Parlamento rejeita voto de pesar e solidariedade com Tibete

| 16 Mar 19

Os votos do PS, PSD, PCP uniram-se esta sexta-feira, 15 de Março, na Assembleia da República, para recusar um voto de pesar pelas vítimas da ocupação chinesa do Tibete ao longo de 60 anos e de solidariedade com o povo tibetano. O voto, proposto pelo deputado André Silva, do PAN (Pessoas Animais e Natureza) teve apenas, além do proponente, os votos favoráveis do Bloco de Esquerda, duas deputadas do PS (Isabel Moreira e Wanda Guimarães), quatro do CDS (João Rebelo, Telmo Correia, Pedro Mota Soares e João Almeida), Paula Teixeira da Cruz (PSD) e do deputado não inscrito Paulo Trigo Pereira. Os outros 14 deputados do CDS, os dois do PEV e outros onze dos 86 deputados do PS abstiveram-se (entre eles, Alexandre Quintanilha, Pedro Bacelar de Vasconcelos, Catarina Marcelino ou Margarida Marques, a ex-secretária de estado dos Assuntos Europeus). O PS justificou-se dizendo que o deputado do PAN “não aceitou que a discussão fosse” objecto de consenso no sentido de uma “tomada de posição abrangente em torno do tema”.

O voto de pesar proposto dizia que “a Assembleia da República expressa o seu pesar por todos os que morreram na defesa da autodeterminação tibetana e a sua solidariedade ao povo tibetano que, apesar da dura repressão e da ameaça de prisão, desaparecimentos, tortura e assassinatos, continua até hoje forte e a encontrar outras formas de se defender por meio de acções de resistência cultural, afirmações de identidade nacional e defesa ambiental”. A revolta nacional tibetana, em 10 de Março de 1959, esteve na origem da saída do Dalai Lama do Tibete e do seu exílio na Índia.

[related_posts_by_tax format=”thumbnails” image_size=”medium” posts_per_page=”3″ title=”Artigos relacionados” exclude_terms=”49,193,194″]

Breves

Dia 4 de outubro

Filme “A Carta” exibido em Campo de Ourique

O documentário “A Carta” que relata a história da Encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco vai ser exibido no auditório da Escola de Hotelaria e Turismo na terça-feira, dia 4 de outubro, às 21h15.

Boas notícias

Apoio escolar a crianças de Cabo Delgado

Cristãos e muçulmanos juntos

Apoio escolar a crianças de Cabo Delgado

A tragédia que ocorre na província moçambicana de Cabo Delgado em consequência de ataques de insurgentes que se reivindicam do jihadismo obriga, constantemente, a rever o número de mortos e de deslocados. Mas também impõe que se olhe com muita atenção para o trabalho de apoio aos que se apresentam numa situação mais vulnerável

É notícia 

Entre margens

John Rawls: a religião nos limites da razão

John Rawls: a religião nos limites da razão novidade

John Rawls nasceu há pouco mais de 100 anos (21.2.1921) e A theory of justice, a sua obra mais conhecida e seguramente o mais importante tratado de filosofia política de todo o século XX, data de 1971. Duas datas que os amantes da liberdade e da democracia política têm abundantes razões para celebrar, mas quase despercebidas na imprensa e na pomposamente chamada academia, territórios onde a razão serena vem tendo evidente dificuldade em singrar.

Como árvores desfolhadas

Como árvores desfolhadas

Um dia destes, alguém chamou a minha atenção para as duas árvores defronte à minha casa. Duas árvores da mesma natureza; mas enquanto uma delas estava coberta de folhas, a outra estava desfolhada.

Tecnologia: do centro e das margens

Tecnologia: do centro e das margens

Para sair do centro para a periferia, não basta uma conversão espiritual, é necessária uma revolução tecnológica, que não é digital. Porque quem usar na periferia as técnicas do centro pode acabar eletrocutado, perdão, sociocutado.

Cultura e artes

Os Evangelhos Apócrifos traduzidos por Frederico Lourenço

Pré-publicação 7M

Os Evangelhos Apócrifos traduzidos por Frederico Lourenço novidade

Frederico Lourenço, que tem estado a traduzir a Bíblia, num projeto muito aplaudido, apresenta agora a tradução para português dos evangelhos apócrifos, a partir das línguas originais – latim e grego. Combatidos a partir do século IV e excluídos a partir do século XVI, estes evangelhos apócrifos são agora reunidos numa edição bilingue. Pré-publicação.

Sete Partidas

Vigília

Vigília

Cai a noite. Esta noite é em Berlim. As noites são agora aqui, mas já foram em Coimbra, no Porto, em Lisboa. E estas noites acontecem em todo o mundo, disso tenho a certeza. O que faz um(a) médico(a) passar a noite à volta de um doente que sabe que, após uma primeira avaliação, é quase certo que não vai sobreviver? É quase certo.

Visto e Ouvido

Igreja tem política de “tolerância zero” aos abusos sexuais, mas ainda está em “processo de purificação”

D. José Ornelas

Bispo de Setúbal

Agenda

[ai1ec view=”agenda”]

Ver todas as datas

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This