sua mensagem pascal, a 31 de março, o Papa tinha apelado publicamente a uma troca de prisioneiros entre a Rússia e a Ucrânia, questão em que a diplomacia da Santa Sé se tem empenhado. “Espero que haja uma troca geral de todos os prisioneiros entre a Rússia e a Ucrânia: todos por todos”, declarou, sob um aplauso da multidão.

Já no Regina Coeli de 17 de abril, Francisco rezou para que Deus possa inspirar, nos responsáveis políticos, “a vontade para os libertar a todos”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This