Amnistia Internacional pede repatriamento

Pelo menos 27 mil crianças detidas na Síria, sem acesso a direitos básicos

| 1 Dez 21

siria camp al-hol © DELIL SOULEIMANAFP via Getty Images (1200 x 900 px)

“Dezenas de milhares de crianças da Síria, Iraque e mais de 60 outros países foram abandonados à miséria, trauma e morte”, denuncia a Amnistia Internacional. Foto © DELIL SOULEIMANAFP via Getty Images.

 

 

São pelo menos 27 mil as crianças detidas no campo de refugiados de al-Hol, no nordeste da Síria, sem acesso adequado a alimentos, água potável e serviços essenciais, como saúde e educação, enquanto os governos “desrespeitam as suas obrigações” de defesa dos direitos humanos e de proceder ao repatriamento com a máxima urgência, defendeu a Amnistia Internacional (AI) num comunicado enviado esta terça-feira, 30, ao 7MARGENS.

“Dezenas de milhares de crianças da Síria, Iraque e mais de 60 outros países foram abandonados à miséria, trauma e morte, simplesmente porque os seus governos se recusam a assumir as suas responsabilidades e a trazer essas crianças de volta a um ambiente seguro e protegido”, afirma Diana Semaan, investigadora da Amnistia Internacional (AI) para a Síria.

O campo de al-Hol está sob o controlo da Asayish, a força policial da Administração Autónoma, que ao longo do ano passado deteve arbitrariamente rapazes de 12 anos, separando-os das suas mães e cuidadores, com a justificação de “suspeita de uma potencial ‘radicalização’ dos rapazes no futuro” e sem qualquer prova de comportamento errado, refere o comunicado. A Asayish transfere os rapazes para centros de detenção descritos como “centros de reabilitação” fora do campo de al-Hol, também sem acesso adequado a comida, água e cuidados de saúde, onde existe grande propagação de doenças como a tuberculose e a sarna, acrescenta a AI.

O comunicado refere ainda um relatório recente da associação Save The Children, o qual revelou que apenas 40% das crianças no campo de al-Hol, entre os três e os 17 anos, recebem educação. O mesmo relatório destaca as elevadas taxas de homicídio no campo com 79 pessoas mortas no campo este ano, incluindo três crianças mortas a tiro e mais 14 mortes de crianças atribuídas a vários incidentes, como por exemplo incêndios.

 

Abusos na Igreja e Vaticano: “Fazer o que ainda não foi feito”

Análise

Abusos na Igreja e Vaticano: “Fazer o que ainda não foi feito” novidade

Sobre as leituras e as consequências do estudo divulgado há precisamente uma semana relativamente aos abusos na Arquidiocese de Munique, umas das principais da Alemanha, o mundo católico encontra-se em suspenso. Já esta sexta-feira, 28, espera-se o pronunciamento da diocese visada e tanto o Vaticano como Bento XVI anunciaram ir estudar atentamente o documento, tendo o Papa Emérito prometido responder.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Centro de Formação Cristã inaugura disciplina sobre ecologia integral

Diocese de Leiria-Fátima

Centro de Formação Cristã inaugura disciplina sobre ecologia integral novidade

A partir do próximo dia 8 de fevereiro, a Escola Diocesana Razões da Esperança (EDRE), do Centro de Cultura e Formação Cristã da Diocese de Leiria-Fátima, contará com uma novidade na sua oferta formativa: pela primeira vez e de forma mais sistematizada, será dada atenção às questões ambientais e ecológicas, na linha do que o Papa Francisco propõe na Encíclica Laudato Si’. A disciplina terá a designação de “Cuidar da Terra, cuidar do outros” e será lecionada por elementos da Rede Cuidar da Casa Comum, noticia a diocese no seu site.

Thich Nhat Hanh: Buda e Jesus são irmãos

Thich Nhat Hanh: Buda e Jesus são irmãos novidade

Regressei ao cristianismo. Mas fui budista zen cerca de quinze anos, integrada na orientação budista zen do mestre japonês Taisen Deshimaru (Associação Zen Internacional); tendo como mestre um dos seus discípulos, Raphael Doko Triet. Gostaria de lhe prestar aqui a minha homenagem pois aprendi muito com ele, ligando-nos ainda – embora à distância – uma profunda amizade.

Fale connosco

Abusos na Igreja
Dar voz ao silêncio

Contactos da Comissão Independente

https://darvozaosilencio.org/

E-mail: geral@darvozaosilencio.org

Telefone: (+351) 91 711 00 00

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This