22 e 23 fevereiro, em Fátima

Paraguai é o destino convidado dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso

| 2 Jan 2024

A visita à Missão Jesuítica da Santíssima Trindade de Paraná, em Itapúa, é uma das experiências que a delegação do Paraguai vem apresentar a Portugal. Foto: Direitos reservados

 

É um dos principais destinos de turismo religioso da América do Sul e vai ser o “destino convidado” dos XI Workshops Internacionais de Turismo Religioso (IWRT, na sigla em inglês), que terão lugar em Fátima nos dias 22 e 23 de fevereiro. Falamos do Paraguai, cuja delegação promete vir a Portugal “dar a conhecer as experiências autênticas” que o seu país proporciona, nomeadamente a Rota dos Jesuítas, o Caminho Franciscano, o Circuito Mariano e o Circuito da Fé do Guairá.

“Aguardamos com expetativa a participação e presença do Paraguai como destino convidado, um país que se caracteriza pela sua riqueza natural e cultural e, ao que já pudemos perceber, é também um destino privilegiado do ponto de vista do turismo religioso e de peregrinação”, refere Purificação Reis, presidente da Associação Empresarial de Ourém Fátima (ACISO), entidade responsável pela organização dos IWRT, em parceria com as câmaras municipais de Ourém e  Guarda.

Os IWRT são um evento anual que reúne profissionais da indústria do turismo religioso de todo o mundo, com o objetivo de promover o turismo religioso, partilhar conhecimentos e experiências, identificar tendências e desafios no setor.

São convidados a participar nestes workshops operadores turísticos nacionais, agentes de viagens e hoteleiros, entre outros empresários do setor do turismo, que se dediquem especialmente ao turismo religioso.

O programa completo pode ser consultado na página oficial.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Clero de Angra pede “incremento da pastoral vocacional” assente no “testemunho do padre”

Face a "descredibilização" dos presbíteros

Clero de Angra pede “incremento da pastoral vocacional” assente no “testemunho do padre” novidade

Reconhecendo que o contexto da Igreja universal “é caracterizado pela descredibilização do clero provocada por diversas crises, pela redução do número de vocações ao sacerdócio ministerial e pela situação sociológica de individualismo e de crescente indiferença perante a questão vocacional”, os representantes do Clero diocesano de Angra (Açores) defendem o incremento da “pastoral vocacional assente na comunidade, sobretudo na família e no testemunho do padre”.

Por uma transumância outra

Por uma transumância outra novidade

Este texto do Padre Joaquim Félix corresponde à homilia do Domingo IV da Páscoa na liturgia católica – último dia da semana de oração pelas vocações – proferida nas celebrações eucarísticas das paróquias de Tabuaças (igreja das Cerdeirinhas), Vilar Chão e Eira Vedra (arciprestado de Vieira do Minho).  

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This