Paquistão: Jovem cristã sequestrada será ouvida por juiz

| 5 Nov 20

Manifestação de cristãos no Paquistão contra o sequestro de adolescentes destinadas a casamentos forçados. Foto © ACN-Portugal

 

Arzoo Raja, a jovem cristã de 13 anos sequestrada junto à sua casa em Karachi, a 13 de Outubro, será ouvida por um juiz nesta quinta-feira, 5 de Novembro, depois de um tribunal ter decretado que ela tinha de ser protegida pela polícia até lá.

O magistrado judicial ordenou ainda uma perícia médica para se determinar a idade da jovem: segundo a família, Arzoo tem 13 anos, muito menos do que os 18 anos que são o limite imposto na lei para poder casar. O sequestro de Arzoo por um muçulmano de 44 anos teria tido como objectivo obrigá-la a casar, e forçando a sua “conversão” ao islão.

Joel Amir Sohatra, antigo membro do Parlamento provincial do Punjab, disse entretanto à Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), numa mensagem enviada para Lisboa, que a família da criança está também a receber várias ameaças.

Sohatra, que encabeçou manifestações de protesto em Faisalabad em que a comunidade cristã pedia a libertação não só de Arzoo mas de todas as jovens sequestradas, assegurou à Fundação AIS que “há fortes rumores de que os fanáticos estão a ameaçar” a família de Arzoo, para abandonar o processo, assegurando que a rapariga “abraçou o islão” de livre vontade.

A decisão que o juiz tomar é considerada como podendo ser relevante não só para Arzoo, mas para todos os casos de jovens oriundas de minorias religiosas sequestradas e forçadas a casar no Paquistão.

“Vamos esperar até 5 de Novembro, para ver como o tribunal vai proceder com este assunto”, escreve Joel Amir Sohatra. “As minorias religiosas estão realmente ameaçadas e enfrentam [tempos de] incerteza no Paquistão…”

 

125 padres e católicos alemães assumem publicamente condição LGBTQI

Manifesto inédito em todo o mundo

125 padres e católicos alemães assumem publicamente condição LGBTQI novidade

Um total de 125 pessoas, incluindo vários padres, trabalhadores a tempo inteiro ou voluntários na Igreja Católica nos países de língua alemã, anunciam hoje a sua condição LGBTQI+. A iniciativa tem o título #OutInChurch. Por uma Igreja sem medo e acompanha, também, a emissão de um documentário televisivo. É a primeira vez na história, em todo o mundo, que um grupo de crentes se assume deste modo, colectivamente, na praça pública.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

A roseira que defende a vinha: ainda a eutanásia

A roseira que defende a vinha: ainda a eutanásia novidade

Há tempos, numa visita a uma adega nacional conhecida, em turismo, ouvi uma curiosa explicação da nossa guia que me relembrou imediatamente da vida de fé e das questões dos tempos modernos. Dizia-nos a guia que é hábito encontrar roseiras ao redor das vinhas como salvaguarda: quando os vitivinicultores encontravam algum tipo de doença nas roseiras, algum fungo, sabiam que era hora de proteger a vinha, de a tratar, porque a doença estava próxima.

Um caderno para imprimir e usar

Sínodo 2021-23

Um caderno para imprimir e usar

Depois de ter promovido a realização de dois inquéritos sobre o sínodo católico 2021-23, o 7MARGENS decidiu reunir o conjunto de textos publicados a esse propósito num caderno que permita uma visão abrangente e uma utilização autónoma do conjunto. A partir de agora, esse caderno está disponível em ligação própria.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This