Compostela

Peregrinos regressam em força ao Caminho de Santiago em busca de bem-estar

| 8 Jun 2021

Caminho de Santiago. © António José Paulino.

Caminho de Santiago é feito de múltiplos e antigos caminhos que percorrem a Europa, do oriente ao ocidente, e do norte para o sul. Foto © António José Paulino.

 

Alguns peregrinos já puseram pés ao caminho e muitos outros preparam a mochila e as botas, a caminho de Santiago de Compostela. Depois de um ano de confinamento, os mais fiéis suspiram pela repetição da experiência restauradora, enquanto outros não veem o dia de inaugurá-la.

A Associated Press (AP) publicou neste fim-de-semana uma desenvolvida reportagem, em que os jornalistas Joseph Wilson e Iain Sullivan dão sinais deste acordar do movimento, nesta fase, que se espera final, da pandemia. Pelos caminhos cruzaram-se ou foram ao encontro dos peregrinos: a mulher cujo casamento acabou no confinamento e agora teme ser despedida pelo banco em que trabalha; o casal de 81 e 84 anos, que sobreviveu ao vírus; o jovem checo de 25 anos, que veio caminhar três semanas, para combater o stress; e muitos outros. Incluindo o investigador da Universidade Autónoma de Barcelona que já concluiu, com uma amostra de 100 peregrinos, que fazer o Caminho traz benefícios à saúde mental.

O Caminho de Santiago é feito de múltiplos e antigos caminhos que percorrem a Europa, do oriente ao ocidente, e do norte para o sul. Como os ribeiros que vão desaguando noutros ribeiros, assim fazendo rios, assim as vias que demandam a imagem e a catedral do santo.

Dado que o Papa Francisco estendeu até 2022 as indulgências do ano jubilar, que não acontecia desde 2010, são esperados já este ano e, no próximo, centenas de milhar de caminheiros, crentes e não crentes.

Como diz o bispo de Santiago de Compostela, em declarações à AP, “o Caminho de Santiago… é um espaço que nos ajuda a recuperar a nossa paz interior, a nossa estabilidade, o nosso espírito, de que sem dúvida todos precisamos, dadas as dificuldades que temos para enfrentar a dor e os estragos da pandemia que por vezes nos deixam sem palavras”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Judeus do Partido Trabalhista atacam política de Israel

Reino Unido

Judeus do Partido Trabalhista atacam política de Israel

Glyn Secker, secretário da Jewish Voice For Labor – uma organização que reúne judeus membros do Partido Trabalhista ­–, lançou um violento ataque aos “judeus que colocam Israel no centro da sua identidade” e classificou o sionismo como “uma obscenidade” ao discursar no dia 10 diante de Downing Street, durante um protesto contra os ataques de Israel na faixa de Gaza.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This