Parlamento Europeu declarou estado de “emergência climática e ambiental

| 29 Nov 19

Foto © Sam Saunders/Wikimedia Commons

 

O Parlamento Europeu declarou o estado de “emergência climática e ambiental”, numa resolução que foi aprovada na assembleia plenária desta quinta-feira, 28 de Novembro. Na mesma decisão, o PE defende que a União se deve comprometer com a redução de gases de efeito de estufa em 55% até 2030, para atingir a neutralidade climática até 2050.

Nas vésperas da Conferência da ONU sobre o Clima, que decorrerá em Madrid entre 2 e 13 de Dezembro, a resolução (aprovada com 429 votos a favor, 225 contra e 19 abstenções) defende que “é fundamental tomar medidas imediatas e ambiciosas para limitar o aquecimento global a 1,5°C e evitar uma perda maciça de biodiversidade”.

De acordo com a Lusa, citada pelo Expresso, uma outra resolução, acerca da Conferência de Madrid (COP25), pede aos líderes europeus que manifestem o seu apoio, no Conselho Europeu de 12 e 13 de Dezembro, ao objetivo de a UE alcançar um nível nulo de emissões líquidas de gases com efeito de estufa “o mais rapidamente possível e, o mais tardar, até 2050”.

Artigos relacionados